Artrose - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Especialistas em artrose

Encontre um especialista em Artrose na sua cidade:
Alberto Elias Albuquerque Da Silva

Alberto Elias Albuquerque Da Silva

Ortopedista - traumatologista

São Paulo

Ingrid De Oliveira Koehlert

Ingrid De Oliveira Koehlert

Reumatologista

Vitória

Alcy Vilas Boas Júnior

Alcy Vilas Boas Júnior

Ortopedista - traumatologista

Curitiba

Antonio Tomazini

Antonio Tomazini

Ortopedista - traumatologista

Curitiba

Humberto Dias Carvalho

Humberto Dias Carvalho

Ortopedista - traumatologista

Brasília

Anna Sylvia G Reis

Anna Sylvia G Reis

Reumatologista

Goiânia

Perguntas sobre Artrose

Nossos especialistas responderam a 87 perguntas sobre Artrose

Prof. Otávio Augusto Gomes da Paz
Prof. Otávio Augusto Gomes da Paz
Internista, Reumatologista, Médico clínico geral
Belém
Boa noite. O cuidado com a artrose de joelho envolve o uso de medicamentos e o fortalecimento muscular com fisioterapia.
O sucesso do tratamento é intimamente relacionado a fisioterapia,…
3 respostas

Dr. Paulo Augusto Rocha
Dr. Paulo Augusto Rocha
Ortopedista - traumatologista, Médico perito
Curitiba
Tecnicamente não, só quando houver rigidez articular pela degeneração, quer tenha sido de forma cirurgica ou por anquilose do próprio organismo.
2 respostas

Dr. Flavio Jose Ballerini
Dr. Flavio Jose Ballerini
Ortopedista - traumatologista
São Paulo
conforme o Decreto n° 5.296 de 2 de dezembro de
2004, não caracteriza deficiência física. Mas necessita a avaliação de especialista para definir a deficiência para a deambulação.
2 respostas

Especialistas falam sobre Artrose

Artrose do joelho é qualquer lesão que envolve danos na cartilagem na extremidade dos ossos (o tecido que se vê na extremidade de um osso de galinha é a cartilagem). Uma vez que a cartilagem no joelho é ferida, não existem tratamentos atuais para restaurá-la de volta a um estado 100% saudável. Assim, uma lesão de cartilagem no joelho não se cura totalmente e qualquer técnica de cirurgia para cartilagem não restaura superfícies normais de cartilagem. Os sintomas da artrose do joelho incluem: • Dor no joelho • Inchaço com ou sem atividades • Rigidez do joelho • Crepitação, estalos e rangidos A artrose é a causa mais frequente de dor no joelho. Existem várias possibilidades de tratamento

Marco Tulio Lopes Caldas

Ortopedista - traumatologista

Belo Horizonte


A artrose tem alta prevalência no idoso, e é ocasionada pela degeneração das articulações. Exige diagnóstico e tratamento específicos, que incluem : 1- medicamentos adequados e seguros, prescritos pelo médico especificamente para o paciente idoso. É preciso ter esta cautela, pois alguns medicamentos geralmente indicados por amigos ou balconistas de farmácia, como os antiinflamatórios, têm alto risco de fazer mal ao idoso, provocando úlceras gástricas e insuficiência renal. 2- terapias auxiliares, como acupuntura, hidroginástica, fisioterapia com fortalecimentos de grupos musculares específicos e orientações de comportamentos que evitem a piora do quadro.

Desgaste da superfície da articulação, onde a cartilagem de revestimento da cabeça do fêmur e do seu encaixe, chamada acetábulo, sofrem degeneração, e passar a não movimentar de forma normal. Com a irregularidade que é criada, ocorrem dores progressivas e perda de movimentos e função. Nos casos mais avançados, a melhor opção é a substituição articular, também chamada de artroplastia total de quadril. Quando a artrose é inicial, existem medicações e tratamentos para lentificar a sua evolução. Realizamos também as infiltrações com àcido hialorônico e corticóide dentro da articulação do quadril para alívio dos sintomas da artrose e postergar a artroplastia do quadril.

Robson Alves

Ortopedista - traumatologista

Fortaleza


A artrose que acomete o ombro pode ser primária ou essencial, sem uma causa definida, ou secundária (por insuficiência manguito, pós traumática, etc). o tratamento varia desde o conservador até a artroplastia (prótese).

Marcelo Boulos Dumans E Mello

Ortopedista - traumatologista

São Paulo

Agendar uma visita

Processo degenerativo da articulação, geralmente cursando com dor e diminuição de movimentos da mesma.

Rickson Moraes

Ortopedista - traumatologista

Rio de Janeiro


Degeneração e desgaste progressivo das articulações do pé e tornozelo podem ser altamente incapacitantes devido à deformação progressiva da extremidade e dor intensa. Tratamento conservador empregado nas fases iniciais da doença envolvendo programa sistematizado de fisioterapia, prescrição de órteses e calçados ortopédicos e infiltrações fazem parte da primeira linha de opções terapêuticas. Cirurgias reconstrutivas por meio de osteotomias corretivas, fusões ósseas do tarso ou do tornozelo (artrodese), ou substituição da articulação por meio de artroplastia do tornozelo (prótese) constituem a segunda linha de opções de tratamento nos casos onde a artrose encontra-se em estágio mais avançado.

Ricardo Cardenuto Ferreira

Ortopedista - traumatologista

São Paulo


“Artrose” é um termo médico amplo utilizado para descrever uma articulação que está desgastada. Pode ocorrer devido a mudanças no alinhamento do membro, uma lesão após trauma, uma doença, uma interrupção no fornecimento de sangue, uma infecção na articulação, ou simplesmente podem resultar do desgaste normal ao longo do tempo. A maioria de nós irá desenvolver algum tipo de artrose em algum lugar em nossos corpos à medida que envelhecemos. A localização e a gravidade da artrose determina como ela vai nos afetar em nossas atividades diárias. A dor é a razão mais importante para tratar a artrose, especialmente quando ela interfere com nossas atividades diárias.

José Alberto Angeli

Ortopedista - traumatologista

São Paulo


A artrose de joelhos é um processo degenerativo da cartilagem articular que leva a uma quadro de dor, inchaço e deformidade das pernas fazendo com que o paciente se movimente cada vez menos. Dentre os vários tratamentos os que vêm se destacando ultimamente são: 1. A Viscossuplementacao ( aplicação de ácido hialuronico) 2. Artroplastia Total de Joelho (Prótese de Joelho) O primeiro é um tratamento sintomático que alivia bastante as dores no joelho porem nao resolve o problema. O segundo é um tratamento cirúrgico que consiste na troca da articulação degenerada por uma Prótese e permite nao só a correção das deformidades como a melhora importante da dor.

Rodrigo Vannini

Ortopedista - traumatologista

Bauru

Agendar uma visita

A Artrose (osteoartrose) nada mais é do que a degeneração da cartilagem que reveste uma articulação (local onde há junção de dois óssos). Todas as articulações de nosso corpo são revestidas por cartilagens, que sofrem ação da idade, de possíveis traumas e que também podem ser afetadas por doenças sistêmicas (como as reumáticas, a obesidade, as nefropatias, entre outras). Hoje existem infinidades de condutas, suplementos alimentares e medicamentos que auxiliam na prevenção e no tratamento da osteoartrose (como uso de colágeno, mudança de hábito de vida, tratamento das doenças bases, e quando ela já está mais avançada, o uso de viscossuplimentação com ácido hialurônico ou mesmo cirurgia).

Dra. Stella De Barros Apostolopoulos

Ortopedista - traumatologista

Cotia


“ Bico de papagaio” na coluna é um termo popular comumente utilizado para descrever a presença de um osteófito (termo médico). A presença de bicos de papagaio (osteofitose) é muito frequente na coluna vertebral da população em geral. É um resultado normal de envelhecimento e desgaste ósseo (artrose na coluna) que está presente em todos os indivíduos, em maior ou menor grau. Os osteófitos são ossos “extras” em localizações não habituais. Podem ser formados por um osso normal que deformou ou na tentativa do nosso organismo diminuir o movimento excessivo entre as articulações (instabilidade anormal).

Andre Luiz Pagotto Vieira

Ortopedista - traumatologista

Imperatriz


A artrose do joelho é uma patologia degenerativa crônica que acomete principalmente mulheres acima dos 60 anos. Pelo fato de ser degenerativa não possui cura, mas existem tratamentos através do uso de medicamentos condroprotetores e analgésicos, reabilitação muscular com fisioterapia e atividades físicas de baixo impacto, além do uso de palmilhas, visando a melhora dos sintomas e fazendo com que a evolução da patologia seja mais lenta. As infiltrações articulares, seja com corticoides ou ácido hialurônico também são alternativas viáveis. Em algumas situações, procedimentos cirúrgicos paliativos como a artroscopia e osteotomia podem ser úteis. Em último caso há necessidade de artroplastia.

Adilio Bernardes

Ortopedista - traumatologista

Sorocaba

Agendar uma visita

O tratamento da artrose de forma biológica (não cirúrgica) evoluiu nos últimos anos , graças ao surgimento de novos medicamentos, que tem ajudado a melhorar a qualidade de vida das pessoas portadoras de artropatia degenerativa.

Carlos Alexandre De Oliveira

Ortopedista - traumatologista

Rio de Janeiro

Agendar uma visita

A artrose no quadril é chamada de coxartrose. Sempre que possível tentamos tratar com medicação, redução do peso e mudança de hábito. Nos casos graves acaba sendo necessário cirurgia para a colocação de uma prótese no quadril. A cirurgia tem excelentes resultados quando indicada corretamente. A cirurgia não deixará o quadril do paciente normal, ele permanecerá com certas limitações para poder preservar a prótese. O principal objetivo da cirurgia é melhorar a dor e a qualidade de vida dos pacientes.

André Luiz Coelho Thomé

Ortopedista - traumatologista

Goiânia

Agendar uma visita

A artrose, ou osteoartrite, é uma condição que causa o desgaste da cartilagem que recobre as extremidades dos ossos. A medida que o desgaste da cartilagem aumenta, ocorre a exposição do osso subcondral e sua deformação, causando dor e diminuição da capacidade funcional. Ocorre com maior frequência nas articulações que sustentam o peso do corpo, como joelho, quadril e coluna. É uma doença degenerativa progressiva. A avaliação deve ser feita por um ortopedista ou reumatologista. Não existe cura para a artrose, porém com o tratamento adequado é possível retardar a progressão da doença, aliviar a dor e melhorar a função da articulação e a qualidade de vida.

Anderson De Aquino Santos

Ortopedista - traumatologista

São Paulo

Agendar uma visita

A Artrose do Ombro é o desgaste da articulação que pode ocorrer devido a uso excessivo, característica genética individual (artrose degenerativa), ou devido a sequela de trauma prévio. Independente da causa, a diminuição do movimento da articulação associado a dor e crepitação (barulho ao movimentar o ombro) ocorrem. É necessário a avaliação minuciosa tanto da situação articular quanto da avaliação dos tendões do manguito rotador para que se possa indicar o melhor tratamento. Este, varia conforme a idade e o grau de comprometimento da articulação podendo variar entre tratamento artroscópio a até artroplastia (prótese), seja ela total ou parcial.

Guilherme Do Val Sella

Ortopedista - traumatologista

São Paulo

Agendar uma visita

Trata-se de doença de natureza degenerativa levando ao desgaste da cartilagem das articulações e por fim a um quadro de dor por vezes de caráter insuportável. Via de regra na fase avançada é tratado com procedimentos cirúrgicos tais como osteotomias e artroplastias. Dispomos de décadas de experiência cirúrgica e tivemos inclusive o privilégio de ser um dos introdutores da técnica de artroplastia não cimentada de quadril e joelho no Brasil. Hoje procedemos esses tratamentos com toda segurança e com uma rotina já estabelecida para o trans e pós operatório. Utilizamos rotineiramente material importado da Europa e Estados Unidos da America do Norte.

Antonio Marcelo Souza

Ortopedista - traumatologista

Recife


O processo degenerativo acarreta o "desgaste" peri-articular, com redução do tecido cartilaginoso, hipertrofia óssea e deformidade com alterações ligamentares. Esse envelhecimento articular apresenta períodos inflamatórios dolorosos, e tem como sintomas a dor, dificuldade de movimentação articular, edema e desconforto local. A deformidade e a hipertrofia óssea (bicos de papagaio) podem desencadear compressão das estruturas vizinhas e aumentar a dor. Várias articulações podem ser acometidas, mais frequentemente os joelhos, quadris, dedos e coluna. Para cada caso e grau de gravidade existe um tratamento específico, podendo variar de medicação, fisioterapia e cirurgia. Procure um especialista.

Daniel Bedran De Castro

Ortopedista - traumatologista

São José do Rio Preto

Agendar uma visita

O tratamento da artrose dos joelhos e quadris envolve o tratamento multidisciplinar e vai desde o tratamento sem cirurgia com atividade física controlada/ fisioterapia, infiltração articular com ácido hialurônico (viscossuplementação) até a prótese de joelho e quadril. O objetivo principal no tratamento da artrose, seja ele cirúrgico ou não, é a melhora na qualidade de vida dos pacientes.

Frederico Scherner

Médico do esporte, Ortopedista - traumatologista

Curitiba


A artrose do joelho é uma doença de caráter inflamatório e degenerativo, marcada pelo desgaste da cartilagem, inchaço e deformidades. A dor de caráter progressivo geralmente é o primeiro sintoma. Geralmente, acentua-se com a atividade física e é diretamente proporcional ao excesso de peso. O joelho inchado (derrame articular) é o segundo sintoma e é muito frequente em pessoas que têm a doença e praticam esportes. Outro sintoma marcante é a perda progressiva do movimento e rigidez articular. Para os casos mais avançados da doença, técnicas cirúrgicas como a artroscopia têm tido excelentes resultados e, quando aliadas a uma boa reabilitação auxiliam em um retorno seguro ao esporte.

Alexandre Ribeira Provenza

Ortopedista - traumatologista

Londrina


A artrose consiste em um desgaste da cartilagem articular, com a evolução dores e limitações funcionais tornam-se mais intensas. Existe tratamento e ele deve ser iniciado o mais precoce. Ótimos resultados nós conseguimos alcançar com a individualização do tratamento.

Thiago Rocha Protta

Ortopedista - traumatologista

São Paulo

Agendar uma visita

A Artrose do Tornozelo pode incomodar muitos pacientes. Esse desgaste da articulação pode ter diversas causas: sobrecarga mecânica, desvio do eixo ("pisada torta"), sequela de algum trauma, causas metabólicas ou reumatológicas (artrite reumatóide). O tratamento varia de acordo com a causa, o grau e intensidade dessa artrose. Pode ser com reabilitação fisioterápica, atividade física, pequenos procedimentos ou cirurgias. A infiltração articular com ácido Hialurônico tem se mostrando um procedimento bem sucedido, com redução dos sintomas, ajudando o paciente a retornar as suas atividades diárias.

Bruno De Carvalho Marques

Ortopedista - traumatologista

Rio de Janeiro


A Artrose é o desgaste da cartilagem que recobre as articulações. O tratamento pode ser medicamentoso, fisioterapia ou cirurgia. Com uma conduta que visa a preservação e não a substituição das articulações por próteses, abordo as patologias degenerativas (artroses) dos membros inferiores seguindo conceitos de realinhamento dos eixos do membro, e assim, diminuindo a dor e melhorando a função. Um exemplo é a cirurgia preservadora do joelho. Saiba mais no artigo publicado em meu site.

Carlos Eduardo Miers Gruhl

Ortopedista - traumatologista

Curitiba

Agendar uma visita

Artrose é o resultado da degeneração da cartilagem de uma articulação. Essa doença pode ser causado por vários fatores, entre eles o trauma, doenças degenerativas ou reumatológicas. O grau da artrose e a localização da lesão terão fator determinante para a escolha do tratamento, sendo imprescindível a avaliação do seu médico para a correta condução do caso.

Murilo Oliveira De Almeida

Ortopedista - traumatologista

Goiânia

Agendar uma visita

Existem duas articulações na cintura escapular(região do ombro) que podem ser acometidas pela artrose, que é uma doença degenerativa(desgaste): a articulação acromioclavicular (ponta da clavícula, próxima ao ombro) e articulação glenoumeral (onde fazemos o movimento do ombro). A acromioclavicular pode apresentar sinais de desgaste desde pacientes mais jovens, que praticam atividade física intensa (luta, musculação, atividade laborativa com sobrecarga), aos mais velhos, que se configuraria na doença degenerativa inerente à faixa etária. Já na glenoumeral, temos a artrose predominantemente nos idosos, com vários graus de acometimento (classificado pela radiografia).

Diego Pedrosa Carneiro Leal

Ortopedista - traumatologista

Recife

Agendar uma visita

A artrose é uma doença que atinge as articulações, causando dores constantes e dificuldades para realizar as atividades do dia a dia. A vida sedentária está por trás do aparecimento da maioria dos casos da doença. O problema surge por uma degeneração da cápsula articular, que é responsável pelo movimento. O sedentarismo diminui a atividade dessas cápsulas até que elas deixam de responder aos estímulos. O excesso de peso e idade avançada também podem contribuir para o aparecimento da artrose.

Emanuela Pimenta Da Fonseca

Reumatologista

Salvador


Desgaste da cartilagem mais frequente após 40 anos predomina em mulheres pode ocorrer nas mãos joelhos e coluna.

Vincenzina Santangelo

Reumatologista

São José do Rio Preto

Agendar uma visita

Artrose é uma degeneração da cartilagem articular, que afeta principalmente os joelhos, causando deformidade, dor, dificuldade para andar e realizar atividades da vida diária. O mais importante é detecta-la o mais precocemente possível, para que possamos retardar a sua evolução com uso de medicação adequada, palmilhas, fortalecimento muscular, fisioterapia, etc. Nos casos pouco mais avançados, fazemos a viscossuplementação, que nada mais é do que injetar uma substancia viscosa na articulação, semelhante ao líquido sinovial, no intuito de reduzir o atrito diminuir a dor e a inflamação. Tudo para retardar ao máximo ou mesmo evitar a necessidade de substituir o joelho por uma prótese.

Luciano Suruagy

Ortopedista - traumatologista

Recife

Agendar uma visita

Doença articular crônica por desgaste das cartilagens e superfícies ósteo-articulares, que necessitam de tratamento com medicações anti inflamatórias que não podem ser de longa duração, analgésicos, fisioterapia e repouso e depois iniciar uma atividade física compatível com a idade e o estado físico geral.

Romulo Scelza

Ortopedista - traumatologista

Rio de Janeiro

Agendar uma visita

Artrose na coluna é como se fossem os cabelos brancos na cabeça: todos vamos ter...Porém a dor da artrose pode ser controlada com algumas medidas e até eliminada. Não se deve pensar que a artrose não tem cura, temos que buscar viver com qualidade e um especialista pode ajudar.

Leandro Vinícius Vital

Ortopedista - traumatologista

Belo Horizonte

Agendar uma visita

A artrose é um processo degenerativo articular gerado pelo atrito constante que acaba por lesar a cartilagem articular. Em geral os quadros de artrose devem ser avaliados e graduados quanto a gravidade. O fortalecimento muscular é parte fundamental do tratamento e o uso de medicações podem auxiliar no alívio de sintomas. Ainda em casos específicos pode-se utilizar o ácido hialurônico (viscossuplementação ) que é um "gel " introduzido (procedimento pouco doloroso e realizado ambulatorialmente ) dentro da articulação auxiliando no melhor funcionamento articular .

Erik Barone

Especialista em medicina física e reabilitação

São Paulo


Caracteriza-se pelo desgaste da cartilagem articular e por alterações ósseas, tem preferência pelas mulheres, a prevalência aumenta com o passar dos anos, pode ser dividida em primária ou secundária. As causas desta última forma são inúmeras, desde defeitos das articulações, até alterações do metabolismo. O tratamento divide-se em medicamentoso e não medicamentoso, sendo o exercício físico primordial, com ele consegue-se melhorar o desempenho funcional das juntas, diminuir a necessidade do uso de fármacos, e têm ainda influência sobre o estado geral do paciente.

Melissa Nobrega

Reumatologista

Araçoiaba da Serra

Agendar uma visita

Quais profissionais tratam Artrose?


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.