Distúrbios da fala - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Especialistas em distúrbios da fala

Encontre um especialista em Distúrbios da fala na sua cidade:
Cristiane Mattos

Cristiane Mattos

Fonoaudiólogo

Izabel Lopes

Izabel Lopes

Fonoaudiólogo

Sabrina Fontanesi

Sabrina Fontanesi

Fonoaudiólogo

Ribeirão Preto

Verônica Possamai

Verônica Possamai

Fonoaudiólogo

Nilópolis

Nayara Ribeiro Gomes

Nayara Ribeiro Gomes

Fonoaudiólogo

Perguntas sobre Distúrbios da fala

Nossos especialistas responderam a 20 perguntas sobre Distúrbios da fala

O profissional mais indicado para o tratamento de fala e voz é o fonoaudiólogo. É ele que tem capacitação e competência para tratar as alterações de articulação e nasalidade.
Se necessário,…
7 respostas

 Maria Cristina de Aguiar Magalhães
Maria Cristina de Aguiar Magalhães
Fonoaudiólogo, Psicopedagogo
São Paulo
O ideal é você passar por uma avaliação e terapia fonoaudiológica para minimizar o impacto de sua fala no seu cotidiano. A terapia de fala visando a fluência em sua maioria tem resultado positivo.
4 respostas

Claro! Com a terapia correta e engajamento do paciente e do profissional, é possivel melhorar problemas na fala independente da idade.
4 respostas

Especialistas falam sobre Distúrbios da fala

O indivíduo quando nasce necessita de outro para sobreviver - primeiramente a mãe; nesse primeiro contato é que se inicia o processo de aprendizagem. O instinto humano por si só não fornece subsídios para que a criança sobreviva sem a ajuda do outro nos primeiros anos de sua existência. ao nascer a criança é dotada de alguns reflexos e de um psiquismo absolutamente primitivo decorrente diretamente dos aspectos orgânicos. Será precisamente o contato com quem faz a função materna que promoverá a organização daquele caos em que se constitui o psiquismo da criança e a progressiva diferenciação e construção do mundo interno. Na escola cada indivíduo apresenta a sua.

Atraso de linguagem é o problema de desenvolvimento mais comum em pré-escolares, e está fortemente correlacionado com posteriores problemas de aprendizagem. Identificamos já a partir dos 18 meses de idade, por meio da avaliação dos vocabulários expressivo e receptivo. Teste de vocabulário receptivo é composto de sete pranchas, cada uma contendo 5 itens. Cada item é composto de 5 figuras. A tarefa da criança consiste em apontar para a figura correspondente à palavra falada pelo avaliador. Teste de vocabulário expressivo é composto de um caderno espiral de 100 páginas, com uma figura em cada uma delas. A tarefa da criança consiste em nomear oralmente a figura mostrada pelo avaliador.

Miriam Damazio

Psicopedagogo

Barueri

Quais profissionais tratam Distúrbios da fala?


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.