Lesões do joelho: meniscos - Informações, especialistas e perguntas frequentes

O que é uma lesão de menisco?

Os meniscos são duas almofadas de borracha, formados por uma substância chamada fibrocartilagem, que estão localizados entre a cartilagem do osso fêmur e tíbia. O menisco localizado fora é chamado de menisco lateral e medial do menisco medial ou da mão.

Sua função é amortecer o choque  e aumentar a consistência da cartilagem, uma vez que a forma da cartilagem tibial não corresponder exatamente à do fêmur. Isto irá distribuir o ônus e de forma mais eficaz e estabiliza o joelho.

Os meniscos são arrancados quando o joelho sofre uma guinada violenta, geralmente porque o corpo se move em relação à perna fixa: os fechamentos de esqui, a entrada de um adversário no futebol, um grande salto a partir de uma posição de cócoras, e assim por diante.

De todos os esportes, o futebol é o esporte que mais causa o rasgo meniscal.

Quais são os sintomas de um rompimento do menisco?

  • No momento da ruptura o paciente sente uma dor aguda.
  • Nas horas seguintes o joelho pode produzir mais líquido articular (derrame), mas é muito importante.
  • O sintoma clássico e típico é o bloqueio do joelho: O paciente não pode esticar completamente. Esta situação sugere que a parte rasgada do menisco moveu em direção ao centro do joelho e dificulta seu movimento. A obstrução geralmente desaparece quando o paciente move o joelho, observando (e muitas vezes) ouve  um clique.
  • É na maioria das vezes uma dor no lado do joelho para o rompimento do menisco, quando o paciente se revezam no joelho.

  Quando o médico suspeita de um rompimento do menisco?

Você deve executar uma varredura completa de ambos os joelhos para comparar os resultados e descartar outras lesões associadas.

Para detectar lesão meniscal específica, o médico sente a área do joelho correspondente ao menisco (a chamada linha comum) e em seguida, executa o teste meniscal: flexiona o joelho, aplicar pressão e girar a perna:

  • A perna se volta para dentro e se machucar a parte externa do joelho, o menisco pode ser quebrado.
  • A perna é girada para fora e se ferir o interior do joelho: o menisco medial pode ser quebrado.

Que outras lesões devem ser descartadas?

  • Dor na linha articular pode produzir uma lesão no ligamento colateral ou  cartilagem vizinha.
  • O vazamento também aparece em lesões de ligamentos e cartilagens.
  • Bloqueio de lesão no joelho podem aparecer corpos livres de cartilagem que são incorporados no conjunto, ou lesões movendo que cruzam uma extremidade quebrada dele.
  • Quando a cartilagem da patela é alterada, o joelho pode experimentar espasmos musculares que trava: o pseudobloqueo.

Todas estas lesões podem também estar associados a lesões meniscais.

Que testes são frequentemente pedidos?

Radiografias do joelho

Para descartar uma fratura associada. Os meniscos não são vistos nas radiografias, nem ligamentos ou cartilagem.

Ressonância magnética nuclear

Detecta ruptura meniscal, enquanto mostra a lesão do menisco medial do externo.

Como você recebe o diagnóstico?

Normalmente, o médico explica o mecanismo de lesão (ou seja, como eles fizeram) e a varredura é feita do joelho. Em caso de dúvida, solicitar uma ressonância magnética. Se a dúvida persistir artroscopia do joelho recomendado.

Como é tratada?

O tratamento inicial baseia-se em quatro medidas:

  • Compressas Locais Fria, observado o prazo de 72 horas. Ele usa o saco típico de cubos de gelo ou bloco frio (saco selado com um gel dentro que é resfriado na geladeira), e na ausência destes meios pode servir a um saco de ervilhas congeladas ou outros vegetal. Nunca em contato direto com a pele para evitar queimaduras. É usual manter cerca de 20 minutos a cada hora de tomar cuidado para não exceder três horas no total por dia.
  • Descanse pelo menos 24 a 48 horas, para evitar o agravamento da lesão.
  • Bandagem de compressão elástica, não rígida, para não cortar a circulação do sangue
  • Elevação do membro durante vários dias. Se o paciente está deitado, coloque um travesseiro sob a perna de modo que o pé esteja mais alto que o coração. Se o paciente sente, apoio das pernas em uma cadeira.

Um bloqueio no joelho deve ser tratado por artroscopia, o que permite que você retorne o fragmento ao seu lugar e avalie se deve ser removida.

O resto de lesões meniscais são geralmente tratados com um programa de exercícios que fortalece os músculos.

Se a dor persistir ou bloqueios são artroscopia comum deve ser feito.

Artroscopia

  • As rupturas mais periféricas curam melhor porque vai mais sangue para a área. Portanto, é geralmente reparados por sutura do menisco, especialmente em pacientes mais jovens.
  • As quebras mais importantes que afectam a área do menisco que não recebe sangue, não cicatrizam: Você deve remover o fragmento.

Se o menisco é retirado, o paciente pode apoiar o mesmo dia do membro e andar sem muletas, fazendo exercícios, força muscular e mobilidade do joelho. Entre 5 e 6 semanas mais tarde você pode voltar ao trabalho ou esporte.

Se o menisco é suturado (por costura ou por meio de clips especiais) um dos padrões de tratamento após a operação é a seguinte:

  • Muitas vezes,  imobiliza-se o joelho em ligeira flexão durante cerca de três semanas.
  • Em seguida, ele começa a se mover e começa com muletas de apoio progressiva da quarta para a oitava semana.
  • Pelo quinto mês, funcionamento contínuo e no nono mês pode retornar ao esporte.

Como viver com uma lesão de menisco?

Isso depende de se é ou não foi removido fragmento do menisco rasgado:

  • Um rompimento do menisco não  operado, se não causar dor ou falhas freqüentes, é muito improvável a progredir até  a osteodistrofia.
  • Se as fragmento foi removido, o risco é que a cartilagem fique fina e trata-se de osteoartrite.

Especialistas em lesões do joelho: meniscos

Encontre um especialista em Lesões do joelho: meniscos na sua cidade:
Keipson Costa

Keipson Costa

Ortopedista - traumatologista

Pedro Leopoldo

Marcelo Soares

Marcelo Soares

Médico do esporte, Ortopedista - traumatologista

Rio de Janeiro

Carlos Eduardo Sanches Vaz

Carlos Eduardo Sanches Vaz

Médico clínico geral, Ortopedista - traumatologista

Londrina

Alvaro Afonso Oliveira Souto

Alvaro Afonso Oliveira Souto

Ortopedista - traumatologista

Dourados

Jonatas Brito

Jonatas Brito

Ortopedista - traumatologista

Lucas Alvarez

Lucas Alvarez

Ortopedista - traumatologista, Médico do esporte

Rio de Janeiro

Perguntas sobre Lesões do joelho: meniscos

Nossos especialistas responderam a 178 perguntas sobre Lesões do joelho: meniscos

Dr. Iberê Datti
Dr. Iberê Datti
Ortopedista - traumatologista
São Paulo
Você deve ficar sem fazer aulas até que haja cicatrização adequada dos ligamentos que seguram a patela e termine a reabilitação na fisioterapia. Tão importante quanto isso é investigar possíveis…
3 respostas

Dr. Marcello Castiglia
Dr. Marcello Castiglia
Médico do esporte, Ortopedista - traumatologista
Ribeirão Preto
Olá,

A indicação e cirurgia do joelho para artrose é praticamente exclusiva do paciente. se não há sintomas, não há indicação de cirurgia! Você faz parte dos 85% da população que…
2 respostas

Dr. Iberê Datti
Dr. Iberê Datti
Ortopedista - traumatologista
São Paulo
mesma coisa
2 respostas

Especialistas falam sobre Lesões do joelho: meniscos

Os meniscos são estruturas cartilaginosas, de consistência emborrachada, que estão presentes dentro da junta do joelho e que ficam entre as extremidades dos dois ossos que formam o joelho (o fêmur e a tíbia). Os meniscos funcionam como "amortecedores", ajudando na absorção dos impactos gerados quando sustentamos o nosso peso, quando andamos e corremos. Ajuda também na lubrificação da junta. Existem dois tipos comuns de lesão: a traumática, muito comum nas torções do joelho de esportistas, e a degenerativa, comum em pessoas de mais idade (acima de 60 anos). Nem toda lesão de menisco é de tratamento cirúrgico. Através do exame clínico e de exames de imagem, conseguimos definir o melhor tratamento.

Marco Tulio Lopes Caldas

Ortopedista - traumatologista

Belo Horizonte


Existe para cada situação de lesão meniscal uma indicação precisa que vai desde um tratamento conservador com fisioterapia a cirúrgico onde preconizamos sempre tentar salvar o menisco, buscando assim manter a função do joelho da melhor forma possível. Com a suspeita de lesão é imprescindível a solicitação de uma ressonância do joelho para avaliar qual tratamento mais apropriado.

Leonardo Monteiro

Ortopedista - traumatologista

Recife

Agendar uma visita

A cirurgia de meniscectomia videoartroscópica é de longe o procedimento cirúrgico mais comum ao nível do joelho. Ela apresenta baixo índice de complicações e rápida recuperação.Atualmente quando se indica tratamento cirúrgico para uma lesão meniscal primeiramente se observa se é passível de sutura, caso não seja possível se preserva o máximo possível. O tratamento depende do tipo da lesão, sua extensão e a correlação com os sintomas. As lesões pequenas (<1,5cm) e agudas tendem a cicatrizar sem cirurgia. Aquelas que não causem travamento, dor importante ou derrame articular de repetição e as que ocorrem no menisco lateral são preferidas ser tratadas de forma conservadora.

Ulbiramar Correia

Médico do esporte, Ortopedista - traumatologista

Goiânia

Agendar uma visita

O menisco é uma lâmina fibrocartilaginosa localizada no joelho, que contribui para a biomecânica normal de sua articulação ao lubrificar, estabilizar e absorver choques, entre outras funções. Na verdade, existem dois meniscos: um interno (medial) e um externo (lateral), que podem romper de diversos modos em lesões esportivas ou relacionadas a outras causas. Essas estruturas protegem os joelhos em caso de impacto direto. Por isso, lesões que a atingem são mais relacionadas a atletas, principalmente de esportes de contato, mas podem surgir também em virtude de vários outros fatores. Os sintomas de lesões nessas estruturas se caracterizam principalmente pela dor aguda e inchaço no joelho.

Ronald Bispo Barreto

Ortopedista - traumatologista

Aracaju

Agendar uma visita

Os meniscos são fibrocartilagens, com o formato de meia-lua, que estão localizados entre o fêmur e a tíbia. Nós temos dois meniscos no joelho. Eles funcionam como amortecedores da articulação. Os meniscos podem sofrer os mais diversos tipos de lesão. Lesões pequenas, que não comprometem a estrutura meniscal, podem ser tratadas de forma conservadora, com medicamentos, repouso e fisioterapia. Mas as lesões grandes, que comprometem a estrutura meniscal, precisam de reparo cirúrgico. As cirurgias de menisco são feitas por artroscopia ( cirurgia por vídeo ). O exame de ressonância magnética é fundamental para se analisar as características de uma lesão meniscal e indicar o tratamento.

Adriano Karpstein

Médico do esporte, Ortopedista - traumatologista

Curitiba


O joelho apresenta 2 meniscos, o lateral e o medial, eles possuem uma importante função no joelho que é a de absorver o impacto, melhorar a congruência articular e ajudar na nutrição da cartilagem articular. A lesão dos meniscos é uma condição muito comum, porém o seu tratamento depende muito do tipo , do tempo e da localização da lesão, sendo possível desde um tratamento fisioterápico até um tratamento cirúrgico. O tratamento cirúrgico de escolha para todas as lesões meniscais é o reparo do menisco através da sutura do mesmo, a fim de preservar sua função é evitar uma artrose precoce no joelho. Quando não é possível (pela degeneração), é realizada a meniscectomia (retirada da lesão).

Eduardo Ramalho De Moraes

Médico do esporte, Ortopedista - traumatologista

São Paulo

Agendar uma visita

Meniscos são estruturas internas do joelho que ficam entre o fêmur e tíbia. Cada joelho tem dois meniscos, sendo que suas funções incluem: amortecer impacto, ajudar na estabilização do joelho, aliviar a pressão sobre a cartilagem articular e colaborar com a nutrição desta, através da ajuda na distribuição do líquido articular. Quando lesados, geralmente lesões "tipo degenerativas" que respondem bem à reabilitação podem ser tratadas não cirurgicamente. Lesões traumáticas e mais graves geralmente são tratadas através de técnica cirúrgica de vídeo (artroscopia), com remoção do fragmento lesionado (meniscectomia parcial) ou a preservação do menisco através da sutura (costura) da lesão.

Leandro Rodrigues Brandi

Ortopedista - traumatologista

Sorocaba

Agendar uma visita

Os meniscos são estruturas de fibrocartilagem, em formato de meia lua, que ficam entre os ossos do joelho.Têm diversas funções e entre estão: absorver impactos sobre o joelho e lubrificação da articulação. Quando lesionados podem causar dor e limitação funcional. O tratamento deve ser individualizado e dependerá do tipo de lesão, do grau de atividade e da idade do paciente. Os casos cirúrgicos são feitos por artroscopia (aparelho que permite visualizar e tratar a articulação por meio de pequenas incisões).

Mateus Libardi

Ortopedista - traumatologista

São José dos Campos

Agendar uma visita

Vou falar sobre o bloqueio quimico dos nervos geniculares: procedimento feito com sedacao e anestesia local, em centro cirurgico, para bloquear 4 ramos dos nervos do joelho que causam dor e desconforto. Geralmente sao casos em que o tratamento convencional nao cirurgico nao teve sucesso ou nao se pode ou nao se quer operar, por exemplo, mas o paciente ainda sente dores no joelho. Nesses casos fazemos um bloqueio quimico dos ramos desses nervos com anestesicos, usando a ajuda de imagem da escopia. O paciente recebe alta no mesmo dia e pode ficar alguns meses e ate 1 ano sem dor, caso responda bem ao tratamento.

Michal Alexander Danin Kossobudzki

Médico do esporte, Ortopedista - traumatologista

Brasília

Agendar uma visita

A articulação do joelho é formada pelo encontro de três ossos: o osso da coxa (fêmur), o osso da perna (tíbia) e a rótula (patela). Duas cartilagens em formato de C agem como "amortecedores" entre o osso da coxa e o da perna. São chamadas de meniscos. São resistentes e flexíveis para auxiliar o amortecimento e a estabilidade da articulação. Pode ser possível ouvir um estalido quando o menisco é rompido. A maioria das pessoas ainda consegue andar mesmo com o joelho lesionado. Muitos atletas não suspendem a prática do esporte mesmo com a ruptura. Em 2 ou 3 dias, o joelho ficará gradualmente mais rígido e inchado.

Thiago Leal

Ortopedista - traumatologista

Juazeiro Do Norte

Agendar uma visita

As lesões podem ser resultado de torção que esgarça ou rompe os meniscos pela compressão entre o fêmur e a tíbia. Nos jovens, isso ocorre em atividades físicas vigorosas, habitualmente atividades em que há mudança brusca de direção. Em pacientes com mais idade, o menisco fragilizado pode romper-se em movimentos simples como o simples agachar ou levantar de um sofá! Existem diferentes tipos de lesões. O tratamento (com ou sem cirurgia) deve sempre ser individualizado após uma avaliação completa. A decisão do tratamento é baseada na junção das informações das queixas do pacientes, do exame clínico e das imagens. Na cirurgia, o ideal é suturar (costurar) o menisco por via artroscópica.

João Bourbon De Albuquerque Ii

Ortopedista - traumatologista

Aracaju


Lesões no menisco são comuns, resultando em muitos casos na quebra do equilíbrio articular, podendo levar a alterações degenerativas precoces. Quanto ao tipo de tratamento a ser estabelecido nas lesões meniscais, lesões em alças de balde, joelho bloqueado ou lesões com corpos livres de fragmentos meniscais ou osteocartilaginoso na articulação, são eminentemente cirúrgicas. As demais lesões meniscais devem ser avaliadas caso a caso, sendo o tratamento conservador sempre o primeiro a ser escolhido. Quando o tratamento conservador não é bem sucedido, optamos pelo tratamento cirúrgico por artroscopia.

José Leonardo Rocha De Faria

Ortopedista - traumatologista

Rio de Janeiro

Agendar uma visita

Os meniscos são estruturas de fibrocartilagem responsáveis por absorção de carga/impactos nos joelhos e melhorar a congruência do contato do fêmur com a tíbia. Algumas lesões podem ter bons resultados apenas com tratamentos conservadores, através de medicações anti-inflamatórias, gelo e uma boa reabilitação fisioterápica, principalmente se as lesões forem parciais ou bem periféricas. Porém muitas das lesões acabam evoluindo para o tratamento cirúrgico por artroscopia (cirurgia por video).

Saulo Morais Rodrigues De Castro

Ortopedista - traumatologista

Brasília

Agendar uma visita

Os meniscos são estruturas fundamentais para o funcionamento normal de um joelho saudável. Com a lesão dessas estruturas fica comprometido sua função de distribuição de cargas e levar ao inicio de um processo degenerativo do joelho a médio prazo além de dor e limitação articular `a curto prazo. Seu tratamento varia conforme tipo de lesão, exame fisico e grau de atividade do paciente variando entre conservador (fisioterapia) ou cirúrgico.

Rafael Mançãno

Ortopedista - traumatologista

Rio de Janeiro

Agendar uma visita

Na lesão ou rotura do menisco, o tratamento deve ser orientado no sentido da preservação do mesmo. A meniscetomia total pode originar a artrose (desgaste avançado) do joelho após alguns anos. A cirurgia do menisco faz-se com recurso a artroscopia, o que permite uma correta avaliação da lesão meniscal e decisão quanto à opção de tratamento a instituir. A cirurgia do menisco pode ser feita através da remoção da zona danificada (meniscetomia) ou através da sua reparação (sutura meniscal).

Guilherme Barbosa Moreira

Médico do esporte, Ortopedista - traumatologista

Belo Horizonte

Agendar uma visita

Os meniscos são compostos por uma fibrocartilagem semilunar entre os côndilos femorais e planaltos tibiais, que melhoram a congruência das superfícies articulares no joelho. Eles desempenham muitos papéis na fisiologia do joelho, como a restrições de distribuição e transmissão (amortecedores menisco), melhorando congruência articular (estabilidade articular), a lubrificação das articulações e propriocepção. As indicações de tratamento dependerá de vários fatores, como a história natural da doença, tempo da lesão, idade do paciente, o nível de atividade, lesões associadas, o tipo de lesão, a localização e extensão da lesão. O tratamento pode ser conservador ou cirúrgico, por artroscopia.

Fabricio Roberto Severino

Ortopedista - traumatologista

São Paulo

Agendar uma visita

Os meniscos funcionam como estabilizadores e amortecedores do joelho. A lesão meniscal pode ocorrer por trauma em adultos-jovens e por degeneração em pessoas acima dos 40 anos, geralmente. Alguns sintomas são dor aos mínimos esforços como agachar, subir degraus ou cruzar as pernas, estalos e travamentos. O tratamento dependerá de sua localização, tamanho, tempo de ocorrência, idade e ligação ao esporte do paciente, podendo ser cirúrgico ou não. É essencial procurar um médico para fazer o tratamento mais adequado.

Klinger Luciani Lucena Monteiro

Ortopedista - traumatologista

Juazeiro Do Norte

Agendar uma visita

Os meniscos são fibrocartilagens presentes no joelho), entre o fêmur e a tíbia, eles têm a função de diminuir o impacto e melhorar o encaixe entre os ossos do joelho, também ajudam na mobilidade, lubrificação da articulação. São dois meniscos em cada joelho, um medial e outro lateral, com uma divisão em corno anterior, corpo e corno posterior. Eles apresentam uma vascularização pobre, o que dificulta sua capacidade de regeneração, em caso de lesão. Uma vez lesionados, dificilmente se recuperam espontaneamente.

Frederico Scherner

Médico do esporte, Ortopedista - traumatologista

Curitiba

Agendar uma visita

As lesões isolas dos meniscos pós entorses dos joelhos ou microtraumas de repetição são tratadas por videoartroscopia (pequenos cortes) onde realizamos meniscectomias parciais ou sutura meniscal. Essas lesões carecem de tratamento precoce para não se agravarem gerando dor, estalidos e até bloqueio articular.

Luís Cláudio Chagas Silva

Ortopedista - traumatologista

Salvador

Agendar uma visita

As lesões de menisco são frequentes em dois grupos de pacientes: atletas jovens que apresentam lesões traumáticas como torção do joelho durante atividade física ou em pacientes acima de 40 anos que podem apresentar lesões degenerativas, sem nenhum trauma associado, relacionadas ao processo de artrose e desgaste natural da articulação. O diagnóstico é realizado através da queixa de dor no joelho após entorse ou mesmo sem trauma e do exame físico pelo médico especialista e posteriormente confirmado através da ressonância de joelho.

Alexandre Ribeira Provenza

Ortopedista - traumatologista

Londrina


O menisco funciona como um amortecedor do joelho. Sendo de extrema importante tanto para as atividades esportivas quanto do dia-a-dia. Existem varios tipos de lesões meniscais o que gera diferentes tipos de sintomas e tratamentos. A individualização do tratamento é necessária para atingir os melhores resultados. Para isso, a consulta com o especialista é recomendada.

Thiago Rocha Protta

Ortopedista - traumatologista

São Paulo

Agendar uma visita

A lesão meniscal do joelho é uma das lesões mais prevalentes do corpo humano. Existe uma fundamental importância biomecânica dos meniscos, dentre elas destacamos a absorção de impacto e distribuição da carga pela articulação, aumento da estabilidade, nutrição para a cartilagem articular limitação da flexão e extensão extremas e controle dos movimentos do joelho. Consulte seu médico e mantenha a saúde em dia.

Marcelo Abdulklech Santos

Médico do esporte, Ortopedista - traumatologista

Campinas

Agendar uma visita

Os meniscos agem na absorção de força, na estabilização nos movimentos, aumentam a área de contato do osso da coxa e facilitam a troca do líquido sinovial.O tratamento é orientado pelos sinais e sintomas presentes e principalmente pelo setor atingido. As lesões são divididas em estáveis ou silenciosas, que após o trauma, sofrem uma pronta recuperação não mais causando sintomas (cicatrizam-se espontaneamente). As lesões instáveis ou sintomáticas devem ser tratadas cirurgicamente pela videoartroscopia onde são introduzidos uma microcâmera de vídeo e instrumentais altamente especializado) que permite uma pronta e rápida recuperação.

Elias Marcelo Batista Da Silva

Ortopedista - traumatologista

Curitiba

Agendar uma visita

Dentre os sintomas de lesão no menisco estão a dor no joelho ao caminhar, subir e descer escadas. A dor é localizada na parte da frente do joelho, podendo atingir a parte mais lateral se a lesão for de menisco lateral ou na parte mais interior do joelho se for uma lesão do menisco medial. O tratamento para recuperação do menisco pode ser feito através de cirurgia ortopédica seguida de fisioterapia.

Rounilo Furlani Costa

Ortopedista - traumatologista

Vitória

Agendar uma visita

Quais profissionais tratam Lesões do joelho: meniscos?


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.