Lordose - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Não descuide da sua saúde

Escolha a consulta online para iniciar ou continuar o seu tratamento sem sair de casa. Se precisar, você também pode marcar uma consulta no consultório.

Mostrar especialistas Como funciona?

Especialistas - lordose

Fabio Henrique de Oliveira

Fabio Henrique de Oliveira

Fisioterapeuta

Londrina

Claudia Viana

Claudia Viana

Fisioterapeuta

Carla Odoni

Carla Odoni

Fisioterapeuta

Sorocaba

Daniel Grijó Jr

Daniel Grijó Jr

Fisioterapeuta

Macaé

Larissa Arnoni

Larissa Arnoni

Fisioterapeuta

São Paulo

Armindo Manuel Pires Senica Perdigão

Armindo Manuel Pires Senica Perdigão

Fisioterapeuta

Curitiba

Perguntas sobre Lordose

Nossos especialistas responderam a 21 perguntas sobre Lordose

Boa noite.
A coluna cervical vista de perfil, tem normalmente um desvio (curvatura) para a frente, que é chamado lordose fisiológica. A inversão dessa lordose significa que, ao invés…
1 respostas

Olá. A lordose lombar fisiológica é essa curvatura pra frente que a coluna possui quando olhamos pela lateral. A acentuação da lordose significa aumento dessa curvatura. Esse dado precisa ser…
1 respostas

Nossa coluna lombar tem uma curvatura natural, a lordose lombar fisiológica. A diminuição dessa curvatura pode ser por diversos motivos, desde contraturas musculares até processos degenerativos…
2 respostas

Especialistas falam sobre Lordose

Lordose é um tipo de curvatura da coluna, que pode ser normal na maioria das pessoas, na coluna lombar e na coluna cervical. Mas, a hiperlordose, ou seja, o aumento exagerado dessa curvatura, pode consistir um problema, causando dores ou outros problemas para a pessoa. Pode haver várias causas, e portanto, vários tratamentos diferentes para solução.

Carlos Eduardo Narciso Sakai

Ortopedista - traumatologista

São Paulo

Agendar uma visita

Quais profissionais tratam Lordose?


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.