Condromalácia da patela - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Não descuide da sua saúde

Escolha a consulta online para iniciar ou continuar o seu tratamento sem sair de casa. Se precisar, você também pode marcar uma consulta no consultório.

Mostrar especialistas Como funciona?

Especialistas - condromalácia da patela

Karina Levy Siqueira Rezende

Karina Levy Siqueira Rezende

Ortopedista - traumatologista, Médico do esporte

São Paulo

Rubens Theodoro Lima Soares de Araujo e Meira

Rubens Theodoro Lima Soares de Araujo e Meira

Ortopedista - traumatologista

Brasília

Sandro Mansur

Sandro Mansur

Ortopedista - traumatologista

Rio de Janeiro

Cassio Alves Konrath

Cassio Alves Konrath

Ortopedista - traumatologista

Florianópolis

Fúlvio Rossetti

Fúlvio Rossetti

Médico do esporte, Ortopedista - traumatologista

São Paulo

Thadeu Assumpcao Marmori

Thadeu Assumpcao Marmori

Ortopedista - traumatologista

Anápolis

Perguntas sobre Condromalácia da patela

Nossos especialistas responderam a 86 perguntas sobre Condromalácia da patela

Condropatia Grau I não costuma ser considerado deficiente mas é preciso ler o edital do concurso.
Sobre cura, a cartilagem não é reposta; uma vez que começa a gastar, não há como regenerar.…
1 respostas


A condropatia tem grande fator genético envolvido. Pode piorar claro com os esforços e sobrecarga. Não tem contra-indicação para que você continue em seu trabalho ok. Att
1 respostas


Essa é uma queixa bastante comum em 2 patologias, a principal é uma lesão do Ligamento cruzado anterior, ocorre após um trauma inicial, geralmente torcional.
Outra possibilidade é estar…
1 respostas

Especialistas falam sobre Condromalácia Da Patela

Conhecida também por atrito patelo femoral, síndrome patelo femoral, hipersolicitação do aparelho extensor e outros nomes, a condromalácia da patela é a condição mais comum no consultório do especialista em joelho. Na maioria dos casos, o tratamento é feito com um trabalho de alongamento, fortalecimento e re-equilíbrio musculares. A cirurgia é reservada para casos extremos. Via de regra, a recuperação é total, permitindo o retorno às atividades anteriores à condição.

George Alfred Delatorre

Ortopedista - traumatologista

Vila Velha

Agendar uma visita

A condromalácia patelar é uma doença degenerativa que atinge a cartilagem da patela, o osso móvel localizado na frente do joelho. Nas fases iniciais da doença existe apenas dor, mas com o passar do tempo a cartilagem passa a apresentar fissuras e erosões e o paciente começa a sentir e ouvir barulhos nos joelhos ( sensação de alguma coisa raspando ou de areia ). O diagnóstico da condromalácia patelar deve ser feito na sua fase inicial para que o dano estrutural à cartilagem não avance. A condromalácia é o primeiro grau da doença artrose. A ressonância magnética é o melhor exame para se diagnosticar a condromalácia. Existem vários tratamentos de última geração com resultados muito bons.

Adriano Karpstein

Médico do esporte, Ortopedista - traumatologista

Curitiba


A condromalacia patelar trata-se de uma alteração estrutural da cartilagem da patela, onde a mesma torna-se amolecida, e por ser mais mole, também é mais frágil e mais suscetível a lesões durante atividades de impacto. É uma condição mais comum em mulheres, porém sua causa é desconhecida, existem varias teorias que tentam explicar a origem da condromalacia, porém nenhuma delas é completamente aceita. A condromalacia é graduada de 1 a 4 de acordo com a gravidade e seu tratamento é baseado na melhora das condições extrínsecas do joelho, pois as lesões de cartilagem são irreversíveis. O tratamento consiste em fortalecimento muscular, diminuir as atividades de impacto e fisioterapia.

Eduardo Ramalho De Moraes

Ortopedista - traumatologista

São Paulo

Agendar uma visita

A condromalácia ou condropatia de patela é uma doença degenerativa da cartilagem da patela que possui diversas causas, entre elas sobrecarga mecânica, mal-alinhamento, traumatismos, mal formação articular, obesidade, prática esportiva de forma inadequada e outras. O tratamento é predominantemente clínico, envolvendo adequação dos exercícios, reequilíbrio muscular, fisioterapia, viscossuplementação, perda de peso e medicamentos, podendo raramente necessitar de abordagens cirurgicas em casos mais complexos. Para um bom resultado, é fundamental a compreensão da doença por parte do paciente para maior comprometimento com as medidas necessárias.

Leandro Queiroz Pinheiro

Ortopedista - traumatologista

Ribeirão Preto

Agendar uma visita

Condromalácia patelar é uma condição de dor no joelho ocasionada por lesão na cartilagem em diferentes graus, conhecida como um amolecimento da cartilagem. Isso faz com que a cartilagem sofra desgaste e ocasione dor por falta de proteção. A causa pode ser hereditária, desde jovem, como traumática, excesso de peso corporal ou alteração postural. Após uma avaliação, o tratamento mais indicado para a condromalácia através da fisioterapia é o ganho de força muscular de músculos da coxa, porém realizados em angulações de proteção e de exercícios progressivos e específicos. Além disso, eletroterapia e terapia manual articular podem auxiliar no controle e no tratamento da patologia por completo.

Marcel Bello

Fisioterapeuta

São Paulo


Caracterizada pelo quadro doloroso da região anterior (frente) do joelho, é uma doença que gera o desgaste da cartilagem da patela responsável por diminuir o impacto e evitar o atrito entre as superfícies ósseas. Pode ser causada por diversos fatores, como sobrecarga, excesso exercícios, exercícios realizados de maneira incorreta, predisposição relacionada a alterações anatômicas, mau-alinhamento, desequilíbrio da musculatura do joelho, frouxidão ligamentar, trauma, entre outros. A avaliação do ortopedista é importante para o diagnóstico correto, afastar outras patologias e identificar fatores causais. O tratamento visa a melhora da função, do sintoma de dor e da qualidade de vida.

Anderson De Aquino Santos

Ortopedista - traumatologista

São Paulo

Agendar uma visita

Condropatia Patelar ou Condromalácia são nomenclaturas utilizadas para definir a doença da cartilagem articular. Também conhecida como síndrome da dor femoropatelar ou popularmente conhecida por “dor anterior no joelho”. O que ocorre é um “amolecimento” anormal da cartilagem articular da patela que pode evoluir para a quebra na sua integridade (rachaduras/fissuras) e perda de substância (falhas) até mesmo com erosões. É uma patologia bastante comum na população jovem, sobretudo em mulheres que se queixam de dor no joelho e procuram um ortopedista especialista em joelho.

Saulo Morais Rodrigues De Castro

Ortopedista - traumatologista

Brasília

Agendar uma visita

Lesões da cartilagem da patela são muito comuns e causa frequente de consulta com especialista em joelho. Deve se ter atenção especial ao exame físico do paciente que é muito importante nessa doença e associar exames de imagem específicos conforme as suspeitas levantadas. Tratamento varia de apenas reforço muscular especifico a tratamento cirúrgico dependendo do caso.

Rafael Mançãno

Ortopedista - traumatologista

Rio de Janeiro

Agendar uma visita

Conhecida como síndrome da dor patelo-femoral ou joelho de corredor, a condromalácia patelar consiste em uma espécie de “amolecimento” da cartilagem. Não existe uma causa exata, mas os fatores mais comuns são os traumas únicos, como pancadas ou traumas mais crônicos, causados por fricções entre a patela e o sulco. A condromalácia patelar também pode ser o resultado de uma lesão aguda da cartilagem femoropatelar, causando fissuras e provocando desconforto e dores que não vêm da cartilagem, mas dos tecidos carregados próximos da patela. É necessário avaliação especializada para que se possa determinar o melhor tratamento (viscossuplementação, cirurgia e ou fisioterapia, entre outros).

Guilherme Barbosa Moreira

Ortopedista - traumatologista

Belo Horizonte

Agendar uma visita

A condromalácia da patela é uma lesão crônico-degenerativa da cartilagem articular da patela e dos côndilos femorais. Causa dor e desconforto ao redor ou atrás da patela além de crepitação e estalidos, muitas vezes audíveis. Sua causa mais comum é o traumatismo em razão do uso inadequado de aparelhos de ginástica, exercícios em step/agachamentos/leg press, bem como pela prática inadequada de esportes, com força excessiva aplicada na patela. O diagnóstico é feito pelo exame físico e eventualmente exames de imagem. O tratamento é feito com modificação nas atividades físicas, fisioterapia e anti-inflamatórios.

Frederico Scherner

Ortopedista - traumatologista

São José Dos Pinhais


A Condromalácia de Patela atinge homens e mulheres de diversas idades e está relacionada ao esporte. Uma das causas são as atividades de alto impacto e o desequilíbrio muscular que podem causar uma sobrecarga na articulação femoropatelar ocasionando o amolecimento da cartilagem. No tratamento, a fisioterapia pode auxiliar especialmente, no fortalecimento de alguns músculos e de exercícios que enfatizam o alongamento. Esses músculos fortes permitem que o joelho tenha boa estabilidade, tornando as atividades muito exigentes para o joelho relativamente mais leves. O treinamento de fortalecimento também ajuda na preservação da cartilagem, deixando-a mais resistente aos possíveis desgastes.

Alexandre Ribeira Provenza

Ortopedista - traumatologista

Londrina


A condromalacia patelar consiste em um desgaste da cartilagem articular da patela e do femur. Os primeiros sintomas estão relacionados a agachar, subir/descer escadas e dificuldade na pratica esportiva. Nas fases mais avançadas as dores e limitações funcionais tornam-se mais intensas. Existe tratamento e ele deve ser iniciado o mais precoce. Ótimos resultados nós conseguimos alcançar com a individualização do tratamento.

Thiago Rocha Protta

Ortopedista - traumatologista

São Paulo

Agendar uma visita

Uma das patologias mais comumente diagnosticadas, principalmente em pacientes jovens do sexo feminino é a síndrome da dor patelofemoral. Alterações no alinhamento e na biomecânica articular podem ocasionar desequilíbrios de força, gerando áreas de sobrecarga na cartilagem e osso subcondral, com possíveis danos, que acarretam o aparecimento da dor anterior no joelho. Consulte seu médico e mantenha a saúde em dia.

Marcelo Abdulklech Santos

Ortopedista - traumatologista

Campinas


A condromalácia patelar é uma doença inflamatória e degenerativa que acomete a cartilagem da patela, provocando dor e crepitação (estalidos) que podem até ser audíveis. Atinge mais comumente adultos jovens e do sexo feminino. Existem várias causas para o aparecimento da doença, tais como o desequilíbrio ou encurtamento muscular, mau alinhamento da patela, micro traumas de repetição, etc. O diagnóstico é basicamente dado pela história e exame físico, podendo em casos duvidosos ser confirmado através de Ressonância Magnética. O tratamento é individualizado para cada paciente, mas de modo geral passa pela fisioterapia, reeducação postural, perda de peso, uso de medicamentos. Raramente cirurgia.

Luciano Suruagy

Ortopedista - traumatologista

Recife

Agendar uma visita

A condromalácia também chamada de síndrome femoropatelar é resultado de um conjunto de alterações biomecânicas que resultam em um constante atrito da patela com os côndilos femorais. É mais frequentes em mulheres do que em homens e o seu diagnóstico depende de um bom exame físico e por vezes pode-se valer de exames complementares. O tratamento conservador, isto é, não cirúrgico costuma ter ótimos resultados desde que bem guiado frente aos desbalanços apresentados pelo ( a ) paciente .

Erik Barone

Especialista em medicina física e reabilitação

São Paulo

Quais profissionais tratam Condromalácia da patela?

Pesquisas relacionadas


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.