Doenças desmielinizantes - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Não descuide da sua saúde

Escolha a consulta online para iniciar ou continuar o seu tratamento sem sair de casa. Se precisar, você também pode marcar uma consulta no consultório.

Mostrar especialistas Como funciona?

Especialistas - doenças desmielinizantes

Encontre um especialista na sua cidade:
Renata Areza

Renata Areza

Neurologista

São Paulo

Anderson Luiz Castro Santiago

Anderson Luiz Castro Santiago

Neurologista

Aracaju

Amanda Canal Rigotti

Amanda Canal Rigotti

Neurologista

Linhares

Filipe Miranda Milagres Araujo

Filipe Miranda Milagres Araujo

Neurologista

Barbacena

Janaina Bartelega

Janaina Bartelega

Neurologista

Varginha

Rosana Ferreira

Rosana Ferreira

Neurologista

Santos

Perguntas sobre Doenças desmielinizantes

Nossos especialistas responderam a 10 perguntas sobre Doenças desmielinizantes

Mielomalacia eh uma lesão medular causada por compressão/trauma, sequela de cirurgia ou de inflamação/infecção.
O quadro geralmente eh irreversível.
2 respostas


depende dos recursos em fisioterapia e órteses,manutenção do básico em termos de ventilação pulmonar, hábitos intestinais, evitando-se escaras..
1 respostas


A eletroneuromiografia é capaz sim de definir se uma polineuropatia é de predomínio axonal ou desmielinizante. A polineuropatia de predomínio desmielinizante indica que a bainha de mielina dos…
1 respostas

Especialistas falam sobre Doenças Desmielinizantes

As doenças desmielinizantes mais comuns são Esclerose Múltipla, Neuromielite Óptica, ADEM, Neurite Óptica, CRION, RION. São doenças raras e que devem ser manejadas preferencialmente por um neurologista especialista em doenças desmielinizantes. Existem exames específicos e os tratamentos são feitos com medicações que atuam no sistema imunológico, muitas vezes enfraquecendo e deixando o organismo suscetível a infecções. O acompanhamento deve ser rigoroso.

Quais profissionais tratam Doenças desmielinizantes?

Pesquisas relacionadas


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.