Espondiloartropatias - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Especialistas em espondiloartropatias

Encontre um especialista em Espondiloartropatias na sua cidade:
Eliane Alves de Freitas Souza

Eliane Alves de Freitas Souza

Reumatologista

Maringá

Enan Sales Magalhães

Enan Sales Magalhães

Médico clínico geral, Reumatologista

Guarapari

Renato Smith Davoli

Renato Smith Davoli

Reumatologista

Erechim

Laila Poubel Boechat de Castro

Laila Poubel Boechat de Castro

Reumatologista

Itaperuna

Glênio Marchezan Gutjahr

Glênio Marchezan Gutjahr

Reumatologista

Chapecó

Adriana Maria Kakehasi

Adriana Maria Kakehasi

Reumatologista

Belo Horizonte

Perguntas sobre Espondiloartropatias

Nossos especialistas responderam a 15 perguntas sobre Espondiloartropatias

Dra. Geise Cristina Geraldino
Dra. Geise Cristina Geraldino
Médico clínico geral, Reumatologista
São Paulo
Bom dia, espondilodiscoartropatia degenerativa nada mais é do que um tipo de artrose, doença relacionada ao desgaste da cartilagem. Ela pode ou não estar relacionada com o quadro de dor lombar…
1 respostas

Boa tarde, tudo bem? É possível que esta dor esteja relacionada com a própria atividade da doença, como por exemplo uma entesite (inflamação de ligamentos e tendões na região). Procure seu médico…
1 respostas

Dra. Verônica Mello Maia
Dra. Verônica Mello Maia
Médico clínico geral, Reumatologista
Rio de Janeiro
No caso das doenças degenerativas da coluna e de dor lombar mecânica, como deve ser o seu caso, diferentes estudos científicos já comprovaram que é essencial manter-se ativo. O afastamento do…
1 respostas

Especialistas falam sobre Espondiloartropatias

As espondiloartropatias, ou espondiloartrites, são um grupo de doenças que possuem em comum sintomas como dor nas costas que piora com o repouso (dor lombar), dor em pontos de pressão (entesite) e inchaço nas articulações (artrite). Acomete com maior frequência homens jovens, mas mulheres também podem ser afetadas pela doença. Existe uma característica genética, ligada a um gene chamado HLA-B27. O diagnóstico precoce é imporante, pois o tratamento evita o enrijecimento da coluna e destruição de outras articulações. O sinal de alerta mais importante é a dor na coluna que, além de não melhorar com o repouso, força o paciente a se levantar da cama, por conta do desconforto.

Essa palavra define, de maneira geral, as alterações degenerativas da coluna, ou seja, o que chamamos de "desgaste". Esse desgaste pode ser ou não intenso, mas a maioria de nós vai ter desgastes na coluna, mais cedo ou mais tarde na vida. Ou seja, isso por si só não é uma doença, por ser um caminho comum da coluna. Os desgastes são comuns, não precisam ser tratados, exceto quando causam dores ou outros sintomas.

Carlos Eduardo Narciso Sakai

Ortopedista - traumatologista

São Bernardo do Campo


As espondiloartropatias são doenças inflamatórias da coluna vertebral, que se iniciam em pacientes jovens, podendo acometer outras articulações. Os sintomas incluem dor e rigidez na coluna, principalmente pela manhã e após períodos prolongados de repouso. Pode evoluir com perda progressiva dos movimentos da coluna e deformidades, caso não seja tratada de forma adequada. O reumatologista é o melhor profissional para o diagnóstico e acompanhamento das espondiartropatias.

Verônica Mello Maia

Médico clínico geral, Reumatologista

Rio de Janeiro

Agendar uma visita

Quais profissionais tratam Espondiloartropatias?


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.