Intolerância à lactose - Informações, especialistas e perguntas frequentes

O que é intolerância à lactose?

Intolerância à lactose é a incapacidade de absorver a lactose, o açúcar abundante no leite- pelo trato digestivo. Se a lactose não é absorvida adequadamente, fermenta e dá origem a dor e distensão abdominal e diarréia.

Qual é a causa da intolerância à lactose?

A lactose é um dissacarídeo que é, uma substância resultante da união de duas moléculas de açúcares simples (monossacarídeos), que no caso de lactose são a glicose ea galactose. Para ser absorvido, é necessário quebrar a lactose em seus dois componentes básicos. Esta ruptura é fornecido por uma enzima chamada lactase, que está presente no revestimento interno (o epitélio da mucosa) do intestino delgado. Se há uma ausência ou deficiência dessa enzima, ela não quebra as moléculas de lactose, que atinge o intestino grosso onde é fermentada por bactérias na flora intestinal, o que libera excesso de gás, o aumento dos sons intestinais e diarreia.

Atividade da lactase é alta em crianças jovens e diminui à medida que diminui a quantidade de leite ingerida com alimentos. Algumas pessoas podem ter taxas muito baixas de lactase e, no entanto, por razões desconhecidas, não apresentam sintomas.

Quem está em risco de ter intolerância à lactose?

A maioria dos adultos no norte da Europa e América do Norte absorvem adequadamente  lactose. Entretanto, a maioria da população mundial sofre de intolerância à lactose em graus variados.

Pessoas que tenham sido submetidos a grandes cirurgias no estômago ou intestinos, ou que têm doença celíaca, muitas vezes sofrem de intolerância à lactose, se não for corrigido o distúrbio subjacente.

Muitas pessoas sofrem de intolerância à lactose transitória quando têm diarréia. A razão é que a doença é responsável por diarréia  danificando ligeiramente o forro do intestino delgado, o que diminuiu sua produção de lactase.

Quais são os sintomas da intolerância à lactose?

  • Sons intestinais, distensão abdominal e aumento dos gazes
  • Diarréia
  • Dor abdominal em cólica
  • Doença

O que você pode fazer em casa?

  • Se tiver diarreia ou tiver tido recentemente, reduzir o consumo de produtos lácteos.
  • Considere todas as acima.

Como é diagnosticada a intolerância à lactose?

O método "caseiro" é remover produtos alimentares que contenham lactose por uns dias, depois tomar 2 ou 3 copos de leite. Se dentro de meia hora tiver dor de estômago ou diarréia, é intolerantes à lactose. Para confirmar esta suspeita, deve ser submetido aos seguintes testes:

Prova de tolerância à lactose

É determinar a concentração de açúcar (glicose) antes e depois de beber um líquido que contém lactose. Se a concentração de glicose sobe acima de um certo nível, não sofrem de intolerância à lactose.

Teste de respiração

Ele consiste em beber um líquido que contém lactose, e depois investigar a presença de hidrogênio no ar expirado (o que você exalar), que está presente somente se a lactose é fermentado.

Biópsia da mucosa do intestino delgado

Embora você possa tentar alcançar a porção inicial do intestino (duodeno) através de uma endoscopia convencional, é comum usar uma cápsula especial, conectada a um fio fino e remover depois que ele é ingerido e "fogo" quando ele entrou corretamente no intestino, para obter uma pequena amostra de tecido a ser analisado.

Como é a intolerância à lactose?

Depende da intensidade dos sintomas. Pessoas com sintomas leves devem apenas reduzir a quantidade de leite em sua dieta.

Aqueles com sintomas graves devem seguir uma rigorosa dieta livre de lactose. O melhor é consultar um nutricionista. O seu médico irá colocar você em contato com ele.

Os sintomas da intolerância à lactose são de intensidade muito variável. Alguns pacientes podem tolerar a quantidade de leite  muitas vezes adicionado ao café, enquanto outros têm diarréia depois de comer pequenas quantidades de lactose. Alguns toleram o iogurte, mas não outros produtos lácteos.

Intolerância à lactose é uma condição praticamente inofensiva. Se você tem rosácea, e por qualquer motivo não pode seguir uma dieta isenta de lactose, não há nenhum risco, nem sofrerá conseqüências de qualquer tipo. No entanto, é provável que os sintomas reaparecem.

Quais os alimentos que contenham lactose?

  • Leite, manteiga, margarina, produtos lácteos fermentados, requeijão, iogurte e queijo
  • Leite em pó
  • Produtos de panificação pão e outros ou de pastelaria (veja a composição no rótulo).
  • Alimentos preparados (também ler o rótulo).
  • Chocolate
  • Muitos tipos de comprimidos contém lactose.(ver a composição no prospecto).

Não descuide da sua saúde

Escolha a consulta online para iniciar ou continuar o seu tratamento sem sair de casa. Se precisar, você também pode marcar uma consulta no consultório.

Mostrar especialistas Como funciona?

Especialistas - intolerância à lactose

Encontre um especialista na sua cidade:
Paula Cavallaro

Paula Cavallaro

Nutrólogo

Aracaju

Renata Cortella

Renata Cortella

Nutrólogo, Generalista

São Paulo

Christina Schmitt Juruena

Christina Schmitt Juruena

Gastroenterologista, Endoscopista

Porto Alegre

Marina Pamponet Motta

Marina Pamponet Motta

Gastroenterologista, Endoscopista

Salvador

Helcio Teles

Helcio Teles

Gastroenterologista, Endoscopista, Coloproctologista

Santo André

Renata Domingues de Nóbrega

Renata Domingues de Nóbrega

Nutrólogo

São Paulo

Perguntas sobre Intolerância à lactose

Nossos especialistas responderam a 199 perguntas sobre Intolerância à lactose

Não....fique tranquilo (a).


Pode ser uma consequência. Temos duas situações hipotéticas.
Na primeira você, mesmo com a intolerância, continua ingerindo alimentos com lactose. Nesse caso, sua mucosa intestinal, que…


Sim, com certeza. Normalmente, para chegar às doses necessárias é preciso mandar manipular a B12 (as prontas contêm quantidades irrisórias da vitamina) e é possível fazer sem lactose. Cafeína…

Especialistas falam sobre Intolerância À Lactose

A intolerância a lactose é causada pela deficiência na produção de uma enzima, a lactase, responsável pela digestão da lactose. Quem tem essa inteolerância pode sentir dores abdominais, ter diarreia, inchaço, gases e outros sintomas. Também é importante ficarmos atentos a deficiência de vitaminas e minerais decorrentes desses sintomas. A boa notícia é que nem sempre precisamos excluir o leite da alimentação, mas podemos tratar de forma individual, personalizando a conduta de acordo com as preferências alimentares de cada pessoa, condição socioeconômica e estilo de vida. Sinta-se livre, agende sua avaliação e trate sua intolerância.

Bárbara Costa Santos

Nutricionista

Belo Horizonte

Agendar uma visita

A longevidade e a qualidade de vida resultam da alimentação equilibrada, saudável e pelas escolhas corretas que fazemos no decorrer da vida. É sabido que fatores hormonais e hábitos de vida influenciam diretamente no processo de envelhecimento. Portanto, um acompanhamento precoce se torna útil como forma de prevenção. Fazemos também acompanhamento de pacientes em pré e pós operatório, com doenças crônicas degenerativas e que necessitam de outros cuidados especiais.

Guilherme Ferreira Mattos

Generalista

Belo Horizonte


A intolerância a lactose é um dos tipos de intolerâncias mais comuns. Se caracteriza pela deficiência de uma enzima que digere o açúcar presente no leite, a lactose. Essa enzima é chamada lactase. O ideal para quem possui esse tipo de intolerância é não consumir leite e derivados. Quando não for possível evitar, deve fazer uso de enzimas digestivas. Um profissional pode prescrever a mais indicada para o seu caso, na dosagem correta, e acrescentar outras enzimas que ajudam muito na digestão.

A intolerância à lactose é uma deficiência na expressão da lactase, enzima que digere a lactose (açúcar presente no leite), expressada pelas células intestinais. A hipolactasia do adulto acontece quado há alteração genética mas também pode ser secundária a desordens que acometem o intestino delgado (ou fino) como gastroenterites ou na doença de Crohn. Sintomas como dor abdominal, diarreia e flatulência podem estar presentes a depender da quantidade de lactose ingerida.

Adriana Ribas Andrade

Gastroenterologista

Salvador

Agendar uma visita

Na intolerância à lactose estamos falando sobre um carboidrato (lactose) que não provoca reações alérgicas, mas que por não ser absorvido de forma adequada é processado pelas bactérias intestinais formando gases e causando sintomas de desconforto abdominal, cólicas, distensão, flatulência, evacuações amolecidas, às vezes explosivas, e dermatite perineal. Procure avaliação médica nos casos de sintomas acima citados antes de iniciar uma dieta sem leite e derivados.

Fabricio Galli

Nutrólogo, Pediatra

Belo Horizonte

Quais profissionais tratam Intolerância à lactose?


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.