Fístula retal - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Não descuide da sua saúde

Escolha a consulta online para iniciar ou continuar o seu tratamento sem sair de casa. Se precisar, você também pode marcar uma consulta no consultório.

Mostrar especialistas Como funciona?

Especialistas - fístula retal

Daniel de Carvalho Damin

Daniel de Carvalho Damin

Coloproctologista

Porto Alegre

JOAO FRANCISCO DE SOUZA

JOAO FRANCISCO DE SOUZA

Cirurgião geral, Médico clínico geral

Mafra

Marcos G T Pauletti

Marcos G T Pauletti

Coloproctologista

Chapecó

Luiz Henrique Sala de Melo Costa

Luiz Henrique Sala de Melo Costa

Cirurgião geral

Aracaju

Pablo Romulo Martins

Pablo Romulo Martins

Cirurgião geral

Porangatu

Lucio Flavio Araujo Costa

Lucio Flavio Araujo Costa

Cirurgião geral

Campina Grande

Perguntas sobre Fístula retal

Nossos especialistas responderam a 164 perguntas sobre Fístula retal

Olá, o tempo de cicatrização é variável. Pode levar de 2 semanas a alguns meses. É sempre importante comparecer aos retornos médicos para que a gente consiga avaliar o processo de cicatrização…

Olá, tudo bem? O procedimento é rápido, geralmente menos de 1 hora. A cicatrização depende da técnica utilizada e pode variar de semanas a meses.

Olá, o fio de setton é retirada com um novo procedimento cirúrgico. Depende da avaliação médica quanto a cicatrização da fístula, geralmente dentro de 2 a 3 meses para fístulas sem outras doenças…

Especialistas falam sobre Fístula Retal

A fístula anal ocorre frequentemente como resultado de um abscesso que se formou nesta região. A secreção purulenta contida dentro do abscesso é eliminada, naturalmente ou com ajuda de tratamento médico, dando lugar à formação de uma fístula anal, que é o resultado final da cura de um abscesso desta região. A fístula, portanto, comunica a região interna do canal anal ou reto até a pele da região externa do períneo ou nádegas. Não é uma complicação do tratamento e sim uma evolução natural da condição. É um problema que exige avaliação e tratamento especializado para sua cura. Na maioria das vezes, através de cirurgia programada.

Rodrigo Rego Lins

Coloproctologista, Cirurgião geral

Rio de Janeiro

Agendar uma visita

Tratamento videoassistido da fístula anal. O VAAFT (Video Assisted Anal Fistula Treatment) consiste no tratamento videoassistido de fístulas anais, indicado para as fistulas complexas e recidivadas. É o único no mercado que proporciona a vantagem de visualizar e identificar todo o trajeto fistuloso e tratá-lo, preservando a musculatura esfincteriana.

Cristiano Denoni Freitas

Cirurgião do aparelho digestivo, Coloproctologista

Florianópolis


Fístula anal ou anorretal é quase sempre o resultado de um abcesso anterior. É um pequeno orifício, próximo ao ânus, com saída de pus. Esse orifício tem comunicação com o canal anal. Esse trajeto que se forma deve ser removido cirurgicamente.

Felipe Guerrero Prieto

Cirurgião geral, Coloproctologista

São Paulo


Fístula anal é um trajeto que se cria a partir de um abscesso e que se exterioriza em orifício próximo borda anal, por onde costuma supurar. O risco de grandes infecções e abscessos na região do períneo indicam seu tratamento imediato ao realizar o diagnóstico.

Daniel Kruglensky

Cirurgião do aparelho digestivo

São Paulo


A Fístula Retal, apesar de aparentemente simples para o paciente, pois este percebe apenas um pequeno furo próximo do ânus saindo pus, é uma doença que pode se apresentar das mais diversas formas, podendo tornar-se extremamente complexa e de difícil resolução, algumas vezes necessitando de mais de uma intervenção cirúrgica. Hoje possuímos uma microcâmera capaz de penetrar em toda a extensão da fístula além de conseguirmos cauterizar/limpar todo o trajeto (VAAFT) e mesmo aplicar Laser ou fixar Plug de Colágeno por ela, tornando o procedimento menos agressivo e com uma recuperação mais rápida.

Ricardo Lourenço

Cirurgião do aparelho digestivo

Campinas


A fístula anorretal é um problema relacionado com a infecção de glândulas localizadas no canal anal. Essa infecção normalmente causa um abscesso perianal (uma acúmulo de pus na região ao redor do ânus), que pode necessitar de cirurgia para drenagem. Algumas vezes essa drenagem acontece espontaneamente e se forma um canal entre a glândula interna do canal anal e um orifício na parte externa, por onde fica drenando secreção. Esse canal é a fístula. O tratamento da fístula é cirúrgico e atualmente existem diversas técnicas disponíveis. Um especialista poderá avaliar e indicar qual o melhor tratamento para cada caso.

Daniel Hortiz

Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral

João Pessoa


A fístula anorretal é a presença de um trajeto ("túnel") que comunica uma glândula na região interna ou ânus com região perianal ou glútea, em geral. O diagnóstico é baseado na história de drenagem de abscesso com subsequente saída crônica de secreção em orifício, na maioria dos casos. Pode ser confirmada por exames de imagem, principalmente nos casos complexos, com orifício externo longe da borda anal. Seu tratamento é cirúrgico e envolve a fistulotomia em 2 tempos com passagem de sedenho ou em tempo único, a depender da quantidade de musculatura anal envolvida. Outros tratamentos devem ser escolhidos com cuidado por suas altas taxas de recidiva. O risco de incontinência fecal é baixo.

Thais Yuka Takahashi

Coloproctologista

São Paulo

Agendar uma visita

Quais profissionais tratam Fístula retal?


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.