Sangramento uterino - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Especialistas em sangramento uterino

Encontre um especialista em Sangramento uterino na sua cidade:
Enio Peres dos Santos

Enio Peres dos Santos

Ginecologista

Brasília

Isabela Braga Coelho Faria

Isabela Braga Coelho Faria

Ginecologista, Mastologista

Santana de Parnaíba

Rodolpho Truffa Kleine

Rodolpho Truffa Kleine

Ginecologista

São Paulo

Gabriel Martins Cruz Campos

Gabriel Martins Cruz Campos

Ginecologista

Belo Horizonte

Sérgio Henrique Pires Okano

Sérgio Henrique Pires Okano

Ginecologista

Ribeirão Preto

Ana Gabriela Siqueira

Ana Gabriela Siqueira

Ginecologista

São Paulo

Perguntas sobre Sangramento uterino

Nossos especialistas responderam a 14 perguntas sobre Sangramento uterino

Olá. Nunca inicie uma medicação anticoncepcional sem a ajuda do seu médico. Nem todas as mulheres podem usar qualquer anticoncepcional. Essas medicações podem estar associadas a eventos graves…
1 respostas

Não é normal ! Pode ser uma " ferida " no colo do útero , ou até uma infecção genital ! Importante saber se está com a prevenção em dia!
1 respostas

Olá. O mioma é um tumor benigno do útero, presente em 40 a 80% das mulheres, com risco de malignidade muito baixo. Apenas 20% das mulheres com miomas apresentam algum sintoma e necessitam de…
1 respostas

Especialistas falam sobre Sangramento uterino

Sangramento uterino anormal é aquele que tem alteração na regularidade, no volume, na frequência ou duração. É muito comum as pessoas associarem sangramento com Miomas uterinos, mas é importante lembrar que existem diversas causas e é necessário avaliação médica para diagnóstico e tratamento correto. Entre as causas estão: Pólipos endometriais, Adenomiose, Miomas uterinos, Câncer de colo, Câncer de endométrio, problemas de coagulação, Infecção pélvica, Síndrome de ovário policístico (anovulação), etc. Esse problema pode ter repercussões sobre diferentes aspectos: aspectos físicos (fraqueza, mal estar, dor), emocionais, sexuais e profissionais (falta no trabalho).

Sangramento uterino é um sinal de alerta sempre que ele esteja ocorrendo fora do período menstrual normal, já que dependendo da idade da paciente e de outros fatores e doenças, pode ser o sinal de algo grave. Na maior parte da vezes é algo benigno que não requer grandes preocupações, mas sempre deve ser investigado quando ele ocorrer fora do período menstrual adequado, mantenha-se sempre alerta e ao menor sinal procure seu médico ginecologista de confiança.

O atraso da menstruação assim como o aumento de fluxo durante o período menstrual podem ter diversas causas e gerar muitos desconfortos durante a sua ocorrência. O ciclo menstrual é muito influenciado por vários fatores externos e emocionais, que são suficientes para gerar várias mudanças no padrão de sangramento de cada paciente. Isso pode acontecer de maneira isolada, sem representar uma doença ou algo de errado, porém, quando passa a aparecer de forma mais usual, e trazer desconfortos à rotina da paciente, é importante uma investigação do quadro, para que se tente identificar o motivo do acontecimento. Quando identificado, podemos tratar de forma mais acertiva, trazendo diversos benefícios.

Fernanda Gabriela Mendes

Ginecologista

Curitiba


O sangramento menstrual corresponde à descamação da camada interna do útero - endométrio - após um ciclo sem gestação. Mas como saber se seu ciclo é normal? ⠀ Cada menstruação deve durar no máximo 7 dias e deve vir a cada 28 - 35 dias. A perda total de sangue é em média 50ml, o que corresponde a 5 absorventes por dia. ⠀ Você deve procurar auxílio médico se: ????A menstruação demorar mais de 40 dias ou menos de 20 dias para vir; ????Forem necessários mais de 7 absorventes por dia; ????Ocorrer anemia devido à menstruação; ????Houver sangramento com coágulos ou extravasamento de sangue pelo absorvente. ⠀ Existem inúmeras maneiras de controlar um Sangramento Uterino Anormal. Sangrar muito ou pouco

Raquel Reis Magalhães

Ginecologista

São Paulo

Quais profissionais tratam Sangramento uterino?


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.