Dismenorréia - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Que são as cólicas menstruais?

Muitas mulheres experimentam dor ou desconforto com as suas regras. Na maioria, a dor ou desconforto não é grave o suficiente para interferir com as atividades diárias ou requerem atenção especial. No entanto, para algumas mulheres as regras são muito incapacitantes e problemáticas devido à dor e desconforto que causam. Essas mulheres muitas vezes não freqüentam a escola ou trabalho até se recuperarem, geralmente em um ou dois dias.

Apesar de chato, as regras são raramente dolorosas um sinal de doença real. Se a dor causada pela regra é mais do que um desconforto, você deve consultar o seu médico ou ginecologista.

O que causa cãibras?

As dores são causadas por contrações da parte muscular do útero durante a menstruação. As contrações são desencadeados pela liberação de substâncias chamadas prostaglandinas, que são na verdade um hormônio produzido pela camada mais interna do útero (endométrio).

Como podemos evitar as cólicas?

A melhor coisa que você pode fazer além de acreditar que não está doente, é  manter a forma. Isto pode ser conseguido através de um estilo de vida saudável, exercício físico regular, descanso adequado e, se possível, evitar o stress. Às vezes é útil algumas medicações para alívio da dor, como analgésicos anti-inflamatórios ou o médico ou farmacêutico pode aconselhá-lo.

O que pode o médico fazer?

Primeiro, o médico pode prescrever um tratamento que inclui anti-inflamatórios e contraceptivos orais. Contraceptivos orais eliminam a ovulação, o que reduz a produção de prostaglandinas e, portanto, a dor.

Se a dor da regra não é aliviada por medicação fornecida pelo médico, parece apropriado para fazer uma visita ao ginecologista para investigar as possíveis causas da dismenorréia. Como parte do estudo, o especialista irá realizar um exame ginecológico e pode solicitar alguns exames, como ultra-som, e até, em casos especiais, uma laparoscopia (uma técnica que envolve uma pequena incisão abaixo do umbigo através do qual um tubo é inserido para visualizar a genitália interna).

Se for descoberto que a causa da dor é uma doença como a doença inflamatória pélvica, endometriose ou miomas ou fibromas, o tratamento é específico para este problema.

Especialistas em dismenorréia

Encontre um especialista em Dismenorréia na sua cidade:
Karin Américo Mozzato

Karin Américo Mozzato

Médico clínico geral, Ginecologista

Sorocaba

Milena Karla Silva Cruz

Milena Karla Silva Cruz

Ginecologista

Goiânia

FERNANDA ERCI BAUER

FERNANDA ERCI BAUER

Ginecologista

Cotia

Zolder Marinho Silva

Zolder Marinho Silva

Ginecologista

Belo Horizonte

Antonio Paulo Malmann

Antonio Paulo Malmann

Ginecologista

Campos Novos

Carlos Jose da Fonseca

Carlos Jose da Fonseca

Ginecologista

Cabo de Santo Agostinho

Perguntas sobre Dismenorréia

Nossos especialistas responderam a 25 perguntas sobre Dismenorréia

BOA TARDE! A CÓLICA NO MEIO DO PERÍODO FÉRTIL PODE SER PELA OVULAÇÃO. ALGUMAS PACIENTES SÃO MAIS SENSÍVEIS E TEM DOR NA LIBERAÇÃO DO ÓVULO. PARA AFIRMAR QUE A DOR OCORRE APENAS DEVIDO À OVULAÇÃO…
1 respostas

Colica no joelho???
2 respostas

Olá. Sempre siga as orientações do seu médico. Agende a sua consulta de reavaliação e esclareça suas dúvidas.
A sua avaliação clínica através da sua história clínica, suas queixas e exame…
1 respostas

Especialistas falam sobre Dismenorréia

Dismenorréia consiste em dores pélvicas no período menstrual. Embora essas cólicas sejam comuns existem varias doenças que causam desconforto abdominal importante e muitas vezes incapacitante.... Muito importante investigar, examinar e afastar doenças como a Endometriose que sempre evolui quando não é tratada comprometendo também a fertilidade do casal. Na nossa clínica fazemos a investigação e tratamento da Dismenorréia sempre promovendo melhora da qualidade de vida da paciente.

Gustavo Comodo

Ginecologista

São Paulo

Agendar uma visita

Cólicas menstruais (dismenorréia) podem ser classificadas como Primárias (desde a primeira menstruação a paciente sente as cólicas) ou Secundária (passou a sentir cólicas em um determinado momento da vida). É importante identificarmos essa diferença pois o tratamento e investigação diagnóstica são diferentes em cada caso.

Maria Carolina Caporale Madi

Ginecologista

São Paulo


A dismenorréia também é conhecida por cólica menstrual. Pode ser fisiológica, ou seja, normal, mas em algumas pacientes pode ser um sintoma de outra patologia, como endometriose, miomas. Na presença de cólica devemos proceder uma investigação para identificar se há outras doenças e então individualizar o tratamento para cada paciente.

Talita Franzner Krindges

Ginecologista

Farroupilha


Dismenorreia é a dor pélvica, tipo cólica, no período menstrual. Pode ser primária, quando não existem alterações no útero, e está associada a liberação de substâncias chamadas prostaglandinas que causam contrações na musculatura lisa do útero. A dismenorreia secundária pode estar associada á malformações uterinas, endometriose, adenomiose e infecções. O diagnóstico é clinico, ou seja, pelos sintomas e podem ser solicitados exames complementares como o ultrassom transvaginal. O tratamento pode ser feito com anti-inflamatórios não hormonais, anticoncepcionais hormonais ou com o Sistema intra uterino liberador de levonorgestrel (Mirena).

Dor pelvica em baixo ventre que ocorre durante o ciclo menstrual, que pode ser dividida em intensidade leve, moderada ou intensa e que pode ser primaria, ou seja sem estar associada a algum disturbio ou secundaria a alguma patologia.

Natalia Castro

Ginecologista

São Paulo

Quais profissionais tratam Dismenorréia?


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.