Tromboflebite - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Especialistas em tromboflebite

Encontre um especialista em Tromboflebite na sua cidade:
Luis Gustavo de Toledo

Luis Gustavo de Toledo

Angiologista, Cirurgião vascular

São José dos Campos

Edmar Pereira Olympio

Edmar Pereira Olympio

Angiologista, Cirurgião vascular

Vitória

Fernando Trés Silveira

Fernando Trés Silveira

Angiologista, Cirurgião vascular

Serra

Ronaldo Matos

Ronaldo Matos

Angiologista, Cirurgião vascular

Juazeiro Do Norte

Guilherme d'Utra

Guilherme d'Utra

Angiologista

Rio de Janeiro

Gabriel Augusto

Gabriel Augusto

Cirurgião vascular

Ribeirão Preto

Perguntas sobre Tromboflebite

Nossos especialistas responderam a 13 perguntas sobre Tromboflebite

Dra. Karolina Vêncio Frauzino
Dra. Karolina Vêncio Frauzino
Angiologista, Cirurgião vascular
Brasília
Boa tarde.
Devido a sua história de tromboses de repetição, oriento a procurar com urgência seu angiologista para nova avaliação, pela possibilidade de novo episódio de trombose. A ocorrência…
1 respostas

Xarelto e AAS são medicações diferentes. O primeiro é um anticoagulante e o segundo é um antiagregante plaquetário, portanto um não substitui o outro. Já o Marevan é também um anticoagulante…
1 respostas

Dr. Pietro Sandri
Dr. Pietro Sandri
Angiologista, Cirurgião vascular
Vitória
No seu caso, como já teve dois episódios de trombose e tromboflebite em vigência de anticoagulação plena, sugiro investigação para trombofilia e avaliar com seu Cirurgião Vascular a troca do…
2 respostas

Especialistas falam sobre Tromboflebite

A tromboflebite é a trombose (coagulação do sangue dentro da veia) devido a inflamação da parede da veia (flebite). Isto ocorre quanto à uma estagnação do sangue dentro da veia, e este sangue estagnado e pouco oxigenado inflama a veia (flebite) e coagula (trombose). Esta estagnação do sangue pode ocorrer em casos de varizes muito volumosas (tromboflebite superficial de varizes) ou em casos de imobilização prolongada, doenças da coagulação do sangue e outros fatores que levam à Trombose Venosa Profunda (TVP) que ocorre em vasos profundos das pernas. O quadro clinico é de dor intensa e edema duro. Necessita ir para o pronto socorro devido gravidade e risco de morte por embolia pulmonar.

Maira Souza

Angiologista, Cirurgião vascular

Aracaju

Agendar uma visita

A tromboflebite é uma inflamação da veia seguida da formação de um coágulo ou trombo no seu interior. A principal característica é o endurecimento no local da veia, doloroso, com sinais de inflamação: vermelhidão local e inchação. É uma das complicações das varizes, que pode ser espontânea ou após traumatismo local. O diagnóstico é clínico, mas pode ser necessário o USG com Doppler. O tratamento depende da extensão e gravidade do quadro. Em alguns casos é cirúrgico, sob anestesia local, para a remoção do coágulo e às vezes da própria veia comprometida.

Teodorico Neto

Angiologista, Cirurgião vascular

Olinda

Agendar uma visita

A tromboflebite consiste na formação de um trombo ("coágulo") dentro de uma veia superficial, podendo ser varicosa ou não. Pode ocorrer inclusive na veia safena. Os sintomas são: dor, calor local, vermelhidão e inchaço. Pode formar um "cordão"endurecido no trajeto da veia acometida. É necessário um diagnóstico preciso pois dependendo da veia acometida pode levar à formação de uma trombose venosa profunda. O tratamento também vai depender do vaso acometido e da extensão, podendo ir desde o uso de anti-inflamatórios e calor local até o uso de anticoagulantes.

Sofia Oliveira Nasser

Cirurgião vascular

São Paulo


Tromboflebite é a trombose que ocorre nas veias superficiais, ocasionando muita dor e vermelhidão no local. O tratamento consiste em melhorar os sintomas, uma vez que o risco de embolia pulmonar nesses casos é quase zero.

Ludmila Bertti Coelho

Angiologista, Cirurgião vascular

Brasília

Quais profissionais tratam Tromboflebite?


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.