Varizes nas pernas - Informações, especialistas e perguntas frequentes

O que são as varizes?

A veia varicosa é uma veia dilatada permanentemente. Embora possam aparecer em qualquer parte do corpo, geralmente são mais comuns nas extremidades inferiores. As pernas ou coxas têm veias mais ou menos espessas sob a pele, naturalmente apertadas e sinuosas, muitas vezes interligadas. Elas são muito comuns, especialmente em mulheres com 30 anos. Embora geralmente não perigoso, causam desconforto nas pernas e problemas estéticos.

Como você desenvolve as varizes?

O sangue das pernas volta ao coração por veias profundas e superficiais. Veias têm válvulas para impedir o fluxo de sangue para trás para os pés, ajudando a fluir contra a gravidade e para o interior do abdômen. Quando estas válvulas se deterioram por várias razões, o sangue das pernas não flui corretamente no abdômen e dentro das veias. A pressão aumentau, as veias se dilatam e a tensão faz com que apareçam varizes sob a pele das pernas e coxas.

As válvulas das veias dos membros inferiores são prejudicadas por:

  • O envelhecimento
  • Pessoa de pé o dia todo
  • Episódios de trombose venosa profunda ou tromboflebite
  • A dificuldade de retorno do sangue venoso ao coração causado pela gravidez.

Quem está em risco de desenvolver varizes?

  • Pessoas com história familiar de varizes
  • Pessoas que trabalham em pé
  • Mulheres grávidas
  • Pacientes que tenham tido uma trombose venosa nas pernas.

Quais os sintomas das varizes?

  • Cólicas, inchaço e cansaço nas pernas, pés e especialmente no final do dia. Geralmente esses sintomas são piores no calor do verão. Eles também podem piorar à noite na cama, causando ansiedade e inquietação.
  • Aparecimento progressivo de cordões de veias dilatadas, azuis, torcidas e deformadas sob a pele.
  • Eles são mais comuns do lado de dentro da perna e coxa.
  • As pernas vêm a inchar e a pele do tornozelo torna-se muito fina e frágil e marrom (como papelão).
  • Ocasionalmente, uma veia varicosa pode romper nessas áreas de pele fina e causar sangramento muito pesado.
  • Você também pode ulcerar a pele, geralmente no interior dos tornozelos. São úlceras que cicatrizam com dificuldade e requerem atenção médica para prevenir a infecção e progressão.
  • Trombose de  superfície pode ocorrer em coágulo de sangue dentro da veia. A veia é dura e a pele fica vermelha e dolorida. Estes trombose superficial é muito menos grave do que as complicações profundas e sérias embora causem desconforto por 7-15 dias.

Como você previne as varizes?

Para evitar o desenvolvimento de varizes, ou impedir o progresso, recomendamos:

  • Evite passar muito tempo parado.
  • Exercícios para ativar a circulação da perna.
  • Use meia de compressão elástica, especialmente se você trabalha em pé ou durante a gravidez.
  • Evitar a obesidade.

Quando deve tratar varizes?

Varizes não requerem outro tratamento a não ser impedir a progressão através das medidas recomendadas acima. Necessitam de cuidados e tratamento, nos seguintes horários:

  • Dor intensa
  • Tromboflebite de repetição
  • Ulcerações
  • Ruptura de varizes e sangramento
  • O desconforto estético

Como cuidar das varizes?

A variedade de medicação por via oral com um efeito muito leve no alívio dos sintomas (peso e cansaço nas pernas). Eles fazem as varizes desaparecem.

Veias varicosas muito pequena (vasinhos) pode desaparecer pela injeção de substâncias esclerosantes neles (esclerose de varizes).

Se as varizes são grossas ou há quaisquer complicações como ulceração ou trombose repetidamente, a melhor solução é a cirurgia.

O que é a cirurgia para varizes?

É necessário remover dilatações varicosas e  veias superficiais doentes dos membros inferiores. Geralmente remove a veia safena (que vai do tornozelo até a virilha), e através de pequenas incisões, as outras veias dilatadas que possam existir. Anestesia geralmente é regional (peridural ou raquidiana). Regime pode ser realizado em cirurgia de ambulatório ou internamento de curta duração (24-48 horas).

A extremidade inferior deve permanecer com um curativo compressivo elástico até que os pontos são retirados no dia 10/07. Durante este tempo você pode andar, mas você deve evitar em pé por longos períodos.

Qual é o resultado da cirurgia?

A dilatação de varizes e os sintomas geralmente parecem melhorar, mas às vezes ainda há algum grau de peso e cansaço. A perna mostra pequenas cicatrizes onde uma veia varicosa é removido. As complicações são raras. Pode desenvolver hematomas na virilha ou na perna, o que se resolve espontaneamente. Raramente há sintomas pela anestesia das regiões da pele ou sensação de formigamento, especialmente no tornozelo. Metade dos pacientes tem a necessidade de compressão elástica durante os dois meses após a intervenção, e é aconselhável usá-la continuamente.

Especialistas em varizes nas pernas

Encontre um especialista em Varizes nas pernas na sua cidade:
Marcel Hollweg Pisani

Marcel Hollweg Pisani

Cirurgião cardiovascular, Cirurgião vascular

Bento Gonçalves

Rafael I. Brandão

Rafael I. Brandão

Angiologista, Cirurgião vascular

Ponta Grossa

André Genta Diniz

André Genta Diniz

Cirurgião vascular

Londrina

Vinicius Oliveira Gomes

Vinicius Oliveira Gomes

Cirurgião vascular

Goianésia

Ronaldo Daudt

Ronaldo Daudt

Angiologista, Cirurgião vascular, Radiologista

Londrina

Alexandre Nonato Nazare Castro

Alexandre Nonato Nazare Castro

Angiologista

Divinópolis

Perguntas sobre Varizes nas pernas

Nossos especialistas responderam a 136 perguntas sobre Varizes nas pernas

Especialistas falam sobre Varizes nas pernas

Tratamento de varizes melhora edema, dor e aparencia das lesoes.

Cristiane Maran

Angiologista, Cirurgião vascular

Salvador


O Tratamento com Espuma para as Varizes é realizado no próprio consultório médico e o paciente sai andando sem necessitar de repouso. O pacote para o tratamento inclui várias sessões e um acompanhamento por dois meses.

Rodrigo Macedo

Angiologista, Cirurgião vascular

Curitiba


Varizes sao normalmente sinais da insuficiencia venosa cronica. Uma avaliação prévia (clinica e por metodos de imagem) é sempre necessária para definir causas e investigar problemas associados como a trombose (TVP) prévia. As formas de tratamento envolvem, desde condutas esteticas (aplicaçao em vasinhos c/ esclerose com glicose e espuma densa ou laser transdermico) até o bloqueio ou retirada de vasos maiores como a safena e/ou seus ramos mais grossos (varizes) por meio de Laser, radiofrequencia ou cirurgia tradicional.

Airton Mota Moreira

Cirurgião vascular, Radiologista

São Paulo

Agendar uma visita

Mais frequente nas mulheres, as varizes são veias superficiais anormais, tortuosas, dilatadas, que se tornam visíveis.  Além de muito desconforto estético, pode causar dor, peso, cansaço, inchaço e, em casos mais graves inflamação, feridas na perna e trombose. A principal causa é genética, mas existem fatores que agravam como: anticoncepcional, obesidade, tabagismo, gravidez, sedentarismo. Durante os últimos anos eu tenho me dedicado ao estudo e pratica de diferentes técnicas para o tratamento das varizes, especialmente as técnicas minimamente invasivas como: o laser, a espuma, o Endolaser e radiofrequência para safenas e as cirurgias com anestesia local.

Livia Lyra

Angiologista, Cirurgião vascular

Belo Horizonte


Varizes são veias dilatadas e deformadas, que surgem em cerca de 20% da população adulta, sendo 70% mulheres e 30% homens. As mulheres são mais atingidas pelas varizes devido ao hormônio estrogênio, que colabora com a dilatação da veia, além de estarem envolvidas em outros fatores que contribuem para a formação da doença, como a gestação, menstruação e menopausa. Oferecemos na clinica , um tratamento baseado em evidencias cientificas e clinicas . Contamos com profissionais habilitados com registro no Conselho de Medicina e com Titulo de Certificação na especialidade . Nosso Foco é um tratamento de excelência na doença venosa

Paulo Daenekas De Melo Jorge

Angiologista, Cirurgião vascular

São Paulo

Agendar uma visita

As varizes são veias anômalas, dilatadas e podem ter tratamento com aplicações convencionais, crioescleroterapia, tratamento com espuma, laser , radiofrequencia e cirurgia. O melhor tratamento é individualizado e conversado com o médico.

Luiz Mauricio Soares Do Nascimento

Angiologista, Cirurgião vascular

Rio de Janeiro


As varizes são veias dos membros inferiores que se apresentam dilatadas, tortuosas e alongadas. Por conta disto, estas veias se tornam visíveis e deixam de conduzir o sangue de forma adequada; muitas vezes causando desconforto. A principal causa para as varizes dos membros inferiores é genética hereditária, ou seja, a pessoa apresenta tendência para desenvolver as varizes, herdada de um familiar próximo que também apresenta esta predisposição. Alguns fatores ambientais, além de hábitos do dia a dia podem acelerar ou até mesmo iniciar o aparecimento de varizes. Dentre outros, podemos citar: excesso de peso, sedentarismo e o uso de contraceptivos hormonais ou reposição hormonal.

Rodrigo Bono Fukushima

Angiologista, Cirurgião vascular

São Paulo

Agendar uma visita

Varizes são veias tortuosas e dilatadas que podem levar a dor, queimação, sensação de peso nas pernas, inchaço e, em casos, mais graves feridas. A principal causa das varizes é a herança familiar, ou seja, se sua mãe ou pai, por exemplo, tinham varizes. Mas pode ser agravada por hábitos de vida como não realizar atividade física e passar muito tempo em pé ou sentada. O tratamento das varizes varia desde de escleroterapia (aplicação) até cirurgias. A escolha do tratamento vai depender do objetivo do paciente e tipo de varizes.

Catarina Almeida

Angiologista, Cirurgião vascular

Recife

Agendar uma visita

O cirurgião vascular é o especialista no tratamento de varizes, seja através de cirurgia ou através do tratamento nao cirúrgico (escleroterapia com espuma, líquida ou a laser). somente ele saberá com segurança qual a melhor técnica a ser empregada em cada caso. quando nao tratada as varizes podem desencadear, ao longo da vida, sérios problemas de saúde, como tromboflebites, tromboses venosas e até embolia pulmonar. além disso, a doença venosa crônica pode, como passar do tempo, levar ao escurecimento da pele, eczemas e hemorragias (sangramentos espontaneos) na perna acometida. O laser trata as varizes por cauterização. a escleroterapia líquida ou espuma, por inflamaçao dos vasos.

Fabrício Savegnago

Cirurgião vascular

Campo Grande

Agendar uma visita

São o aumento da dilatação das veias dos membros inferiores, causadas pela dificuldade de retorno do sangue ao coração. Este refluxo venoso pode fazer com que as varizes fiquem alongadas, tortuosas ou saculares. O que normalmente sente uma pessoa portadora de varizes de membros inferiores? As queixas mais comuns são: Sensação de peso nos membros inferiores (pernas); Dor; Edema (inchaço); Câimbra Prurido (coceira); Alterações tróficas de pele (complicação na fase mais avançada da doença).

Kennedy Pacheco

Angiologista, Cirurgião vascular

Rio de Janeiro


O tratamento das varizes dos mmii, inicia com um diagnostico clinico preciso e com o auxilio da ecografia duplex doppler que auxilia no planejamento do tratamento. dependendo da indicação temos diversos modos de tratamento como a cirurgia convencional que ainda é o metodo (padrao ouro ) e a indicação de outros metodos (radiofrequencia, laser, espuma) vai depender de uma analise criteriosa.

José Fernando Macedo

Angiologista, Cirurgião vascular

Curitiba


Atualmente a grande maioria do tratamento destas desordens não exigem pressa e podem ser iniciados no consultório através de medicamentos e orientações sobre hábitos de vida e formas de prevenir o seu aumento. Abordando de forma estética, existem várias formas para que a cirurgia seja realizada somente em último caso. Sendo assim, podemos lançar mão de tratamentos minimamente invasivos como a escleroterapia convencional e com espuma; escleroterapia com laser transdérmico; safenectomia por fleboextração mecânica, oclusão de safena por método químico com espuma ou por método térmico por meio de endolaser, entre outros. Ao final, o importante é a satisfação do paciente com os resultados.

Rodrigo Gurgel De Andrade

Angiologista, Cirurgião vascular

Rio de Janeiro

Agendar uma visita

As varizes das pernas são veias doentes, que apresentam um defeito em suas válvulas, impossibilitando o seu funcionamento adequado e tornando-a dilatada e aparente sob a pele das pernas. Este quadro tem como principal causa a hereditariedade e a atividade ocupacional. Apresenta como principais sintomas a dor em peso e queimação das pernas, associado a edema (inchasso das pernas). Possui diversas formas de tratamento, necessitando de uma avaliação por angiologista capacitado, para uma melhor individualização do tratamento. Existem várias técnicas disponíveis para tratamento das diversas apresentações da doença venosa crônica, dentre elas a escleroterapia, cirurgia convencional e a laser.

Dr. Thiago Marcos Maia

Angiologista, Cirurgião vascular

Belo Horizonte

Agendar uma visita

A doença venosa mais comum são as varizes e os vasos. O tratamento das varizes tem o objetivo de prevenir o surgimento de complicações, tratar os sinais e sintomas e, dentro das possibilidade, melhorar o aspecto estético do membro. Nas últimas décadas os recursos para seu tratamento evoluiram muito. Desde 2004 venho usando laser para tratamento de varizes e de vasos, proporcionando conforto e resultados estéticos superiores aos métodos convencionais.

Fabio S. Dinamarco

Angiologista, Cirurgião vascular

São Paulo


Queixas mais comuns para a consulta e avaliação vascular profissional: Patologias venosas: 1. Dor, peso ou inchaço nos membros inferiores 2. Varizes de membros inferiores 3. Desconforto estético nas pernas 4. Dificuldade em entender as etapas do tratamentos de varizes e esclarecimento sobre trombose venosa Outras patologias vasculares: 1.Hipertensão arterial ou doença cardiaca coronariana 2. Diabetes ou colesterol elevado. 3. Tabagista ou ex-tabagista. 4. Avaliação de doênça arterial obstrutiva, aneurismática e patologias linfáticas

Benjamin Sacchetto Moss

Angiologista, Cirurgião vascular

Nova Lima

Agendar uma visita

Varizes são veias dilatadas, alongadas e tortuosas que apresentam perda da função. Os sinais e sintomas típicos são: (a) queixas de aparência;(b) dor, peso e/ou cansaço nas pernas;(c) inchaço ( edema );(d) coceira;(e) manchas (hiperpigmentação);(f) sangramento;(g) tromboflebites;(h) surgimento de feridas (úlceras). O Eco-Doppler é o exame inicial mais solicitado para estudo da doença venosa. Dependendo do estágio da doença, existem várias opções de tratamento, incluindo: (a) medicações orais ou tópicas; (b) meias elásticas; (c) escleroterapia; (d) tratamento com laser; (e) tratamento com aplicação de espuma de polidocanol; (f) cirurgia.

Daniel Leal

Angiologista, Cirurgião vascular

Rio de Janeiro


É uma doença circulatória muito frequente e se caracteriza pela dilatação permanente e irreversível das veias superficiais. A causa mais comum das varizes dos membros inferiores é a hereditariedade (herança genética). Podem ser totalmente assintomáticas (não provocar sintoma algum) ou podem provocar sensação de peso nas pernas, inchaço, dor e em casos mais graves, feridas (úlceras).

Denisson Macedo

Angiologista, Cirurgião vascular

Petrolina

Agendar uma visita

Varizes são veias que perderam a função, tornando-se progressivamente dilatadas e tortuosas. Estão relacionadas a hereditariedade, sexo feminino, gestação, uso de hormônio (estrógenos), idade, obesidade e ortostatismo prolongado. A medida que se desenvolve, a paciente perde em Qualidade de Vida. O tratamento tem como objetivo o Bem Estar e a Estética. As principais formas de tratamento são Escleroterapia liquida e por espuma, Laser Transdérmico e a Cirugia, seja pela simples retirada das varizes reticulares até o uso do Endolaser. O tratamento deve ser Individualizado, tendo o melhor resultado o uso de combinação de técnicas.

Jaison Luiz Argenta

Angiologista, Cirurgião vascular

Brasília


As varizes de membros inferiores são causadas por veias dilatadas e toruosas que não conseguem mais fazer o retorno venoso de forma adequada, promovendo acumulo de sangue nas pernas, dor, cansaço, inchaço e o aparecimento de vasinhos. Existem várias formas de tratamento, dentre eles a aplicação com agulha, o laser, a microcirurgia e a cirurgia a laser.

Ludmila Bertti Coelho

Angiologista, Cirurgião vascular

Brasília


Aumento das veias dificultando a circulação do sangue, com inchaço, dor em peso e/ou cansaço nas pernas, mais ao fim do dia e/ou depois de ficar muito tempo em pé ou sentado com as pernas para baixo, que podem romper ou entupir e causar sangramentos e/ou tromboses. São veias doentes que se dilataram e perderam a função de transportar o sangue em direção ao sistema venoso profundo.

Alexandre De Arruda Martins

Angiologista, Cirurgião vascular

São Paulo

Agendar uma visita

Quais profissionais tratam Varizes nas pernas?


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.