Insuficiência venosa - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Especialistas em insuficiência venosa

Encontre um especialista em Insuficiência Venosa na sua cidade:
Marcelo Luiz Brandão

Marcelo Luiz Brandão

Angiologista, Cirurgião vascular

Goiânia

Gustavo Bomfim Dos Santos

Gustavo Bomfim Dos Santos

Cirurgião vascular

Campinas

Marcio Hayashi

Marcio Hayashi

Cirurgião vascular

São Paulo

André Genta Diniz

André Genta Diniz

Cirurgião vascular

Londrina

Alexandre Nonato Nazare Castro

Alexandre Nonato Nazare Castro

Angiologista

Divinópolis

Antonio Carlos Passos Martins

Antonio Carlos Passos Martins

Cirurgião vascular

São Paulo

Perguntas sobre Insuficiência venosa

Nossos especialistas responderam a 12 perguntas sobre Insuficiência venosa

Dr. Paulo Roberto Mendes de Souza
Dr. Paulo Roberto Mendes de Souza
Angiologista, Cirurgião vascular
Itaboraí
Uma coisa não tem nada a ver com outra.
3 respostas

Dra. Bárbara Ruivo
Dra. Bárbara Ruivo
Angiologista, Cirurgião vascular
São Paulo
Primeiramente procure um clinico geral ou cardiologista para avaliação
3 respostas

Dra. Bárbara Ruivo
Dra. Bárbara Ruivo
Angiologista, Cirurgião vascular
São Paulo
A dor de insuficiência venosa é mais comummente do tipo sensação de peso que piora ao longo do dia e melhora com exercícios. Procure um cirurgião vascular para investigar.
3 respostas

Especialistas falam sobre Insuficiência Venosa

A insuficiência venosa é uma desordem crônica que acomete as pernas, geralmente ocorre por uma herança hereditária ou predisposição genética associada a hábitos de vida como permanecer por longos períodos em pé ou sentado, o uso de hormônios anticoncepcionais podem também contribuir par ao surgimento das varizes. As consequências podem ser desde microvarizes, passando a varizes maiores, edema, sensação de peso, pernas manchadas entre outras. Não existe cura para essa desordem porém existem diversas coisas que podemos fazer para amenizar o sintomas, tais como a prática de atividades físicas, perda de peso, uso de meias elásticas e quando indicado o uso de medicações e tratamento das varizes.

Leonardo Stambowsky

Angiologista, Cirurgião vascular

Rio de Janeiro

Agendar uma visita

A insuficiência venosa crônica é um conjunto de sinais e sintomas caracterizado por dores nas pernas, peso, cansaço, inchaço e qualquer desconforto provocado por dilatação nas veias. Na insuficiência venosa podemos encontrar dilatação em capilares formando os famosos "vasinhos", dilatação em veias mais superficiais junto à pele formando rede de microvarizes e dilatação de veias um pouco mais profundas no subcutâneo, especialmente a veia safena e seus ramos, formando varizes mais calibrosas. O mais importante é ter conhecimento que se trata de uma doença complexa e onde existe uma interligação de vasos e deve ser tratada como um todo e não em partes para se obter os melhores resultados.

Charles Esteves Pereira

Angiologista, Cirurgião vascular

Goiânia


Acomete boa parte da população. Os principais sintomas são sensação de peso e cansaço nas pernas. Inchaço ao redor do tornozelo ao final do dia e caimbras noturnas são comuns. Em estágios avançados há alterações de pele na perna, como vermelhidão, escurecimento, endurecimento e por fim ulcerações. Suas principais causas são varizes e passado de trombose venosa profunda. O desuso da musculatura da panturrilha (sedentarismo, trabalhar sentado por longos períodos etc) é causa muito frequente. Dizemos que "a panturrilha é o coração da perna", pois a contração desta promove o retorno venoso. Caminhar e perder peso são essenciais. Medicações, meias elásticas e intervenções podem ser necessárias.

Breno França Vieira

Angiologista, Cirurgião vascular

Niterói

Agendar uma visita

Insuficiência venosa (veja a descrição de Varizes) ocorre por insuficiência das veias em levar o sangue dos tecidos para o coração o que resulta numa estagnação do sangue e consequente alagamento ou encharcamento dos tecidos. A insuficiência Venosa Crônica dos membros inferiores se manifesta por inchaço crônico das pernas e pés que piora no decorrer do dia (piora em pé parado ou sentado e melhora quando eleva as pernas), dor não localizada em peso e queimação (dói toda a perna), inflamação dos vazinhos (pintinhas vermelhas ou castanhas como uma meia) e escurecimento da pele (mancha escura em tornozelos), pode evoluir para fibrose (endurecimento da pele) e úlcera (ferida) da pele.

Maira Souza

Angiologista, Cirurgião vascular

Aracaju

Agendar uma visita

Especialista em Angiologia & Cirurgia Vascular, com experiência de atuação em confecção de acessos para hemodiálise e quimioterapia, tratamentos de doenças arteriais como oclusões, estenoses e aneurismas pelo método endovascular e convencional, além de procedimentos venosos como escleroterapia (Aplicações de vasinhos), cirurgias convencionais e guiadas por ultrassom. Atuamos também na área de diagnóstico vascular não invasivo - Ultrassom vascular com doppler.

Juliana Lopes Alfaia

Angiologista, Cirurgião vascular

Fortaleza


A Insuficiência Venosa Crônica é uma doença multifatorial, geralmente de origem genética hereditária. As apresentações clínica variam de teleangiectasias (vasinhos), varizes, edema (inchaço) e ulcerações na pele a depender da gravidade do quadro.

Ana Bittencourt Detanico

Angiologista, Cirurgião vascular

Goiânia

Agendar uma visita

Doenca muito prevalente. Uma das doencas causadoras da insuficiencia venosa, sao as varizes que, em estagios intermediarios, causam falhas na circulacao levando ao inchaco, mudanca de cor da perna e ferimentos. Mas a insuficiencia pode ser consequencia de outras enfermidades.

Janiel Ponte Vieira

Angiologista, Cirurgião vascular

Fortaleza


As varizes, quando não tratadas, evoluem para um quadro chamado de insuficiência venosa crônica, onde são encontradas alterações como edema (inchaço), dermatite ocre (pele escurecida), úlceras venosas (feridas), dentre outras.

Jovita Veras

Angiologista, Cirurgião vascular

Fortaleza


A insuficiência Venosa é uma condição que abrange vários problemas da circulação das veias e que provoca dor, cansaço, edema e outros sintomas nas pernas. Pode haver a presença de varizes ou não, caracterizando um mau funcionamento da circulação. A insuficiência venosa crônica é classificada pela tabela CEAP, onde CEAP 0 = Não tem sinais visíveis mas apresenta sintomas CEAP 1= Apresenta telangiectasias CEAP 2= Apresenta varizes dos membros inferiores CEAP 3= Varizes e inchação(edema) CEAP 4= Varizes, inchação e alterações na coloração da pele CEAP 5= Quando o paciente já apresentou úlcera, mas está cicatrizada CEAP 6= É a classificação mais grave, com úlcera aberta.

Teodorico Neto

Angiologista, Cirurgião vascular

Olinda


As veias auxiliam no retorno do sangue ao coração, existem vários fatores que podem alterar a sua função (genéticos, obesidade, longos períodos de pé ou sentado, gestação), sendo assim quando as veias não funcionam adequadamente, elas podem se dilatar, já que o sangue fica mais tempo estagnado na perna, o que causa aumento de pressão e sobrecarga nas mesmas, ocasionando varizes, inchaço, dores nas pernas, e em casos mais severos pode gerar úlceras varicosas, que são feridas na pele.

A insuficiência venosa crônica ocorre quando o sangue não consegue retornar das veias para o coração. As veias apresentam válvulas que impedem o refluxo sanguíneo, porém, quando dilatadas, essas válvulas se tornam incapazes de realizar suas funções. Com isso, formam -se as varizes, provocando edema nas pernas.

Marcelo Stacanelli

Angiologista, Cirurgião vascular

São Paulo

Agendar uma visita

Quais profissionais tratam Insuficiência venosa?


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.