Varizes - Informações, especialistas e perguntas frequentes

O que é?

Varizes, ou veias varicosas, são veias dilatadas que se desenvolvem embaixo da pele. Com o volume aumentado, tornam-se tortuosas e alongadas com o passar do tempo. Dependendo da fase em que se encontram, podem ser consideradas pequenas, médias ou de grande calibre. As veias mais atingidas por esse problemas ficam nos pés, pernas e coxas com a possibilidade de apresentar coloração vermelhada ou arroxeada. Algumas levam a problemas mais graves, mas a maioria causa apenas preocupações estéticas a seus portadores.

Qual é a causa?

Hereditariedade, envelhecimento e obesidade são as principais causas apontadas para formação de varizes. Nas mulheres, onde o problema é mais comum, a gravidez e a menopausa também são apontadas como fator desencadeador das varizes. Alguns outros fatores são apontados como contribuidores para o aparecimento das varizes: traumatismo nas pernas, temperatura (exposição ao calor por tempo prolongado), tabagismo e uso de pílulas anticoncepcionais. As varizes são formadas por desgaste no sistema circulatório. O coração envia o sangue, através das artérias, para todo o corpo. Cabe às veias mandar o sangue de volta ao coração para manter o sistema funcionando. Essa função é executada pelas válvulas venosas, que direcionam o sangue para cima. Quando funcionam normalmente, essas válvulas se abrem para o sangue descer. Quando ele segue em direção ao coração, elas se fecham para evitar o refluxo. Com o passar do tempo, essas válvulas podem apresentar problemas em algumas pessoas levando as veias a perder elasticidade. Com isso, as válvulas se dilatam e não se fecham mais de forma eficiente. Por isso, o sangue passa a refluir e fica parado nas veias. Isso provoca mais dilatação e refluxo levando à formação das varizes.

Quais os sintomas?

Na grande maioria das vezes, a maior queixa das pessoas é em relação à estética. As manchas roxas ou avermelhadas formadas as incomodam. Porém, alguns outros sintomas são relatados: - queimação nas pernas e planta dos pés- inchaço, especialmente nos tornozelos - coceira-sensação de cansaço nas pernas- sensação de peso nas pernas - pernas inquietas (que não param de se mover)- câimbras

Como fazer o diagnóstico?

Um exame físico é suficiente para diagnosticar as varizes. Para fazer uma avaliação do refluxo venoso, pode ser realizado um exame chamado ecodopller venoso.

Qual o tratamento?

Há várias maneiras de tratamento das varizes. A escleroterapia química é um deles. É mais utilizada para as varizes de pequeno calibre. Ela consiste na aplicação de injeções com substâncias esclerosantes. Essas substâncias entopem as veias com problemas e mandam o sangue para as veias que funcionam perfeitamente. Como as varizes podem trazer complicações futuras como a formação de edemas, dermatites, pigmentações, endurecimento da pele, úlceras varicosas e tromboflebites (inflamação na parede da veia com formação de coágulo), a cirurgia é a outra opção. Normalmente a cirurgia de varizes é realizada sem internação hospitalar. Uma terceira opção seria a utilização de aparelhos de raio laser. Porém, a técnica ainda está em desenvolvimento e não substitui a escleroterapia.

Especialistas em varizes

Encontre um especialista em Varizes na sua cidade:
Marcos Godoy

Marcos Godoy

Angiologista, Cirurgião vascular

Santos

Rafael I. Brandão

Rafael I. Brandão

Angiologista, Cirurgião vascular

Ponta Grossa

Vinicius Oliveira Gomes

Vinicius Oliveira Gomes

Cirurgião vascular

Goianésia

Ronaldo Daudt

Ronaldo Daudt

Angiologista, Cirurgião vascular, Radiologista

Londrina

Leonardo Pereira Alves

Leonardo Pereira Alves

Cirurgião vascular

Campo Grande

Thiago Raphael Sousa Alencar Borges

Thiago Raphael Sousa Alencar Borges

Cirurgião vascular

Anápolis

Perguntas sobre Varizes

Nossos especialistas responderam a 245 perguntas sobre Varizes

Dr. Marcelo Camardelli Cordeiro
Dr. Marcelo Camardelli Cordeiro
Angiologista, Cirurgião vascular
Salvador
Bom dia!
No seu caso seria melhor o seu retorno à seu médico assistente!
É necessário avaliar suas queixas pessoalmente!
3 respostas

Dr. Marcelo Camardelli Cordeiro
Dr. Marcelo Camardelli Cordeiro
Angiologista, Cirurgião vascular
Salvador
Bom dia!
Geralmente o atestado varia de 07 a 15 dias, isso depende do tipo de cirurgia de varizes realizada e do julgamento de seu médico!
O paciente terá que trabalhar usando sua…
6 respostas

Dra. Nathalia Cardoso
Dra. Nathalia Cardoso
Cirurgião vascular
São Paulo
olá! o esforço físico após cirurgia recente de varizes podem resultar em surgimento de hematomas e dores por conta do processo de cicatrização que ainda está ocorrendo nesses primeiros dias.…
1 respostas

Especialistas falam sobre Varizes

Varizes são veias dilatadas e deformadas, de coloração púrpuro-azulada, que surgem ao longo das pernas e podem causar dor e inchaço. Sua ocorrência é mais comum em pessoas que necessitam ficar em pé por longos períodos. Varizes superficiais podem ser facilmente reconhecidas observando-se a pessoa em pé. O tratamento mais comum é a remoção cirúrgica das veias comprometidas. O cirurgião faz diversas incisões, retira as veias afetadas e protege a(s) perna(s) com bandagens. O procedimento cirúrgico é rápido, o tempo de hospitalização é curto e a recuperação em casa pode durar algumas semanas. TRATAMENTOS: -Escleroterapia para varizes -Esclerose com espuma para varizes -Cirurgia de Varizes -Laser

Leonardo Ragazzi Sodre

Angiologista, Cirurgião vascular

Campinas

Agendar uma visita

Varizes e vasinhos nas pernas incomodam muitas pessoas e hoje em dia temos tecnologia para eliminar todos os tipos de varizes com métodos menos invasivos e mais eficazes. É importante a primeira consulta com o especialista com exame físico e realidade aumentada para evidenciar qual o seu tipo de varizes e qual a melhor forma de tratamento para você. Após a consulta geralmente é solicitado o Ultrassom com Doppler das veias das pernas para definir se existem varizes profundas e orientar o tratamento adequado para cada caso. No retorno o paciente é orientado sobre qual é seu tipo de varizes e quais são as opções de tratamento e são retiradas todas as dúvidas.

Paulo Laredo Pinto

Cirurgião vascular

Manaus

Agendar uma visita

Varizes é o termo utilizado para definir as veias que, por diversos motivos, se tornam dilatadas e com perda de sua função valvar. Elas são associadas ao aumento da pressão venosa nas pernas. Geralmente consideramos varizes as veias que se apresentam tortuosas, com paredes finas e com diâmetro acima de 3mm. Fatores principais: Hereditariedade Sexo feminino (proporção de 1 homem para 4 mulheres) Idade (quanto mais velho maior a incidência de varizes) Obesidade Gravidez Sedentarismo Constipação Ficar muito em pé Mitos: subir escadas, saltos, cera quente, musculação, caminhada, etc.

Rodrigo Bruno Biagioni

Cirurgião vascular, Radiologista

São Paulo


As varizes são veias dilatadas e tortuosas, são mais prevalentes em mulheres, podendo representar um simples problema estético ou tornar-se incapacitante com complicações e seqüelas graves. Não existe cura para varizes, existe tratamento e prevenção. Pessoas que tem varizes devem prevení-las acima de tudo e retirá-las na medida que aparecem, caso contrário, a longo prazo elas podem se tornar um problema mais que estético.

Karla Nocrato Loiola Vaiciunas

Angiologista, Cirurgião vascular

Porto Velho

Agendar uma visita

Varizes são veias dilatadas, muitas vezes tortuosas, que podemos enxergar logo abaixo da superfície da pele. As varizes são uma condição comum e geralmente causam poucos sinais ou sintomas. Em alguns casos, as veias varicosas podem causar complicações tais como a dor leve a moderada, inflamações, formação de coágulos em seu trajeto até úlceras na pele. O tratamento é planejado pelo especialista e individualizado para cada alteração e paciente.

Andre Pinotti

Angiologista, Cirurgião vascular

Campinas


Varizes são veias dilatadas e tortuosas com alteração na sua parede e função. O local mais frequente de aparecimento são os membros inferiores e as principais queixas são: dor, sensação de peso e cansaço que pioram ao longo do dia, inchaço nas pernas, câimbras, entre outras. O tratamento adequado depende de um diagnóstico preciso com especialista, uma vez que existem várias possibilidades de tratamento (cirurgia, laser, aplicação, espuma, etc).

Fernando Trés Silveira

Angiologista, Cirurgião vascular

Serra


Varizes são veias que se tornam dilatadas e tortuosas devido a doença que acomete suas paredes. Cursam com sintomas vários, como peso, cansaço, dormência, caimbras noturnas e inchaços. Podendo chegar em casos graves a até tromboses e úlceras de perna. Os tratamento hoje são dos mais variados, sendo os que mais fazemos atualmente são as técnicas minimamente invasivas como, endolaser, laser transdérmico, injeção espuma ecoguiada e escleroterapia convencional.

Rodolpho Alves Dos Reis

Angiologista, Cirurgião vascular

Brasília

Agendar uma visita

As varizes são veias superficiais dilatadas, tortuosas e alongadas, que caracterizam uma alteração funcional no sistema circulatório. Quando as válvulas que ajudam o sangue a fluir em direção ao coração não funcionam corretamente, o sangue retorna e empoça nas veias, provocando inchaço, deformação e alterações na sensibilidade da pele. Além de serem prejudiciais à estética, as varizes podem causar dor e sensação de peso nas pernas. O tratamento adequado deve ser indicado pelo médico vascular, uma vez que leva em consideração os hábitos e condições de cada paciente.

Pedro Henrique Miguel Nunes

Angiologista, Cirurgião vascular

Goiânia


São veias dilatadas, tortuosas e que não funcionam corretamente (insuficientes). Embora seja mais comum as varizes afetarem as pernas e pés, qualquer veia pode tornar-se varicosa! Isso ocorre porque ficar em pé parado ou sentado por longos períodos aumenta a pressão nas veias da parte inferior do corpo. Os sintomas relacionados às varizes variam desde manifestações puramente estéticas até alterações severas na pele, acompanhadas de dor, desconforto e inchaços. Com o passar do tempo os sintomas normalmente pioram, e os sinais se tornam mais visíveis. O tratamento consiste desde modificações de hábitos de vida até procedimentos para fechar ou remover as veias.

As varizes são veias superficiais anormais, dilatadas, cilíndricas ou saculares, tortuosas e alongadas, caracterizando uma alteração funcional da circulação venosa do organismo, com maior incidência no sexo feminino. As principais queixas clínicas dos pacientes são: dor tipo “queimação” ou “cansaço”, cãibras, coceira, sensação das pernas estarem pesadas ou ardendo, edema (inchaço) das pernas, principalmente ao redor do tornozelo, que, frequentemente, melhoram com a elevação dos membros inferiores e agravam-se no fim do dia, quando se permanece por longo tempo em pé ou sentado, no calor, nos períodos próximo ou durante a menstruação e também durante a gravidez.

Guilherme Jonas Da Silva Ribeiro

Angiologista, Cirurgião vascular

Belo Horizonte

Agendar uma visita

Espuma Densa: tratamento onde um medicamento em forma de espuma é aplicado nas veias com auxílio do ultrassom. A espuma desloca o sangue da veia doente e atua como uma cola secando a veia. O tratamento com Espuma Densa exige muita experiência e atenção para obtermos os melhores resultados. Indicado para pessoas com varizes complicadas, pessoas idosas, pessoas que não querem ou não podem operar de varizes e trambém em casos estéticos selecionados.

Charles Esteves Pereira

Angiologista, Cirurgião vascular

Goiânia


Principal causa de insuficiência venosa. Doença muito frequente, que pode provocar queda da qualidade de vida e desconforto estético. Consiste na dilatação das veias com perda da função de suas válvulas. Tem fortíssima relação familiar e seu quadro pode ser agravado por obesidade, sedentarismo, gestação e uso de anticoncepcionais. O tratamento clínico envolve perda de peso, uso de medicações e meias elásticas. As varizes mais finas e superficiais pode ser tratadas por escleroterapia (aplicação) e Laser transdérmico. Para as mais calibrosas e profundas pode ser necessário o tratamento cirúrgico ou com espuma densa. O quanto antes tratar, melhor, pois a progressão da doença é contínua.

Breno França Vieira

Angiologista, Cirurgião vascular

Niterói

Agendar uma visita

Varizes ocorrem quando há uma fraqueza na parede da veia que faz com que fique flácida e a veia começa a ficar dilatada e insuficiente. A função da veia é de drenagem, ou seja, drena o sangue dos tecidos de volta ao coração fechando assim o ciclo circulatório. Por ser o humano um animal bípede existe uma coluna de sangue grande do pé ao coração e, devido o peso da coluna de sangue, uma maior pressão venosa nas veias das pernas o que faz com que estas fiquem dilatadas e formem as varizes. Sendo veias calibrosas podem até formar "lagos" de sangue estagnado na região, evoluindo com dor em peso e queimação, inchaço, inflamação da veia (flebite), inflamação da pele, manchas e úlcera na perna.

Maira Souza

Angiologista, Cirurgião vascular

Aracaju

Agendar uma visita

Cirurgia de Varizes a Laser:O procedimento se destaca entre os pacientes por ser minimamente invasivo e consiste na introdução de fibra ótica conduzida ao interior da veia varicosa para causar o fechamento do vaso. O método é rápido, com menos chances de causar hematomas e de menor grau de complicação. Cirurgia de Varizes por Espuma: Também conhecido por Escleroterapia de Espuma consiste na aplicação feita via seringa e agulha com medicamento semelhante a uma espuma. Ao ser injetada na veia, a substância provoca uma fibrose elevando ao fechamento e inutilização da mesma. Escleroterapia de Vasinhos:Consiste na aplicação intravenosa de medicamento esclerosante para obstruir o fluxo de sangue.

Clayton De Paula

Cirurgião vascular

Osasco


Varizes são veias dilatadas e tortuosas. Elas podem ser fininhas, e não causar problemas de saúde, apenas alteração estética - tratadas com aplicação para secagem; ou serem maiores e grandonas - ocasionando diversos problemas, como dor, inchaço, escurecimento da pele e até ocasionando feridas. Estas veias maiores já merecem mais atenção, muitas vezes, inclusive tratamento cirúrgico. A presença de veias varicosas é um fator de risco a mais para tromboses. O uso das meias elásticas é uma maneira de controlar a evolução e os sintomas.

Alex Lederman

Angiologista, Cirurgião vascular

São Paulo

Agendar uma visita

Varizes são veias dilatadas e tortuosas associadas a dor, peso e cansaço nas pernas. Pode ocorrer inchaço, alterações de coloração (escurecimento) e úlceras em fases mais avançadas. O diagnóstico é feito através da avaliação com um cirurgião vascular e exames complementares. O tratamento, dependente da sintomatologia e fase de evolução da doença, pode ser feito com medidas comportamentais, medicações intervenções cirúrgicas. Dentre as intervenções cirúrgicas existem diversas técnicas minimamente invasivas que oferecem uma excelente recuperação pós operatória, principalmente quando as veias safenas apresentam refluxo. Agende uma avaliação e tire suas dúvidas.

Vinícius Majdalani

Angiologista, Cirurgião vascular

Lauro de Freitas

Agendar uma visita

Varizes são veias dilatadas e tortuosas, de coloração púrpura azulada, que surgem ao longo das pernas e podem causar dor e inchaço e geralmente são diagnosticadas pelo próprio paciente. Podem aparecer sintomas como inchaço, coçeira, sensação de peso, formigamento e cãimbras. O tratamento envolve meias de compressão elástica, exercícios físicos, perda de peso e procedimentos como cirurgia, ablação, laser endovenoso, radiofrequência, escleroterapia (glicose, espuma densa)

Marcelo Mereu Moreno

Cirurgião vascular

São Paulo


Varizes são veias tortuosas e dilatadas que surgem ao longo das pernas podendo levar a uma série de sinais e sintomas: Dor, peso, cansaço, queimação, formigamento, edema (inchaço), manchas. Pessoas que ficam por longos períodos em pé, obesos, mulheres em uso de anticoncepcionais, terapia de reposição hormonal e gestantes estão no grupo de maior risco para o desenvolvimento das varizes e piora dos sintomas. O tratamento inclui: Mudança de hábitos (perda de peso, pratica de exercícios físicos regulares), meia de compressão elástica, medicamentos (flebotônicos) e em alguns casos cirurgia de varizes. O cirurgião vascular é o especialista habilitado para o diagnóstico e tratamento das varizes.

Luiz Felipe Gannam De Almeida

Angiologista, Cirurgião vascular

São Paulo


Varizes são veias permanentemente dilatadas e tortuosas, com alterações definitivas de suas propriedades funcionais e anatômicas, o que leva a quadros que podem variar desde um leve desconforto até edema e úlceras nas pernas. Existem diversos tratamentos disponíveis para as varizes de membros inferiores. O tratamento ideal para cada caso deve ser indicado após avaliação clínica adequada. Dentre as modalidades de tratamento para varizes, destacam-se - Tratamento Clínico - Escleroterapia - Cirurgia Convencional de Varizes - Cirurgia de Varizes a Laser ou Radiofrequência

Rafael Noronha Cavalcante

Cirurgião vascular

São Paulo

Agendar uma visita

Varizes são veias dilatadas, tortuosas e alongadas que aparecem nas pernas. As principais causas das varizes são: Herança familiar – a fraqueza nas veias e válvulas venosas é genética. Múltiplas gestações - as mudanças nos hormônios na gestação causam enfraquecimento das veias e válvulas venosas. Excesso de peso.Lesões traumáticas nas pernas – podem danificar as válvulas venosas. Trombose venosa profunda – coágulos nas veias da perna podem causar varizes.

Martin Geiger

Angiologista, Cirurgião vascular

Campinas

Agendar uma visita

1. AVALIAÇÃO CLÍNICA: Conversa sobre os motivos, antecedentes familiares e tratamentos realizados. 2. EXAME FÍSICO: É feito uma avaliação clinica criteriosa criteriosa no laboratório de exames. 3. EXAME ECODOPPLER VASCULAR: Avaliação por imagem associada à análise do fluxo sanguineo dentros dos vasos. 4.AVALIAÇÃO DE OUTRAS PATOLOGIAS: Busca de eventuais patologias vasculares diferentes das varizes, para garantir o diagnóstico clínico mais completo possível. 5. ORIENTAÇÃO: Orientação sobre o real motivo do tratamento, se indicado. Outras avaliações de queixas de outras doenças vasculares.h 6.EXPLICAÇÃO DO TRATAMENTO: Explicação da vantagem do tratamento nas fases iniciais (-Agressivo).

Benjamin Sacchetto Moss

Angiologista, Cirurgião vascular

Nova Lima

Agendar uma visita

Varizes são veias dilatadas, tortuosas e azuladas, que aparecem principalmente nas pernas. Acometem cerca de 30% da população, sendo que a prevalência em mulheres é 3 vezes maior que em homens. Essa maior prevalência no sexo feminino é justificada pelas flutuações hormonais que ocorrem durante o ciclo menstrual e gestação, as quais podem gerar alterações no sistema venoso. O tratamento depende do tipo e quantidade de veias acometidas. Tipos de tratamento: - Tratamento clínico - Tratamento cirúrgico com LASER ou Radiofrequência - Tratamento com espuma

Bruno Donegá Constantin

Cirurgião vascular

São Paulo

Agendar uma visita

Varizes é uma doença com alta prevalência na população mundial. Sua principal manifestação é a presença de veias dilatadas nas pernas. Porém muitos outros sintomas podem estar presentes, como cansaço nas pernas, dores, edema (inchaço), cãibras, entre outros. A doença varicosa tem tratamento, seja ele para fins estéticos (com as famosas aplicações - escleroterapia) ou mesmo para tratamento funcional/sintomático (tratamento cirúrgico a laser ou espuma). O principal objetivo do tratamento de varizes é trazer a satisfação ao paciente, seja ela estética ou para alívio da dor, e evitar a progressão da doença venosa.

Bruno Nanni Alexandrino

Angiologista, Cirurgião vascular

Curitiba

Agendar uma visita

Varizes são veias dilatadas e tortuosas que não exercem mais de forma eficiente sua função. Tal condição pode ocasionar diversas complicações como inflamações, manchas e úlceras. São classificadas em telangiectasias, veias reticulares e veias varicosas. Para cada tipo existe um tratamento específico, sendo muitas vezes necessário o uso de mais de uma técnica para o mesmo paciente. O tratamento para secar varizes é chamado de escleroterapia, que pode ser na forma líquida, com espuma e à laser. Quando há indicação de tratamento cirúrgico, dispomos de técnicas como o endolaser e a radiofrequência que oferecem excelentes resultados cirúrgicos e estéticos.

Cláudio Santoro

Cirurgião vascular

Rio de Janeiro


As Varizes dos Membros inferiores é a principal causa de procura dos pacientes no consultório de cirurgia vascular. A doença pode acometer qualquer pessoa, mas é mais comum nas mulheres a partir da idade adulta e cada paciente pode apresentar manifestações diferentes da patologia, que vão desde casos assintomáticos, com apenas o desconforto estético, até casos de grandes varizes com dor, queimor, peso nas pernas até a evolução para lesões de pele como manchas e ferimentos crônicos. Atualmente, para cada caso individualizado há tipos de tratamento específicos, como uso de medicamentos, meias de compressão, escleroterapia líquida e com espuma densa e procedimentos cirúrgicos.

Aline Tavares De Lucena Benício

Cirurgião vascular

Recife


Os pacientes atendidos em minha clínica realizam toda a avaliação vascular na primeira consulta, que pode levar em torno de 1 hora. Nesta primeira avaliação o paciente é submetido à exame físico completo e, de acordo com suas queixas, pode realizar todo o check up vascular com pletismografia, análise com realidade aumentada e Doppler vascular com o especialista. Assim, já na primeira consulta, definimos a melhor estratégia de tratamento. Sempre que possível, as técnicas minimamanete invasivas (laser, radiofrequência, microcirurgia, escleroterapia eco-guiada), sem cortes ou pontos, e que permitem uma recuperação bastante precoce dos clientes, são as preferidas.

Anna Weinhardt

Angiologista, Cirurgião vascular

São Paulo


Nos últimos anos , presenciamos uma grande evolução no tratamento das varizes e telangiectasias (vasinhos) dos membros inferiores . Tratamentos não invasivos e altamente eficazes como a escleroterapia a laser e com espuma densa vieram para ampliar o arsenal do médico na batalha contra as varizes . Muitos procedimentos podem ser realizados no consultório , evitando internamentos e anestesias , com liberação imediata do pacientes para suas atividades habituais. Vale ressaltar que “ cada caso é um caso “. Estamos falando de um tratamento médico , que depende de fatores individuais para serem indicados ou não . Em caso de dúvida , converse com seu especialista.

Suzanna Sanches

Angiologista, Cirurgião vascular

Salvador


As varizes fazem parte de um problema de saúde no qual as veias ficam dilatadas e doloridas, podendo em alguns casos levar a inchaço nas pernas, escurecimento da pele e até a presença de feridas na perna em casos avançados. As varizes são bastante comuns em toda a população mundial e seu tratamento depende de um diagnostico médico correto, pois atualmente existem várias opções modernas e eficazes para cuidarmos desse problema.

Bárbara Ruivo

Angiologista, Cirurgião vascular

São Paulo


Varizes são veias dilatadas e tortuosas que dificultam o adequado retorno venoso dos membros inferiores.

Ana Bittencourt Detanico

Angiologista, Cirurgião vascular

Goiânia

Agendar uma visita

A função das veias é trazer o sangue de volta ao coração após ele ter cumprido suas ações nos tecidos. Nos membros inferiores 20 % da drenagem venosa é realizada pelas veias superficiais e 80% pelas veias profundas. As varizes em sua forma mais simples, ocorrem nas veias superficiais, sendo em geral dilatadas, tortuosas e alongadas. Dentre os fatores de risco para a doença temos idade, histórico familiar positivo, sexo feminino, obesidade e múltiplas gestações. O tratamento pode incluir medicações, meias elásticas compressivas, procedimentos realizados no consultório como aplicação de agentes que "secam" as varizes até cirurgias maiores em hospitais.

Telangectasias ou "vasinhos":Tratados em consultório, através da escleroterapia (conhecida como aplicação), consistindo na injeção de substâncias com uma agulha de calibre muito fino no interior dos vasinhos, para tratá-los. Quase indolor, geralmente bem tolerada e com resultados bastante satisfatórios. Varizes: São veias dilatadas e tortuosas, podendo ser tratadas em consultório, através de procedimentos pouco invasivos, como escleroterapia com espuma ou microcirurgia com anestesia local, ou em hospital, quando mais proeminentes. Há também outras opções, como tratamento a laser. Para indicar a melhor opção de tratamento, é necessário o exame clínico detalhado no consultório.

Ivan Marcelo Martins

Cirurgião vascular

São Paulo

Agendar uma visita

Tratamento das varizes com vários métodos clínicos (medicamentoso, químico, físico) e cirúrgicos.

Ana Paula Augusto Da Cruz Ballerini

Angiologista, Cirurgião vascular

São Paulo

Agendar uma visita

As varizes, além do problema estético, pode causar dor, sensação de peso, cansaço nas pernas e inchaço nos pés e pernas. Nos casos mais avançados aparecem manchas amarronzadas nos tornozelos, inflamação da pele e em alguns casos ferimentos, as chamadas úlceras venosas. Na consulta além do exame clínico completo é feito uma ultrassonagrafia com doppler para avaliar as veias safenas e o sistema venoso profundo. O tratamento baseia-se em uso de meias elásticas, uso de medicações que ajudam a circulação e o tratamento das varizes em si, que pode ser feito através da escleroterapia líquida ou com espuma, laser ou cirurgia convencional.

Carmelo Leão

Angiologista, Cirurgião vascular

Fortaleza

Agendar uma visita

As varizes acometem principalmente as mulheres. Os sintomas mais comuns são: mal estar, sensação de peso, queimação nos membros inferiores, edema (inchaço) além de queixas estéticas. Os sintomas podem causar diminuição de rendimento de trabalho, prostração, cansaço, restrição ao uso de determinado tipos de roupas (saias, vestidos, bermudas). A investigação é clínica e complementada com ultrassom doppler. O tratamento pode ser variado e adaptado a cada paciente e conforme a gravidade da doença, entre eles: escleroterapia (aplicação), escleroterapia com espuma densa, cirurgia de varizes, cirurgia de varizes com laser entre diversos outros métodos. Marque uma consulta para avaliação.

Victor Zarate

Angiologista, Cirurgião vascular

Fortaleza

Agendar uma visita

Varizes são veias doentes que se tornam visíveis ou dilatadas e estão relacionadas a vários fatores, principalmente a hereditariedade. Elas provocam dor, cansaço e inchaço nas pernas, além do desconforto estético. As varizes podem ser classificadas de pequeno, médio e grosso calibre, existindo ainda os vasinhos ou microvarizes. O tratamento é importante porque a má circulação pode resultar em complicações desagradáveis como manchas na pele, inflamações, úlceras e sangramentos, além da trombose. O tratamento depende de cada caso: cirurgia, escleroterapia ou medicação e meias elásticas.

Teodorico Neto

Angiologista, Cirurgião vascular

Olinda

Agendar uma visita

Varizes são veias doentes, dilatadas e tortuosas que tem sua função prejudicada pela insuficiência de suas válvulas, levando a hipertensão venosa: aparecimento de vasinho e mais varizes, peso nas pernas, dor, queimação, inchaço, e nas fases avançadas, escurecimento da pele, rachaduras, feridas. Os tratamentos para as varizes varia de acordo com o tamanho delas, profundidade e sua gravidade. Secar os vasinho com aplicações, espuma, laser, radiofrquencia, cirurgia convencional, tirar ou não a safena... cada caso é um caso! Vamos conversar sobre a sua saúde, sobre o que te incomoda e escolher o melhor tratamento para você.

As varizes são o principal motivo pelo qual os pacientes procuram o cirurgião vascular, algumas vezes por estética e outras por dor e inchaço nas pernas. O tratamento das varizes é importante principalmente para evitar as complicações como úlceras, flebite e alterações de pele como eczemas. Hoje em dia possuímos um arsenal terapêutico grande para o tratamento: escleroterapia ("secagem dos vasinhos") convencional, com espuma ou com laser, cirurgia convencional ou com laser ou até mesmo tratamento clínico com venotônicos e meias elásticas. Porém, o tratamento deve ser individualizado para cada paciente, baseado no seu quadro clínico, comorbidades, exame físico e ultrassom doppler.

Sofia Oliveira Nasser

Cirurgião vascular

São Paulo


Varizes são veias dilatadas, alongadas e tortuosas com perda de sua função. Acomete cerca de 48% da população brasileira. Os principais fatores de risco são: hereditariedade, sexo feminino, idade. obesidade, uso de anticoncepcionais, número de gestações e profissão (sobretudo aquela associadas a muito de pé ou sentado). Os sinais e sintomas típicos são: queixas estéticas; dor, peso e/ou cansaço nas pernas; inchaço; coceira; manchas; sangramento; tromboflebites e úlceras. O Eco-Doppler é o exame inicial para investigação e para determinar o melhor tratamento. O tratamento inclui: uso de meias elásticas; uso de medicações, escleroterapia líquida, escleroterapia com espuma e cirurgia.

Daniel Leal

Angiologista, Cirurgião vascular

Rio de Janeiro


As varizes que comumente afetam nossas pernas são muito conhecidas e normalmente dispensam qualquer apresentação. Entretanto, elas são apenas uma parte, uma etapa de uma doença muito mais complexa intitulada Insuficiência Venosa Crônica (IVC). Uma das mais frequentes doenças que acometem a população tanto mundial como Brasileira. As varizes geralmente são facilmente identificáveis ao simples exame visual. Na maioria dos casos o próprio doente faz seu diagnóstico. Ao médico cabe confirmar este diagnóstico, graduar a doença (algo que influenciará na decisão sobre o tratamento) e indicar os exames complementares pertinentes que ajudarão a desvendar a origem do problema que guiarão as decisões.

Eduardo Antonio Carpentieri

Angiologista, Cirurgião vascular

São Paulo

Agendar uma visita

As varizes são veias calibrosas e tortuosas que ficam visíveis. Isto é um sinal de que elas não estão mais cumprindo com sua função inicial e acabam por gerar dor, desconforto, queimação, peso nas pernas e outros sintomas.

Felipe Carvalhinho Vieira

Angiologista, Cirurgião vascular

Iconha

Agendar uma visita

Varizes são veias que se tornam dilatadas, insuficientes e tortuosas, por enfraquecimento das suas paredes e perda da funcionalidade de suas válvulas. São fatores de risco para o desenvolvimento de varizes: Sexo feminino Predisposição familiar Idade (+idosos) Obesidade Número de gestações O angiologista e o cirurgião vascular são os médicos mais indicados para diagnóstico e tratamento de varizes!

Varizes dos membros inferiores é uma patologia muito frequente em nosso meio, acometendo tanto homens quanto mulheres sendo mais frequentes nelas. Tem caráter hereditário e pode se manifestar de diferentes formas e intensidade, desde vasinhos discretos até varizes calibrosas e complicações como inchaço das pernas e úlceras de difícil tratamento. É importante o tratamento precoce para prevenir a sua evolução para quadros mais graves.

Flávio Rodrigues Monteiro Prado

Angiologista, Cirurgião vascular

Belo Horizonte

Agendar uma visita

As varizes podem causar alterações de pele como manchas escurecidas. Se não tratadas, podem ter os sintomas agravados e, em alguns casos, provocar o surgimento de feridas. Os sintomas mais comuns são dor e sensação de peso, cansaço, aumento de temperatura e coceira ao final do dia. Alguns pacientes, em quadros mais severos, apresentam inchaço intenso, alterações de pele e sangramentos. A inflamação das veias, chamadas de flebite, pode causar quadro de muita dor e desconforto.

Marcelo Stacanelli

Angiologista, Cirurgião vascular

São Paulo

Agendar uma visita

As varizes são veias superficiais, anormais, dilatadas, tortuosas e alongadas. Acontecem com mais frequência em mulheres, e está, principalmente, associada à ação hormonal, fatores genéticos e obesidade. As principais queixas dos pacientes são: dor em “queimação” ou em “peso” e inchaço das pernas, que melhoram com a elevação do membro e pioram após um longo período em pé ou sentado, no calor ou próximo à menstruação. As veias doentes não colaboram com circulação, sua retirada melhora a drenagem, amenizando os sintomas. É importante ressaltar que não há relação entre varizes e uso de salto alto ou depilação. Já o exercício físico, desde que não exagerado, pode ser realizado, evitando varizes.

As varizes dos membros inferiores são aquelas veias grossas que podemos ver e palpar. Já os "vasinhos" são aqueles vasos de calibre muito reduzidos e multicoloridos. Ambos fazem parte de uma doença com múltiplos sinais e sintomas que se chama Insuficiência venosa crônica. As varizes dos membros inferiores são normalmente de origem genética ( família ) , porém podem ter outras causas ( ex: trombose venosa profunda ). É muito comum na primeira consulta a paciente se queixar da presença dos vasinhos, porém cabe ao cirurgião vascular a completa avaliação por meio da anamnese, exame físico e ultra-som doppler para se saber a extensão da doença.

Bruno Nobre Varotto

Angiologista, Cirurgião vascular

São Caetano do Sul


As varizes são veias superficiais anormais, dilatadas, cilíndricas ou saculares, tortuosas e alongadas, caracterizando uma alteração funcional da circulação venosa do organismo, com maior incidência no sexo feminino. As principais queixas clínicas dos pacientes são: dor tipo "queimação" ou "cansaço", sensação das pernas estarem pesadas ou ardendo, edema (inchaço) das pernas, principalmente ao redor do tornozelo, que, freqüentemente, melhoram com a elevação dos membros inferiores e agravam-se no fim do dia, quando se permanece por longo tempo em pé ou sentado, no calor, nos períodos próximo ou durante a menstruação e também durante a gravidez.

Leonardo Carletto Borges

Angiologista, Cirurgião vascular

Natal

Agendar uma visita

As varizes são veias dilatadas e tortuosas na superfície da pele que surgem principalmente nas pernas e nos pés. Nem sempre causam inchaço e dor, depende muito da gravidade. Essa condição é muito comum em pessoas que passam muito tempo em pé ou sentadas. A hereditariedade genética é a causa principal do aparecimento de varizes. As varizes quando não são tratadas podem agravar e gerar úlceras e feridas.

Caio Knihs

Angiologista, Cirurgião vascular

Criciúma

Agendar uma visita

Varizes dos Membros Inferiores Diversas técnicas foram desenvolvidas nos últimos anos no tratamento da doença varicosa. Destacam-se a ablação por Endolaser (Diodo Laser que permite a “cauterização” das varizes por dentro do vaso), a fototermólise transcutânea com Nd-Yag Laser, equipamento desenvolvido basicamente no tratamento dos “vasinhos”, a Radiofrequência transcutânea, que permite o tratamento dos “vasinhos” mesmo em pele morena, além de técnicas como a Escleroterapia Ampliada e a técnica de Espuma Densa. Todos estes métodos trouxeram alternativas e soluções para resolução das varizes.

William Fonseca

Cirurgião vascular

Guaratinguetá

Agendar uma visita

Quais profissionais tratam Varizes?


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.