Angústia existencial - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Não descuide da sua saúde

Escolha a consulta online para iniciar ou continuar o seu tratamento sem sair de casa. Se precisar, você também pode marcar uma consulta no consultório.

Mostrar especialistas Como funciona?

Especialistas - angústia existencial

Dayse Rodrigues de Oliveira

Dayse Rodrigues de Oliveira

Psicólogo

São Paulo

Valdir Rosolem

Valdir Rosolem

Psicólogo

Curitiba

Gilberto Diniz Santos

Gilberto Diniz Santos

Psicólogo

São Paulo

Jéssica da Silva Cunha

Jéssica da Silva Cunha

Psicólogo

Rio de Janeiro

Ciro Sampaio

Ciro Sampaio

Psicólogo

Natal

Renata Camargo

Renata Camargo

Psicólogo

Camaquã

Perguntas sobre Angústia existencial

Nossos especialistas responderam a 1 perguntas sobre Angústia existencial

Olá colega,
Pela sua descrição você está com alguns conflitos emocionais.Em psicoterapia, trabalhamos seus pensamentos e consequentemente você melhora suas emoções, muda sua percepção…
26 respostas

Especialistas falam sobre Angústia existencial

Esclarecendo mitos: "Fazer psicoterapia é sinal de fraqueza ou necessidade de dependência?". Eu sempre entendi a psicoterapia pelo contrário disso: é um ato que requer muita coragem e independência. Coragem porque é preciso muito arrojo e determinação para enfrentar seus problemas de frente e assumi-los frente outra pessoa. Também é sinal de fortaleza porque pode ser muito difícil e doloroso iniciar um trabalho de psicoterapia e ter que olhar para assuntos difíceis de sua vida. O mais fácil é fingir que eles não existem. Ignorar que temos nossas fraquezas e dependências é o maior sinal que não conseguimos superar isso, é onde o orgulho impede o crescimento e a verdadeira autonomia.

Daniel Kazahaya

Psicólogo

Osasco


Não saber quem somos ou qual o propósito de estarmos no mundo, causa muito sofrimento. Na angústia existencial a pessoa tem essas dúvidas e o excesso de questionamento provoca uma incerteza de que caminho seguir, ou o que fazer. Na terapia podemos ajudar o paciente a encontrar consigo mesmo e desta forma saber qual o propósito da sua existência.

A angústia é um afeto que em si mesma não se caracteriza como uma doença, mas em níveis elevados pode levar o individuo a adoecer gravemente. Geralmente descritas como sensações de aperto no peito, na garganta, palpitações e sensação de morte eminente. As crises de angústia podem evoluir para a sindrome do pânico ou depressões. As últimas ligadas ao grande sofrimento vivenciado pelos pacientes e pelas limitações impostas a estes. Na proposta da psicanálise, a fala é via de tratamento, batizada por cura pela fala ou limpeza de chaminé, por uma paciente de Freud. A ideia é que se adoece pelas palavras que nos afetam. Daí o analista por seus pacientes a falar para que eles se curem.

Rosane Pereira Da Silva Lobato

Psicólogo, Psicanalista

Niterói

Agendar uma visita

Quais profissionais tratam Angústia existencial?

Pesquisas relacionadas


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.