Alterações do humor - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Especialistas em alterações do humor

Encontre um especialista em Alterações do humor na sua cidade:
Carla Hieger

Carla Hieger

Psicólogo

Cachoeirinha

Carlos Eduardo Fernandes

Carlos Eduardo Fernandes

Psicólogo, Psicanalista

São Paulo

Renata Camargo

Renata Camargo

Psicólogo

Camaquã

Luis Falivene Roberto Alves

Luis Falivene Roberto Alves

Psiquiatra

Campinas

Ana Larissa Marques Perissini

Ana Larissa Marques Perissini

Psicólogo, Sexólogo

São José do Rio Preto

Tiago Lenz De Brum

Tiago Lenz De Brum

Psiquiatra

Concórdia

Perguntas sobre Alterações do humor

Nossos especialistas responderam a 15 perguntas sobre Alterações do humor

Dr. Marcelo Rosembergas Vilas Boas
Dr. Marcelo Rosembergas Vilas Boas
Psiquiatra
Porto Alegre
O exame de litemia isolada não tem maior significado. É importante avaliares com teu médico as tuas condições clínicas e a indicação do uso do lítio. Em casos de transtorno de humor bipolar (indicação…
6 respostas

De jeito nenhum. Parece tentador dizer que os duais são melhores porque atuam com mais intensidade em dois neurotransmissores, mas na prática nem sempre é assim, não existindo uma relação de…
6 respostas

Bom dia!
É uma indicação de que você passe por uma avaliação especializada, com psiquiatra ou psicólogo, que só durante a consulta poderão abordar todos os seus sintomas e te dizer com…
11 respostas

Especialistas falam sobre Alterações do humor

Pessoas que se sentem injustiçadas ou que de alguma forma não tem seu desejo atendido, podem reagir de forma agressiva ou impulsiva. Quando a criança zangada está associada ao sentimento de rejeição ou de abandono, o sujeito pode ter grande dificuldade em lidar com estes sentimentos, até na forma de expressá-los. Pode ser observado como tem enfrentado as situações, o sujeito pode tanto rejeitar a outra pessoa justamente pelo medo de ser rejeitada, então antes que passe por isso, considera mais justo rejeitar do que ser rejeitado. Assim como, pode acabar se submetendo as vontades do outro se permitindo em excesso as vontades alheias, pelo medo de perdê-lo.

Cleunice Paez Borges

Psicólogo

São Paulo


As alterações de humor devem ser investigadas e contextualizadas para melhor adequação e eficácia do tratamento, pois elas podem apresentar causas diversas. De acordo com esta primeira avaliação, o paciente poderá ser encaminhado a um psíquiatra ou iniciar um processo terapêutico, ou ainda ambos. O tratamento psicoterapeutico tem por objetivo auxiliar o paciente a compreender e lidar com os seus sintomas, podendo levar o indivíduo a alcançar a remissão dos mesmos.

O humor oscila normalmente, noticias ruins nos deixam tristes, e isso é uma resposta saudável do cérebro. A alteração de humor se torna um problema, quando a pessoa perde o prazer, por um longo período de tempo, em atividades anteriormente prazerosas. O contrário também pode ser um problema, quando a pessoa não se sente mal em eventos normalmente negativos, como a perda de um ente querido, ou fim de relacionamento, isso pode indicar um quadro de mania. A irritabilidade por um longo período de tempo, também pode indicar um quadro depressivo. Com isso podemos perceber, que somente uma avaliação médica ou psicológica, pode identificar o problema para assim buscar uma solução adequada.

Michely Freitas

Psicanalista, Psicólogo

Rio de Janeiro


O humor rebaixado devido o acúmulo de imagens e crenças negativas armazenadas no hemisfério direito do cérebro é um dos problemas atuais. Na terapia EMDR, através da estimulação bilateral há remoção desse conteúdo ou seu abrandamento possibilitando o reprocessamento dessas perturbações oriundas de traumas, conflitos, estresses, etc. Com isso, o cérebro retorna ao seu padrão saudável de funcionamento. EMDR funciona bem em todos casos que trabalhei inerentes a minha especialidade e aprovado pela OMS.

Roberly Vaz

Psicólogo

Goiânia


Emoções muito intensas, frequentes, ou duradouras que tragam sofrimento e prejuízo ao paciente, como por exemplo: tristeza, ansiedade, raiva, medo, euforia etc. Seu tratamento melhora a qualidade de vida e traz serenidade.

Luiz Márcio Alves De Ávila

Psiquiatra

Florianópolis


Alteração de humor que necessita ser tratada é aquela que diminui a qualidade de vida por uma duração fora do comum. Por exemplo, ficar deprimido por um tempo significativo ou estar eufórico podendo não reconhecer riscos.

Danielle Vieira De Aragão Bevilaqua

Psicanalista, Psicólogo

São Bernardo do Campo

Agendar uma visita

Pessoas que se sentem injustiçadas ou que de alguma forma não tem seu desejo atendido, podem reagir de forma agressiva ou impulsiva. Quando a criança zangada está associada ao sentimento de rejeição ou de abandono, o sujeito pode ter grande dificuldade em lidar com estes sentimentos, até na forma de expressá-los. Pode ser observado como tem enfrentado as situações, o sujeito pode tanto rejeitar a outra pessoa justamente pelo medo de ser rejeitada, então antes que passe por isso, considera mais justo rejeitar do que ser rejeitado. Assim como, pode acabar se submetendo as vontades do outro se permitindo em excesso as vontades alheias, pelo medo de perdê-lo.

Marlene Carvalho Caterina

Psicólogo

São José dos Campos

Agendar uma visita

As pessoas podem apresentar alterações no humor em situações de conflito que estão vivendo ou de forma crônica. É perfeitamente normal apresentarmos mal humor ás vezes ou até mesmo empolgação excessiva em dado momento. O que chama a atenção é quando isso se torna costumeiro-viver de mal humor indica que algo não vai bem em nossas vidas. Alterações repentinas que se repetem também podem indicar desequilíbrio. O que importa é procurar ajuda profissional quando achamos que algo está fora do normal.

Ao longo do dia nosso humor altera, e isso é normal. Situações que merecem atenção são quando essa alteração é significativa e traz prejuízo emocional e funcional. Ou seja, quando ficamos com muita raiva por que a/o namorad@ demorou para responder a mensagem do Whatsapp. Isso pode gerar uma nuvem de pensamentos disfuncionais como: ele/ela está me traindo. Ela/ele não me dá atenção que eu mereço. Ele/ela não quer mais nada comigo. Para a TCC as alterações de humor são a base do processo de psicoterapia. A partir delas que é possível entender o padrão de funcionamento cognitivo, emocional e comportamental dos pacientes. E tentar ressignificar as crenças disfuncionais.

Antes de fechar um diagnóstico procuro informações junto ao paciente sobre o incômodo, tais como: quando percebeu alterações, a frequência, em quais situações são mais frequentes, percepção de quando é desencadeado o transtorno e qual o tipo de transtorno de humor, visto que há mais de um tipo. A partir de todas as investigações, as intervenções são feitas. O sigilo psicoterapeuta/paciente é respeitado em todos os atendimentos.

Marcia Kelen Moscatelli

Psicólogo, Psicopedagogo

Sorocaba


Utilização da Terapia Cognitiva com o intuito de modificar pensamentos disfuncionais e crenças desadaptativas.

Edith Vieira Carneiro Andrade

Psicólogo

Nova Iguaçu


A alteração de humor é definida por uma tristeza profunda, que seria a depressão ou uma euforia, alegria exagerada, que seria a mania, ou uma alternância dos dois estados. Nesses casos podemos perceber que a tristeza ou a euforia são patológicas, ou seja, são consideradas como doenças psíquicas. É comum passarmos por situações tristes e felizes, mas quando elas passam a causar algum transtorno na vida da pessoa, é necessário tratar. O tratamento psicológico é imprescindível para tratar esses sintomas, pois o paciente irá compreender o que o levou a estes e vai começar a viver de outra forma. Em alguns casos o tratamento medicamentoso com psiquiatra também será necessário.

Christiana Koch

Psicanalista

Rio de Janeiro


Transtornos psiquiátricos podem ser acompanhados de alguns transtornos nutricionais. Muitas vezes déficits de vitaminas e minerais podem agravar quadros de depressão, transtorno bipolar e esquizofrenia. O acompanhamento nutrológico nesse caso, objetiva detectar déficits e orientar hábitos salutares de vida.

Frederico Lobo

Nutrólogo

Goiânia


No que se refere a alteração de humor, é preciso entender que afetos e humores são diferentes aspectos da emoção. E cada emoção que vivenciamos nos predispõe para uma ação imediata. Ela pode ser um regulador do comportamento para aproximação ou afastamento do evento ou fenômeno que se apresenta. Os afetos, geralmente, são expressões de curta duração, refletindo contingências emocionais momentâneas. Já os humores transmitem emoções mais prolongadas, de natureza mais constante e dessa forma são vividos por um tempo suficiente para serem sentidos internamente. Segundo Damásio (1996) a emoção é como alterações corporais desencadeadas por estímulos externos, internos.

Julius De France

Psicólogo

Blumenau


A alteração de humor pode estar associada as questões inconsciente e os reflexos de sua história familiar. No entanto, é necessário trabalhar suas questões em análise para que o paciente conheça como ele funciona e como deseja fazere para lidar com suas questões, para não interferir em sua vida.

A depressão apresenta causas multifatoriais, tendo origem em fatores endógenos ( neurobiológicos, genéticos) e fatores exógenos( psicossociais), esses fatores apresentam uma forte relação de interdependência. A depressão é um dos transtorno de humor, podendo se manifestar de diferentes formas: distimia, transtorno de humor bipolar, transtorno de humor bipolar 2, depressão no adolescente e criança, depressão no idoso,. Tratamento farmacológico, tratamento psicoterápico.

Marcos Piovan

Psiquiatra

Belo Horizonte


Alterações do Humor são as mudanças que temos no humor, de tristeza, raiva, alegria, euforia, até uma certa indisposição para fazer as coisas da vida. Essas mudanças nem sempre significam uma doença mental, na verdade na maioria das vezes é normal. Mas quando é muito repentina, intensa e frequente ou desproporcional vale a pena procurar um profissional de saúde mental para avaliar. E também há situações na vida que são difíceis e queremos uma ajuda de um psicólogo, não significa que está doente, mas que queremos encontrar soluções.

Clarice Lopes Gentilli

Psicanalista, Psicólogo

São Paulo


Nas alterações de humor, primeiramente devemos identificar os motivos causantes ou possíveis diagnósticos relacionados a tais oscilações e após entender o quadro escolhemos a melhor forma de tratar.

Todos nós sofremos alguma alteração de humor ao longo do dia. Para que elas sejam consideradas normais, elas devem ser consequência de acontecimentos que afetam nossos momentos ex: (uma notícia ruim, um maltrato, um atraso, etc). Se o seu humor muda com frequência sem motivo aparente, isso pode estar relacionado a um transtorno de humor e você pode estar precisando de ajuda psicológica. Se você tem mudanças de humor e perde o dia por causa de um acontecimento e não consegue se reequilibrar durante horas, também é indicativo de que precisa de ajuda de um profissional da saúde mental. Procure sempre um profissional qualificado para avaliação.

Elenir Paro

Psicanalista, Psicólogo

Fortaleza


Uma pessoa "de fases" ou "de lua". Assim são estigmatizados os portadores de transtorno de humor, uma doença pisquiátrica cíclica, muito prevalente, que causa grandes prejuízos físicos e comportamentais em vários aspectos da vida : social, familiar, conjugal, relacionamentos interpessoais, dentre outros. Obter um diagnóstico preciso e um acompanhamento contínuo são diferenciais para a manuteção da qualidade de vida e estabilidade das pessoas que possuem este transtorno.

Raphael Luna

Psiquiatra

Belém


Várias são as causas de alterações do humor, uma importante acontece quando a pessoa não pode falar de sua dor, sua angústia, seus sonhos e frustrações. Em análise, há um ambiente totalmente seguro e sigiloso para que possa expressar com liberdade e espontaneidade, pensamentos, pontos de vista e razões pessoais.

Eliezer Zulianeli Andrade

Psicanalista

Natal


São aqueles nos quais o sintoma central é a alteração do humor ou do afeto. Afeta diversas áreas da vida do indivíduo (profissional, familiar, social...). Tendem a ser recorrentes e a ocorrência dos episódios individuais pode freqüentemente estar relacionada com situações ou fatos estressantes.

Kassia Arouca Cardoso

Psicanalista, Psicólogo

Rio de Janeiro


Alterações do humor são comuns em vários quadros psiquiátricos: depressivos, bipolares, distímicos (depressão leve crônica), transtornos de personalidade (sobretudo no borderline). O humor deprimido revela-se com sentimentos de tristeza, angústia, choro fácil, perda no prazer pela vida, desejo de morrer. Também pode assumir caráter elevado, como nos quadros de mania, com sensação de euforia, poder, felicidade e bem estar extremos, hiperssexualidade, gastos excessivos e endividamento. A irritabilidade é bastante frequente em ambas as formas de alterações do humor e muitas vezes é a causa da busca pelo psiquiatra. Essas alterações causam muito sofrimento para pacientes e familiares.

Geraldo Moreira

Generalista

Recife


Todos nós passamos por momentos que alteram nosso humor, isso é normal! Porém, sabemos que a variação de humor constante não é saudável, sendo assim, quando essa oscilação é frequente precisamos avaliar a causa e por qual razão isso está se mantendo. Quando alterações do humor passam a gerar sofrimento ao indivíduo e afetar de forma negativa suas relações interpessoais, está na hora de procurar um profissional qualificado para analisar a queixa e identificar se realmente é um comportamento disfuncional.

Fernanda Miranda Lins Vaz

Psicólogo

São Paulo


Conhecido como Transtornos de Humor, são usualmente demarcados pelo humor rebaixado (com ou sem ansiedade associada) ou pela elevação do afeto (elação, excitação, mania), podendo ocorrer, dependendo da intensidade, severos comprometimentos pessoais e interpessoais. Transtornos de Humor, são eles: mania - depressão - transtorno bipolar - transtornos persistentes do humor. Falando de humor, o que define se o humor está sadio ou não é o quanto estamos adequados à situação real.

Através da terapia vamos observar quais são suas queixas com relação a alteração de humor e entender se através de algumas tarefas você pode modificar alguns comportamentos do seu padrão. Algumas vezes, é necessário a intervenção de um psiquiatra e essa decisão se dá por meio de algumas sessões de terapia. Com o tempo vamos perceber se você dá conta de algumas mudanças ou se precisa de ajuda medicamentosa. Esse é um processo construído e observado por nós em conjunto. E se houver a necessidade de um psiquiatra, todo esse processo será acompanhado juntamente por mim e o médico.

Samara Hoffmann Bomm Klock

Psicólogo

Curitiba


Sou especialista em alterações de humor, isto, pessoas que notam: 1-oscilações de humor diferentes das que tinha antes: por exemplo, a pessoa era bem humorada ao longo da vida e tem notado que o estado de humor nos últimos meses tem sido de irritabilidade e agressividade); 2- pessoas que sempre tiveram oscilações de humor ao longo da vida mas que só agora notaram que elas causam problemas (por exemplo, pessoas que tem mudanças de humor rápidas e intensas frente a estressores da vida que causam problemas nas relações interpessoais e nas outras esferas de vida mas que só agora notaram as consequências deste problema).

Diego Tavares

Psiquiatra

São Paulo

Quais profissionais tratam Alterações do humor?


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.