Apneia do sono tipo obstrutiva - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Não descuide da sua saúde

Escolha a consulta online para iniciar ou continuar o seu tratamento sem sair de casa. Se precisar, você também pode marcar uma consulta no consultório.

Mostrar especialistas Como funciona?

Especialistas - apneia do sono tipo obstrutiva

João Henrique Zanotelli dos Santos

João Henrique Zanotelli dos Santos

Cirurgião de cabeça e pescoço, Otorrino

Brasília

Danilo Freitas

Danilo Freitas

Otorrino

São João Do Piauí

Marina Pittondo

Marina Pittondo

Otorrino

São Paulo

Shaadyla Said

Shaadyla Said

Otorrino

Brasília

Leandro Morioka

Leandro Morioka

Otorrino

Jataí

Perguntas sobre Apneia do sono tipo obstrutiva

Nossos especialistas responderam a 22 perguntas sobre Apneia do sono tipo obstrutiva

Não, a síndrome de apneia do sono é uma entidade grave e deve ser tratada com agilidade pois pode causar consequências sérias a longo prazo, e ainda aumenta o risco de doenças cardiovasculares…
3 respostas

Olá tudo bem? Acredito ser difícil de definir pelo que você nos contou, pois para definir apneia do sono existe a necessidade de estar dormindo definitivamente. Pensamos na possibilidade de apneia…
1 respostas

Olá! Sua dúvida é muito pertinente, porque a apneia do sono é uma causa frequente de insônia, sobretudo a de manutenção (secundária) por causa das múltiplas interrupções no sono - fragmentação-…
2 respostas

Especialistas falam sobre Apneia do sono tipo obstrutiva

A apneia obstrutiva do sono é caracterizada por pausas respiratórias durante o sono. Elas acontecem por uma obstrução da via aérea superior em razão de um relaxamento da musculatura dessa região durante o sono. Os principais fatores de risco são o excesso de peso e a idade, mas alterações da anatomia das vias aéreas superiores também têm sua importância, principalmente em indivíduos mais jovens. As consequências da apneia obstrutiva do sono são cardiovasculares (aumento da pressão arterial, arritmias, aumento de risco de alterações coronarianas e cerebrovasculares), metabólicas (aumento de risco para diabetes mellitus e dislipidemia) e cognitivas. O tratamento deve ser individualizado.

Ivan Guerra De Araujo Freitas

Médico do sono, Pneumologista

Fortaleza


O Ronco é um sinal de alarme que o paciente pode ter uma grave doença que é a Apnéia do sono. É preciso cuidadosa anamnese, exame clínico e exames complementares como a Polissonografia para confirmação do diagnóstico. O tratamento tem excelentes resultados. A utilização do CPAP é o padrão-ouro do tratamento e evitará uma série de problemas, dentre eles, os problemas cardiovasculares, além de proporcionar melhor qualidade de vida para o paciente.

A Síndrome da Apnéia Obstrutiva do Sono (SAOS) é uma doença grave e está associada a paradas respiratórias durante o sono. O portador desta doença precisa ser tratado, ou clinicamente ou cirurgicamente. O exame de polissonografia basal de noite inteira faz a graduação da gravidade do problema. O paciente que não se adaptar ao tratamento clínico poderá optar pela cirurgia. O tratamento cirúrgico pode envolver cirurgias de partes moles até cirurgia esquelética da face. Para os casos mais graves a cirurgia do avanço maxilomandibular (AMM) é o padrão ouro e tem resultados equivalente ao tratamento clínico com aparelho de CPAP ou APAP ou BIPAP. Agende sua avaliação e tire duas dúvidas.

Anderson Castelo Branco

Cirurgião cranio-maxilo-facial, Otorrino, Médico do sono

Salvador

Agendar uma visita

A apneia obstrutiva do sono é a doença do sono mais comum. Cerca de 33% da população de São Paulo tem apneia. Mas o que é isso? Apneia é quando nós paramos de respirar enquanto estamos dormindo. A garganta se fecha e o ar deixa de passar para o pulmão. Cronicamente, isso pode causar diabetes tipo 2, pressão alta, obesidade, alterações de humor e de atenção, e até sintomas de depressão. O tratamento deve aliar mudanças de estilo de vida a aparelhos que não deixam que a garganta se feche durante o sono. Para apneias mais graves, utilizamos o CPAP, uma máscara que empurra o ar sob pressão através da nossa garganta. Para casos mais leves, podemos usar o aparelho de avanço mandibular.

Caio Bonadio

Psiquiatra

São Paulo


A polissonografia é um exame que monitora diversos aspectos do sono permitindo o diagnóstico da apneia obstrutiva do sono, condição que leva ao ronco, sonolência diurna e aumento do risco cardiovascular. É realizada após uma consulta, na qual se disponibiliza o aparelho portátil, permitindo o diagnostico com o paciente dormindo na sua própria cama. Assim, evita-se o desconforto de dormir no laboratório do sono. Embora em alguns casos o exame no laboratório seja necessário, resolve-se a maioria dos paciente com o dispositivo portátil.

Nelson Pimentel

Pneumologista, Intensivista

Rio de Janeiro

Agendar uma visita

Pacientes com Apnéia Obstrutiva do Sono podem apresentar quase 4 vezes mais chances de desenvolverem o Bruxismo do Sono. Durante o sono a mandíbula se posiciona numa posição mais retraída, assim como a língua, promovendo uma redução da passagem de ar pelas vias aéreas superiores, especialmente na posição supina (decúbito dorsal). Dessa forma, a ativação da musculatura mastigatória para estabilizar a mandíbula e melhorar a respiração fisiológica poderia ocorrer com contatos dentários na forma de bruxismo favorecendo uma atividade muscular aumentada, despertares noturnos, refluxo gastro-esofágico e presença de cefaleia.

Fabrizio Albieri

Cirurgião buco-maxilo-facial

Rio de Janeiro


A apneia do sono é uma doença comum, mas muitas vezes não é percebida, o que abre espaço para consequências sérias. A forma de percebê-la é principalmente através de sintomas como roncos, sonolência durante o dia e a sensação de que o sono não foi suficiente. Felizmente há como diagnosticar essa doença através de um exame do sono (chama-se Polissonografia), e existem formas de trata-la adequadamente.

Você que apresenta Roncos Noturnos, tem grande chance de sofrer desta doença. Quem possui a Apnéia Obstrutiva do Sono frequentemente tem como sintomas a sonolência diurna, hipertensão arterial, baixo rendimento diurno e possuem mais chances de sofrer de doenças graves como arritmias, infarto, AVC e morte súbita. Não menospreze seu sono, ele tem papel crucial na sua qualidade de vida. Investigue e trate, se necessário.

Quais profissionais tratam Apneia do sono tipo obstrutiva?

Pesquisas relacionadas


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.