Colecistite - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Não descuide da sua saúde

Escolha a consulta online para iniciar ou continuar o seu tratamento sem sair de casa. Se precisar, você também pode marcar uma consulta no consultório.

Mostrar especialistas Como funciona?

Especialistas - colecistite

Carlos Renato Renon

Carlos Renato Renon

Cirurgião geral

Vila Velha

Daniel Brenner

Daniel Brenner

Cirurgião oncológico, Cirurgião do aparelho digestivo

Cascavel

Manoel Dias de Albuquerque  Filho

Manoel Dias de Albuquerque Filho

Cirurgião geral

Salvador

Felipe de Lucena Moreira Lopes

Felipe de Lucena Moreira Lopes

Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral

Porto Alegre

Sidney Raimundo Silva Chalub

Sidney Raimundo Silva Chalub

Cirurgião geral, Cirurgião do aparelho digestivo

Manaus

Neide Feldhaus

Neide Feldhaus

Intensivista

São Paulo

Perguntas sobre Colecistite

Nossos especialistas responderam a 48 perguntas sobre Colecistite

Vejo o que pergunta por 2 ou 3 aspectos:

a. um aspecto que até me preocupa um pouquinho, é que o senhor(a) recorre a Internet para expor uma dúvida médica. Por favor, entenda assim:…
1 respostas


Oi! Podem ocorrer sim, principalmente após as refeições.
1 respostas


A principio se a cicatrização estiver completa poderia sim. Procure seu médico para avaliação.
1 respostas

Especialistas falam sobre Colecistite

A colecistite aguda é a inflamação aguda da vesícula biliar, uma das principais complicações da colelitíase ou cálculos biliares. Ocorre em até 10% dos pacientes com cálculos biliares sintomáticos. [1] Na maioria dos casos (90%), é causada pela obstrução do ducto cístico completa, geralmente devido a um cálculo biliar impactado no colo da vesícula biliar ou ducto cístico, que causa inflamação na parede da vesícula biliar. [1] Em 5% dos casos, espessamento da bile (devido a desidratação) ou estase biliar (devido a trauma ou doença sistêmica grave) pode bloquear o ducto cístico, causando uma colecistite acalculosa. [1]

Marcelo Sette

Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral

Recife

Agendar uma visita

A colecistite (inflamação da vesícula biliar) normalmente tem origem no entupimento (por pedras) de algum canal que comunica a vesícula ao intestino delgado. Os sintomas incluem náuseas, dor intensa na parte superior direita da barriga e sensação de inchaço. O tratamento vai desde medidas de readequação dos hábitos alimentares até internação para remoção cirúrgica da vesícula biliar (por video-laparoscopia).

Pedro Thierre Dias Da Silva

Cirurgião geral

Ribeirão Preto


Colelitíase ou pedra na vesícula é a presença de cálculos na vesícula biliar. Esses cristais ou cálculos podem ocorrer em diversas porções do trato biliar, como o ducto colédoco (causando Coledocolitíase) e a vesícula biliar. Os cristais podem obstruir o trato biliar, causando icterícia, e o ducto pancreático, levando à pancreatite. A colelitíase se trata especificamente da formação desses cristais na vesícula biliar. A maior parte das pedras não causam sintomas por muitos anos. Quando as pedras são muito numerosas ou muito grandes os sintomas mais comuns de colelitíase são: Dor abdominal em hipocôndrio direito, náuseas e vômitos.

Alecsander Rodriguez Ojea

Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral

Guarulhos


É a inflamação da vesícula biliar geralmente causada por obstrução por cálculo biliar. O tratamento convencional é a retirada do órgão por laparoacopia mas, em alguns casos, opta-se por tratamento com antibiótico.

Henrique Mateus

Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral

São Paulo

Agendar uma visita

É a inflamação da vesícula biliar podendo ser aguda ou crônica, levando a sinais e sintomas como dor abaixo da costela do lado direito, mal estar, náusea, vômitos, falta de apetite, febre. Sua principal causa é por cálculos (pedras) que levam a inflamação e infecção. Seu tratamento deve ser feito normalmente com antibiótico e cirurgia, chamada colecistectomia.

Julio Cezar Cechinel Filho

Cirurgião geral

Meleiro


É a inflamação da vesícula biliar, normalmente causada por pedras, (cálculos), na maior parte dos casos paciente de ser submetido à cirurgia de retirada da vesícula juntamente com as pedras.

Rodrigo Martins Sales

Cirurgião geral

Belo Horizonte

Quais profissionais tratam Colecistite?

Pesquisas relacionadas


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.