Diverticulite - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Diverticulite é a inflamação dos divertículos, prolongamento anormal da parede do intestino em um pequeno saco e estão geralmente na parte final do intestino grosso. Os sintomas assemelham-se a apendicite (dor abdominal, febre, arrepios ...), mas localiza-se no abdômen inferior esquerdo. O uso de antibióticos, sob prescrição médica, é o tratamento mais adequado para diverticulite que não chegou a perfurar o intestino causando peritonite (inflamação do peritônio) e, portanto, requerendo uma cirurgia de emergência.

Especialistas em diverticulite

Encontre um especialista em Diverticulite na sua cidade:
Azize Chadraoui

Azize Chadraoui

Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral

Rio de Janeiro

Felipe Bordinhon mercante

Felipe Bordinhon mercante

Cirurgião geral, Médico de urgência

Jundiaí

Jorge Henrique Reina Neto

Jorge Henrique Reina Neto

Cirurgião do aparelho digestivo, Coloproctologista

São Paulo

Fabio Vizeu Medaglia Filho

Fabio Vizeu Medaglia Filho

Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral, Médico clínico geral

Brusque

Rafael Faversani De Araújo

Rafael Faversani De Araújo

Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral

Cornélio Procópio

José Justiniano Torrico

José Justiniano Torrico

Médico clínico geral

Rio Branco

Perguntas sobre Diverticulite

Nossos especialistas responderam a 60 perguntas sobre Diverticulite

Dr. Roberto Viña Coral
Dr. Roberto Viña Coral
Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral
Porto Alegre
A laparoscopia, por si só, é uma técnica cirúrgica que costuma causar poucas dores, com rápida recuperação. No entanto, depende do grau de inflamação da diverticulite e o quanto intestino está…
2 respostas

Dr. Marcos Jose Prado Alves
Dr. Marcos Jose Prado Alves
Cirurgião geral, Médico clínico geral
São Paulo
Sim é comum dores leves no abdome durante a fase de recuperação e deve ser acompanhada pelo medico responsável
2 respostas

Dr. Patrick Salomao scomparin
Dr. Patrick Salomao scomparin
Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral
São Paulo
Nem sempre precisa de bolsa de Colostomia para corrigir fistula colovaginal...depende localização da fistula / comunicação ..depende da altura da fistula ...
Existe porem risco de Colostomia…
2 respostas

Especialistas falam sobre Diverticulite

A doença diverticular é muito comum em pacientes acima dos 50 anos, e a maior parte das vezes é assintomática. Cada vez mais vemos jovens com tal doença, diagnosticados muitas vezes com crises agudas, sendo necessária a internação hospitalar. O tratamento cirúrgico é reservado para casos selecionados, para pacientes com crises recorrentes ou crises graves. O acompanhamento e orientação nutricional são fundamentais para o tratamento. Atualmente temos algumas formas de realizar a operação. A mais difundida é a laparoscópica, com baixa taxa de complicação. A cirurgia robótica vem sendo utilizada para casos selecionados, com resultado semelhantes, porém com maior ergonomia para a equipe.

Tiago Riuji Ijichi

Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral

São Paulo

Agendar uma visita

Algumas pessoas apresentam pequenas bolsas ou saculações que se desenvolvem na parede do intestino grosso, sendo mais comum nos cólons sigmóide e descendente, ambos à esquerda do abdome. Essas bolsas são chamadas divertículos. Cerca de 10% dos adultos com mais de 40 anos tem divertículos no intestino, e isso torna-se mais comum à medida que as pessoas envelhecem - quase metade de todas as pessoas com mais de 60 anos os tem. A maioria das pessoas que tem divertículos no intestino não apresenta sintomas, e frequentemente sua presença é um achado incidental, detectada em testes solicitados para outra doença.

Felipe Guerrero Prieto

Cirurgião geral, Coloproctologista

São Paulo


Diverticulite é a inflamação/infecção de divertículos localizados no intestino grosso. O tratamento depende de sua gravidade, devendo ser clínico para os casos mais leves e podendo ser indicado o tratamento cirúrgico nos casos graves ou que se repetem com frequência. Pacientes que têm divertículos, mas que não estão em crise, devem realizar acompanhamento médico regular e adotar uma dieta rica em fibras, frutas e líquidos, diminuindo assim o risco de desencadear a inflamação.

Daniel Kruglensky

Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral

São Paulo


Trata-se de uma inflamação aguda do intestino grosso. A mesma acontece quando um divertículo - pequenas dilatações na parede do intestino - inflama e leva a infecção. Pode ser leve, quando somente antibióticos podem tratar, ou grave, quando há necessidade de cirurgia para retirada do segmento do intestino doente. Requer acompanhamento de um especialista na área após o primeiro episódio.

Diogo Stinguel Thomazini

Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral

Cariacica

Agendar uma visita

Diverticulite é a inflamação de pequenas estruturas (divertículos), parecidas com “dedos de luvas”, localizadas na parede do intestino grosso. Esse processo inflamatório ocorre com maior frequência no cólon esquerdo esigmóide, onde os divertículos tendem a ser mais numerosos. Alguns fatores que contribuem para essa condição são a falta de fibras na alimentação e a ingestão excessiva de carboidratos refinados e proteínas. Nos quadros de diverticulite leve, o tratamento consiste em uso de antibióticos orais e adoção de dieta mais leve. Em casos mais graves o recorrete - em que pode haver perfuração, formação de abscesso e outras complicações - pode ser necessária a cirurgia.

Jorge Vasquez Del Aguila

Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral

Belo Horizonte

Agendar uma visita

A doença diverticular dos cólons acomete principalmente pacientes mais velhos e pode evoluir com complicações graves, como abscesso e perfuração intestinal, e com risco de vida. Tais casos necessitam de tratamento cirúrgico emergencial. Portanto, os pacientes que possuem doença diverticular devem manter acompanhamento clínico rigoroso e avaliação para indicação de cirurgia eletiva, quando houver a devida indicação.

Fabio Faleiro Vieira

Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral

Goiânia

Agendar uma visita

A diverticulose colônica designa a presença de divertículos no cólon. A incidência aumenta com idade.Os divertículos ocorrem em pontos de perfuração da parede colônica pelas artérias que nutrem o cólon, com herniação da mucosa e submucosa. A dieta pobre em fibras determina hipertensão intraluminal e hipersegmentação colônica, sendo estas as principais causa da diverticulose. A diverticulite é a complicação mais comum da doença diverticular,ocorre por algum grau de perfuração do divertículo. Tratamento da consiste na administração de antibióticos nos casos não complicados e na presença de complicação (abscesso, perfuração, peritonite) indicação cirúrgica de urgência ou drenagem percutânea.

Danielle Menezes Cesconetto

Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião oncológico

São Paulo

Agendar uma visita

É a inflamação dos divertículos que são mais comuns do lado esquerdo do intestino grosso em adultos. O diagnóstico é feito por tomografia de abome e pelve e confirmado pela colonoscopia. Geralmente não precisa ser operada.

Henrique Mateus

Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral

São Paulo

Quais profissionais tratam Diverticulite?


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.