Hérnia abdominal - Informações, especialistas e perguntas frequentes

O que é?

A hérnia é uma saliência de alguma porção do organismo que se exterioriza. Quando essa saliência ocorre na região do abdome, a hérnia é chamada de abdominal. É nessa região que elas são mais frequentes. A cavidade abdominal é formada por uma série de órgãos. Os intestinos, o estômago e o fígado são os mais importantes. Eles são mantidos no lugar pelos ossos, músculos e pele. Quando por algum motivo se deslocam podem formar a hérnia.

Qual é a causa?

As hérnias costumam ser divididas de acordo com o local onde são formadas e seus fatores motivadores são específicos. - Hérnia inguinal: surge na região da virilha. São aproximadamente 75% das hérnias abdominais. Muito mais comuns em homens que em mulheres. Aparecem devido ao esforço. Decorrem da fraqueza do canal inguinal. Isso atinge especialmente pessoas mais velhas, profissionais que submetem o local a esforço de forma constante e em esportistas, por exemplo. Os obesos têm mais chances de desenvolver essa condição. - Hérnia umbilical: surge na região do umbigo devido a um defeito no fechamento da cicatriz umbilical. Em geral, fecha após dois anos. Só se torna preocupante se persistir até a criança chegar aos cinco anos. - Hérnia incisional: ocorre em locais do abdome onde já foi realizada uma cirurgia. São resultantes da cicatrização inadequada. - Hérnia epigástrica: aparece na linha mediana do abdome. Acima ou abaixo da cicatriz umbilical. Surgem quando o paciente faz muita força com o abdome.

Quais os sintomas?

Dor, desconforto na região, vômito, náusea, prisão de ventre e inchaço estão entre os sintomas apresentados.

Como fazer o diagnóstico?

O exame clínico é capaz de detectar a presença da hérnia. O diagnóstico pode ser completado com exames de imagem como a ecografia e a ressonância magnética.

Qual o tratamento?

As hérnias só podem ser curadas com tratamento cirúrgico. Porém, em boa parte dos casos não há a necessidade da operação. O médico pode acompanhar o desenvolvimento da hérnia no caso de ela não trazer prejuízos graves ao paciente. Em períodos de crise, há a possibilidade do uso de medicamentos para diminuir a dor.

Especialistas em hérnia abdominal

Encontre um especialista em Hérnia Abdominal na sua cidade:
Henrique Camilo Martins da Costa

Henrique Camilo Martins da Costa

Cirurgião oncológico, Cirurgião geral

Belo Horizonte

Rafael Pires Resende

Rafael Pires Resende

Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral

Uberlândia

Gustavo Faria Ferro

Gustavo Faria Ferro

Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral

Aparecida de Goiânia

Luis Gustavo Cavalcante Reinaldo

Luis Gustavo Cavalcante Reinaldo

Cirurgião geral

Teresina

Felipe de Lucena Moreira Lopes

Felipe de Lucena Moreira Lopes

Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral

Sapiranga

JOAO FRANCISCO DE SOUZA

JOAO FRANCISCO DE SOUZA

Cirurgião geral

Mafra

Perguntas sobre Hérnia abdominal

Nossos especialistas responderam a 75 perguntas sobre Hérnia abdominal

Dr. Leonardo Vicente Coelho
Dr. Leonardo Vicente Coelho
Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral
Leopoldina
Herniose é uma patologia complexa e multifatorial... a presença da tela geralmente não impede a gestação. Sugiro que converse com o seu cirurgião para avaliar a extensão da cirurgia previamente…
3 respostas

Dr. Jorge Lyra
Dr. Jorge Lyra
Oncologista, Cirurgião geral
Imperatriz
Bom dia !

Seria viável você marcar consulta com cirurgião geral ou, um (a) ginecologista. para melhor avaliação. para o medico examinar a hernia umbilical.
1 respostas

 Lucas Souto Nacif
Lucas Souto Nacif
Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral
São Paulo
Olá realmente seu quadro não parece ser hérnia e sim cisto (ou fístula) de Úraco, o qual muitas das vezes pode infectar.
Na verdade, existem algumas situações de hérnia complicada, a qual…
1 respostas

Especialistas falam sobre Hérnia Abdominal

São defeitos da parede abdominal que podem ocorrer devido à defeitos congênitos (de nascença) ou enfraquecimento do tecido da parede abdominal por distúrbios do colágeno. O tratamento das hérnias é sempre cirúrgico. Atualmente são implantadas telas no local de fraqueza da hérnia criando fibrose que fortalece tecido. Pode ser feita por via aberta (corte) ou videlaparoscópica (por furos). Por video leva a menos dor , estética e retorno precoce atividades trabalho e esportivas. A hérnia deve ser sempre operada pelo risco de estrangulamento do intestino que leva a complicações graves e fatais como peritonite fecal. O paciente também pode ficar com sequelas como bolsa de colostomia para fezes.

Dr. Sergio Renato Pais-Costa

Oncologista, Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral

Brasília

Agendar uma visita

Hérnia epigástrica, localiza-se na região entre o estômago e o umbigo. ​Hérnia umbilical, surge devido à fraqueza natural da cicatriz umbilical, local por onde passava o cordão umbilical. ​Hérnia inguinal, surge na virilha (zona de junção entre a coxa e a parte inferior do abdome). Nos homens, pode estender-se até o escroto (saco) sendo chamada de hérnia inguino-escrotal. Provoca sensação de peso ou queimação local que piora com o esforço físico e melhora ao descansar. Na maioria dos casos, a cirurgia é o tratamento indicado para esse tipo de problema.

Felipe Guerrero Prieto

Cirurgião geral, Coloproctologista

São Paulo


Hérnias são patologias muito frequentes decorrentes de alterações na conformação anatomica da estrutura corporal, as mais frequentes são na região umbilical e inguinal acometendo homens e mulheres. Caso apresente abaulamentos ,dor e aumento com esforços fisicos procure um especialista, hoje contamos com cirurgias minimamente invasivas para correção dessa patologia

Renato Costa Sousa

Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral

Brasília

Agendar uma visita

A presença de abaulamento ou aumento de alguma região no abdômen, que piore com esforço físico, pode se tratar de uma hérnia abdominal. O seu tratamento é cirúrgico.

Daniel Kruglensky

Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral

São Paulo


Realizo todos os tipos de cirurgias de hérnia por videolaparoscopia e robótica.

Renato Hiroaki Yamashita

Cirurgião geral, Coloproctologista

Guarulhos

Agendar uma visita

As hérnias abdominais são falhas ou imperfeições na parede abdominal, naturais ou originados por cirurgias anteriores que se caracterizam por uma saliência na região acompanhada de dor ou não, em qualquer posição no abdômen e na região inguinal (virilha e flancos). Elas podem ser ocasionadas devido condições genéticas ou à debilidade de algum ponto resultante de gravidez, obesidade e esforços pesados. O tratamento para essa situação é , em geral, a realização da cirurgia para correção. Estou à disposição para tirar dúvidas e explicar as melhores opções para a resolução desse problema.

Aponeurose é uma estrutura firme, formada por tecido conjuntivo denso, responsável pela fixação dos músculos em suas inserções ósseas. Localizada logo abaixo da pele e tecido celular subcutâneo. Quando temos uma falha nesse tecido “ buraco” chamamos de hérnia. Dependendo da localização dessa falha, temos os diferentes tipos: umbilical, epigástrica, região da virilha (hérnias inguinais e femorais), hérnias incisionais (orifícios com protusão de conteúdo abdominal através de áreas de incisão cirúrgica), lombares, obturadora e Spiegel. Fatores de risco são: tabagismo, idade avançada, desnutrição, atividade física intensa. A cirurgia é por laparoscopia ou convencional (aberta), com uso de telas.

Danielle Menezes Cesconetto

Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião oncológico

São Paulo

Agendar uma visita

Hérnia abdominais são falhas naturais ou adquiridas da parede do abdome em que evidenciamos abaulamentos. Os mais comuns são nas virilhas ( hérnia inguinais) e na região umbilical( hérnia umbilical). O seu diagnóstico é através de um exame físico adequado realizado por um médico e em casos de dúvidas, pode -se realizar um USG de parede abdominal ou uma tomografia. O tratamento é realizado de forma cirúrgica, podendo ser por via aberta ou po vídeolaparoscopia. Quando realizado o diagnóstico é um importante programar o quanto antes a cirurgia a fim de evitar complicações como encarceramento ou estrangulamento, que são condições cirúrgicas de urgência.

João Bergamasco

Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral

Manaus


A maioria hérnias aparecem após cirúrgicas abdominais (Hérnia incisionais) ou na região inguinal (Hérnia Inguinal) e dizemos que hérnia diagnóstica é igual a hérnia operada. Claro que depende de cada caso mas é uma regral geral. Hoje a cirurgia robótica possibilita tratamentos minimamente invasivos mesmo para hérnias grandes.

Dr. Fabio Thuler

Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral

São Paulo

Agendar uma visita

Hérnia ocorre devido a fraqueza na parede abdominal, permitindo que conteúdo de dentro da cavidade abdominal se insinue por esta falha, gerando o abaulamento que conseguimos ver no exame médico, ou mesmo percebido pelo paciente. O tratamento cirúrgico, que idealmente é realizado por videolaparoscopia, consiste na correção da falha e colocação de tela sintética para reforço.

Raphael Eler

Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral

Vitória


São falhas na parede abdominal desenvolvida a partir já do nascimento, ou adquirida. Esforços pesados recorrentes podem levar a enfraquecimento da parede e desenvolvimento de uma falha, o que leva a comunicação do que está dentro do abdome com lado de fora, protegido pela pele. Também podem desenvolver após alguma cirurgia abdominal prévia, a chamada hérnia incisional. A cirurgia deve normalmente ser colocada uma tela, podendo ser realizada tanto de maneira aberta quanto laparoscópica, dependendo de alguns fatores e desejo do paciente.

Atenção para duas situações cotidianas que são o tabagismo e a gestação. O tabagismo desregula o metabolismo do colágeno e pode gerar quadro de tosse crônica. A gestação aumenta a pressão intra-abdominal pelo crescimento uterino e produz o hormônio relaxina que induz relaxamento muscular, gerando uma predisposição a formação de hérnias. As hérnias abdominais são tratadas por cirurgia, porém, existem várias técnicas que devem ser consideradas durante a avaliação pré-cirúrgica, pois, dependendo do tamanho da falha, da localização, se é uma urgência ou mesmo pela idade do paciente podemos optar por técnicas e por vias diferentes(convencional ou laporoscópica).

As hérnias paracolostômicas e perineais são uma complicação frequente em pacientes submetidos a cirurgia de amputação do reto. Causam dor e afetam muito a qualidade de vida dos pacientes. Existem várias técnicas de correção dessas hérnias, mas a chance de recidiva (retorno da hérnia) é alta. Oferecemos a técnica de correção utilizando a cirurgia robótica, que permite uma visão local em 3D, e permite uma colocação e sutura de telas de forma mais segura e eficiente.

Carlos Augusto Rodrigues Veo

Oncologista, Cirurgião oncológico

Barretos

Quais profissionais tratam Hérnia abdominal?


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.