Hernia - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Especialistas em hernia

Encontre um especialista em Hernia na sua cidade:
Luiz Guilherme Oliveira Ximenes

Luiz Guilherme Oliveira Ximenes

Cirurgião geral

Maringá

Antonio Fernando Gaiga

Antonio Fernando Gaiga

Ortopedista - traumatologista

Dourados

Thiago Miguel Macagnani

Thiago Miguel Macagnani

Cirurgião do aparelho digestivo, Gastroenterologista

São José do Rio Preto

Renato Hideki Inoue Akiyama

Renato Hideki Inoue Akiyama

Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral

São Paulo

Roberto Vina Coral

Roberto Vina Coral

Cirurgião do aparelho digestivo

Porto Alegre

Rebecca Marian Monteiro Correia Samaan

Rebecca Marian Monteiro Correia Samaan

Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral

São Paulo

Perguntas sobre Hernia

Nossos especialistas responderam a 39 perguntas sobre Hernia

Dr. Rian Souza Vieira
Dr. Rian Souza Vieira
Ortopedista - traumatologista
Ribeirão Preto
Olá, não é certeza que se torne crônica. A imensa maioria das hérnias não necessita de tratamento invasivo. Sim, hérnias extrusas , principalmente as sequestradas tem maior chance de reabsorção.…
1 respostas

Dr. Valter Alvarenga Junior
Dr. Valter Alvarenga Junior
Cirurgião geral, Cirurgião oncológico
Rio de Janeiro
É possível que seja uma pequena hérnia, mas pode ser simplesmente acúmulo de líquido ou a espessamento da gordura abaixo da pele, comuns após procedimentos. O melhor é procurar o cirurgião que…
3 respostas

Dr. Thiago Gomes Martins
Dr. Thiago Gomes Martins
Neurocirurgião, Neurologista
João Pessoa
Provavelmente sim. Depende da técnica cirúrgica a ser implementada. É muito difícil prever os resultados sem examinar o paciente ou mesmo ver as imagens de ressonaância. A artrodese cervical…
1 respostas

Especialistas falam sobre Hernia

Hérnia é uma espécie de saco que contem estruturas que sofreram protrusão da através dos músculos do abdome. Ou seja, é uma bolsa que está situada fora da cavidade abdominal e que contem estruturas que deveriam estar dentro dessa cavidade, mas que saíram por aberturas na parede do abdome. Essas aberturas podem ser defeitos congênitos (nasceram com a pessoa) ou adquiridos relacionado a uma pressão súbita ou repetida nos músculos do abdome. Uma hérnia frequentemente se desenvolve quando algumas camadas da parede abdominal se enfraquecem, se dilatam ou se rompem levando à saída de órgãos e tecidos internos.

Daniel Cesar

Cirurgião geral

Rio de Janeiro

Agendar uma visita

A correção cirúrgica das hernias envolve a dissecção dos planos teciduais da área defeituosas com reposicionamento dos mesmos de forma anatômica e possibilidade de colocação de telas de polipropileno para reforçar seguido de fechamento com suturas.

Bruno Reichmann

Cirurgião geral, Cirurgião oncológico

Porto Alegre


As hérnias são doenças muito comuns na infância, e podem ocorrer em diversas regiões do corpo: inguinal (virilha e bolsa escrotal), umbilical e epigástrica (acima do umbigo). Consistem em um abaulamento dessas regiões, principalmente após os esforços físicos ou esforço do choro, geralmente percebido no final do dia, após a criança correr e brincar bastante. Hérnias inguinais devem ser operadas assim que forem diagnosticadas, devido ao risco de encarceramento. Bebês pequenos podem ser operados com segurança, e não se deve postergar o tratamento cirúrgico. As hérnias umbilicais, ao contrário das inguinais, podem fechar espontaneamente, e a critério médico, pode-se aguardar até certa idade.

André Luís Fortes Alves

Cirurgião pediátrico

Curitiba

Agendar uma visita

As Hérnias Abdominais, principalmente as recidivadas / incisionais, consequentes de cirurgias anteriores, muitas vezes são de difícil resolução. Hoje dispomos da correção por videolaparoscopia através de telas e grampeadores especiais, permitindo uma recuperação mais rápida e com menos cortes.

Ricardo Da Silva Lourenço

Cirurgião do aparelho digestivo

São Paulo

Agendar uma visita

Hérnias são defeitos na parede muscular do abdome, por onde estruturas internas fazem abaulamentos ("caroços") através das camadas do abdome. São muito frequentes nas regiões inguinais(virilhas), e no umbigo. Geralmente se manifestam por aumento do volume local quando um esforço físico é realizado, ou simplesmente pelo fato de ficar de pé. O tratamento é a cirurgia para reforço da parede do abdome, em geral, com utilização de uma tela de material sintético.

Diogo Stinguel Thomazini

Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral

Cariacica

Agendar uma visita

Hérnias na virilha, em cicatrizes de outras cirurgias, na barriga e no umbigo aparecem devido à fraqueza do músculo nestes locais. O tratamento é sempre cirurgia: usar cintas e faixas não faz com que a hérnia desapareça. O risco de não se operar é o encarceramento/estrangulamento da hérnia; isto é, um órgão de dentro da barriga, geralmente o intestino, passa através deste ponto de fraqueza e fica preso, isso pode cortar o suprimento de sangue para esta parte do intestino e uma cirurgia de emergência tem de ser feita. O diagnóstico das hérnias geralmente é feito ao se examinar a pessoa e, em caso de duvida, pode-se fazer um ultrassom.

Maria Carolina Storte

Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral

Santos


Hérnia de parede abdominal é uma falha da parede que leva a passagem de órgãos intra-abdominais para o espaço sub-cutâneo. Geralmente ocorre a passagem de tecido gorduroso ou alças intestinais. Ao exame fisico percebe-se um abaulamento macio e geralmente esse material pode ser empurrado de volta a cavidade abdominal, exceto nos casos de hérnia encarcerada. Raramente pode ocorrer o estrangulamento de alças intestinais , quadro doloroso agudo que pode evoluir à necrose intestinal, quadro gravíssimo que necessita cirurgia de urgência. A cirurgia pode ser realizada por video-laparoscopia com uso de telas. Acesse nosso site para maiores informações.

Roberto Rizzi

Cirurgião geral

São Paulo

Agendar uma visita

É a protrusão/deslocamento de um orgão da sua posição de origem devido a fraqueza na musculatura abdominal. É mais comum em pacientes do sexo masculino. Podem estar presentes na época do nascimento ou serem adquiridas. As regiões mais afetadas são, região inguinal / virilha e umbigo. Em alguns casos se manifestam em cicatrizes de cirurgias anteriores. Os principais fatores de riscos estão relacionados a situações que aumentem a pressão intra-abdominal: tosse crônica (fumo), obesidade, gestação, constipação, esforço excessivo, etc. Geralmente causa abaulamento da região afetada e desconforto. O único tratamento eficaz é cirurgia.

Victor Hugo Ribeiro Vieira

Oncologista, Cirurgião geral

Rio de Janeiro

Agendar uma visita

Hérnia é quando qualquer estrutura passa através de outra por um orifício.

Henrique Cunha Mateus

Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral

São Paulo

Agendar uma visita

As hérnias de parede abdominal são projeções de órgãos ou tecidos intra-abdominais por uma região de fragilidade da parede, percebido por abaulamentos na região abdominal associado a desconforto local que geralmente piora ao esforço físico. Esta área de fraqueza apresenta uma origem multi-fatorial, portanto, aqueles que tem esta doença costuma apresentar menor densidade de uma proteína estrutural das fácias e ligamentos chamada colágeno, associado a algum fator que aumente a pressão intra-abdominal como: tosse crônica, constipação, alterações prostáticas, gestação, esforço físico intenso e obesidade.

Quais profissionais tratam Hernia?


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.