Doenças da unha - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Não descuide da sua saúde

Escolha a consulta online para iniciar ou continuar o seu tratamento sem sair de casa. Se precisar, você também pode marcar uma consulta no consultório.

Mostrar especialistas Como funciona?

Especialistas - doenças da unha

Annair Freitas do Valle

Annair Freitas do Valle

Dermatologista

Juiz de Fora

Marcelo Ramalho

Marcelo Ramalho

Podologista

Rio de Janeiro

Luciana Salgado

Luciana Salgado

Dermatologista, Especialista em medicina estética

Goiânia

Vinícius Gomes Batista Xavier

Vinícius Gomes Batista Xavier

Médico clínico geral

Goiânia

Thiago Cezar Rocha Azevedo

Thiago Cezar Rocha Azevedo

Médico clínico geral

Recife

Perguntas sobre Doenças da unha

Nossos especialistas responderam a 199 perguntas sobre Doenças da unha

OLA
ORIENTO AGENDAR UMA CONSULTA PARA TER EXAME ADEQUADA DO SEU CASO , REMOVEDOR PRODUTO QUMICO PODE LEVAR DERMATITE CONTATO NO LOCAL
ESPERO TER AJUDADO
1 respostas

Suas unhas estão frágeis e alguns fatores podem gerar esse quadro, desde deficiências nutricionais, dietas, uso por tempo prolongado de esmaltes, hábitos do dia a dia como lavagem das mãos, exposição…
1 respostas

Olá
Não se pode prescrever nenhum tipo de remédio nem mesmo tópico sem que o paciente seja examinado, e o diagnóstico fique claro. Marque uma consulta, para resolver seu problema correta…
1 respostas

Especialistas falam sobre Doenças da unha

As unhas podem sofrer alterações decorrentes de infecções fúngicas e bacterianas, traumas, tumores e doenças dermatológicas como psoríase. As unhas ainda podem refletir doenças sistêmicas como insuficiência renal, hepática, doenças pulmonares crônicas etc.através de alterações específicas da lâmina. Por ser infecção por fungo a causa mais comum das alterações da unha, muitas vezes outras afecções são erroneamente diagnosticadas como tal. Exame micológico, dermatoscopia da unha e biópsia podem ser realizados nos casos em que ha dúvida diagnóstica, já que os tratamentos são diferentes a depender da causa da alteração ungueal.

Virginia Lucia Brandão De Sales

Dermatologista

Salvador


As doenças das unhas podem causar problemas na cor, forma, textura ou espessura das unhas das mãos ou dos pés. Uma anomalia presente na unha pode não significar nenhum problema grave, mas também pode ser sinal de que há algo errado. Causas: 1. Distúrbios que afetam a quantidade de oxigênio 2. Doença renal 3. Doença hepática 4. Doenças da tireoíde 5. Doença grave ou cirurgia 6. Psoríase 7. Outras doenças: amiloidose sistêmica, desnutrição,deficiência de vitamina E 8. Câncer de pele próximo da unha 9. Uma listra pigmentada pode ser sinal de um melanoma agressivo. As micoses de unha podem ser difíceis de tratar, um tratamento eficaz é feito com o laser Nd Yag.

Renata Rodrigues Orofino

Dermatologista, Especialista em medicina estética

Rio de Janeiro


As unhas podem ser acometidas por diversas doenças desde micoses até doenças crônicas como psoríase, líquen e alopecia areata. A consulta visa a avaliação clínica que pode ser complementada com exames para o diagnóstico correto das alterações.

Cíntia Gomes Rocha

Especialista em medicina estética

Brasília


As unhas podem ser acometidas por inúmeras doenças de pele devido à grande exposição que sofrem, tornando-as bastante suscetíveis a traumas e infecções como psoríase, tumores e verrugas. Além disso, também podem mostrar sinais de doenças internas, por exemplo, podendo até descolar através da doença da tireoide. Portanto, é importante estar sempre atento a qualquer alteração na coloração, textura e espessura das unhas, pois quanto mais precoce for o diagnóstico, mais fácil será o tratamento. A consulta com o especialista para avaliação é imprescindível.

Ana Carulina Moreno

Dermatologista, Especialista em medicina estética

Rio de Janeiro


As unhas podem ser acometidas por inúmeras doenças de pele como psoríase, tumores e verrugas. Podem também mostrar sinais de doenças internas, por exemplo podendo descolar na doença da tireoide. Em frente a alguma alteração é muito importante a consulta com o especialista para avaliação e diagnóstico corretos.

As doenças que acometem as unhas não são incomuns, isso devido à grande exposição das unhas o que as tornam bastante susceptíveis a traumas e infecções. A infecção por fungo, ou micose de unha, é a afecção de unha mais comum. A unha fica mais espessa, com alteração de coloração e textura, podendo se descolar do leito ungueal. Outra infecção que pode ocorrer é causada por bactérias. Se a alteração na unha for causada por trauma, podem surgir manchas brancas e hematomas sob a unha. Portanto, é importante estar sempre atento a qualquer alteração na coloração, textura e espessura das unhas, pois quanto mais precoce for o diagnóstico, mais fácil será o tratamento.

A causa mais comum de espessamento das unhas, unhas amareladas e opacas é a micose. Quanto mais cedo é feito o tratamento, mais rápido e melhor o resultado. Em geral requer tratamento oral e tópico para sucesso terapêutico. Outra afecção comum é a onicocriptose, ou seja, unhas encravadas. No início pode melhorar com conduta conservadora, mas na maioria dos casos crônicos ou recidivantes, requer cirurgia.

Laís De Abreu Mutti

Dermatologista

São Paulo


A unha é uma lâmina de queratina que cobre a porção final dos dedos. Em média, a unha cresce 0,1 mm por dia. Nos pés, o crescimento é mais lento. Inúmeras doenças podem acometer as unhas, desde condições genéticas até processos infecciosos. Tanto doenças cutâneas (exclusivamente da pele) como doenças sistêmicas (do organismo interno) podem ter manifestações ungueais. Deficiências nutricionais, alterações hormonais, medicamentos, estresse emocional e físico também têm influencia na saúde e crescimento das unhas. Pintas e tumores também podem surgir nessa região.

As unhas podem ser acometidas por fungos, causando descolamento, manchas e/ou aumentando sua espessura. O tratamento é lento, deve ser feito com medicamentos tópicos e pode ser necessário medicação por via oral. Unhas fracas, quebradiças ou com ondulações podem ser sinais de doenças internas ou falta de vitaminas que merecem investigação.

Alessandra Toledo

Médico clínico geral

São Paulo


É comum qualquer alteração ungueal ser enquadrada como “micose”, sendo muitas vezes feita automedicação que, em grande parte dos casos, não surte efeito. A verdade é que a micose das unhas é sim muito comum, mas há muitas outras doenças das unhas que se assemelham a ela e não se beneficiam dos antifúngicos. Fatores externos físicos também afetam as unhas, o que demanda uma avaliação criteriosa, com abordagem de todos os aspectos que podem as estar alterando para o melhor sucesso do tratamento.

Fernanda H Mello De Souza Klein

Dermatologista

Curitiba


Diversas alterações comprometem a função e a aparência das unhas. Dentre elas, as manchas escuras merecem atenção especial. Quando ocorrem na fábrica da unha, que fica logo abaixo da cutícula, recebem o nome técnico de melanoníquia estriada porque forma-se uma faixa do pigmento escuro, desde a raiz até a ponta da unha. As causas são variadas: trauma, medicamentos, infecções, pintas e manchas que surgem por predisposição racial ou familiar são algumas comumente encontradas. Mais raramente, a presença dessa mancha pode significar um tumor. Por este motivo é fundamental que esses indivíduos sejam examinados, acompanhados e, caso necessário, submetidos à biopsia da lesão.

Tatiana Gabbi

Dermatologista

São Paulo

Agendar uma visita

Tratamento da unha encravada. Apesar de aparentemente banal este é um problema frequente e que gera muito incômodo e dor aos pacientes. Geralmente causado por corte incorreto e/ou calçados inadequados, a unha encravada pode ser resolvida com um procedimento chamado Matricectomia. Com anestesia local, cortamos a parte encravada da unha até a raiz e aplicamos uma medicação no local. Geralmente o dedo que mais sofre com unha encravada é o dedão! É um procedimento rápido e a recuperação também !

Tais Bonilha Alves

Dermatologista

São Paulo


Muitas são as doenças que podem acometer as unhas. Na maioria das vezes, o paciente pode pensar em ser apenas uma micose e, na realidade, ser um outro tipo de doença ungueal. Exame físico específico e exames complementares devem ser realizados para o diagnóstico e tratamento.

Isabela Pitta

Dermatologista

Curitiba


Existem doenças primárias das unhas e doenças sistêmicas que podem repercutir nas unhas, o dermatologista através do exame das unhas consegue diagnosticar doenças. Exames completares podem auxiliar na confirmação do mesmo. Agende sua consulta.

Quais profissionais tratam Doenças da unha?

Pesquisas relacionadas


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.