Cicatriz - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Não descuide da sua saúde

Escolha a consulta online para iniciar ou continuar o seu tratamento sem sair de casa. Se precisar, você também pode marcar uma consulta no consultório.

Mostrar especialistas Como funciona?

Especialistas - cicatriz

Encontre um especialista na sua cidade:
Amanda Da Costa De Azevedo Santos

Amanda Da Costa De Azevedo Santos

Dermatologista

Rio de Janeiro

Geovana Bianco de Carvalho

Geovana Bianco de Carvalho

Dermatologista

Palhoça

Renata Berti Meringolo

Renata Berti Meringolo

Generalista

Itapetininga

Heloisa Brianezi Tiraboschi Romanholi

Heloisa Brianezi Tiraboschi Romanholi

Dermatologista

São João Da Boa Vista

Maria Isabel Ramos Saraiva Rocha

Maria Isabel Ramos Saraiva Rocha

Dermatologista

São Paulo

Claudia Peres

Claudia Peres

Dermatologista

São Paulo

Perguntas sobre Cicatriz

Nossos especialistas responderam a 178 perguntas sobre Cicatriz

Seria importante você ir a um dermatologista para que ele possa examinar e tratar de acordo
1 respostas


A definição do melhor tratamento parte de exame físico da cicatriz e avaliação individualizada. Consulte seu dermatologista. Em muitos casos precisamos associar procedimentos em consultório (há…
2 respostas


A neomicina é um antibiótico. Para cicatrização de ferimentos superficiais não infeccionados não é necessária a sua utilização . Há diversas opções disponíveis para proteger a pele e acelerar…
2 respostas

Especialistas falam sobre Cicatriz

O microagulhamento na face quando se objetiva o rejuvenescimento ou a atenuação de cicatrizes e do melasma. A técnica IPCA ® (Indução Percutânea de Colágeno por Agulhas) tópico, é utilizado um dispositivo contendo pequenas agulhas que provocam múltiplas microperfurações na pele, responsáveis por estimular a produção de novas fibras de colágeno ,existem tambem peeling orais, topicos, laser fracionado, radiofrequencia. Como especialista avalio , e indico um programa personalizado.

Zeisa Teixeira Hohl

Dermatologista, Nutrólogo

Goiânia


Cicatrizes são áreas de tecido fibroso resultantes de uma lesão da derme geralmente em consequência de uma lesão ou por corte cirúrgico. Além do impacto estético, a perda da integridade da pele facilita infecções, torna a pele mais vulnerável a perda sanguínea e diminui a sensibilidade. No caso de queloide ou cicatriz hipertrófica (elevada) pode se realizar infiltração intralesional de corticóide. Se a cicatriz for avermelhada pode ser tratada com a luz intensa pulsada. Já as de textura irregular podem ser submetidas a 3 lasers dependendo do caso: pixel, 1340 pro deep ou CO2 fracionado. As cicatrizes que ficaram esbranquiçadas podem ser submetidas a dermopigmentação.

Renata Rodrigues Orofino

Dermatologista, Especialista em medicina estética

Rio de Janeiro


Diferenças de Quelóide e Cicatriz Hipertrófica: O quelóide é uma lesão elevada, brilhante, pruriginosa ou dolorosa, de localização dérmica e que ultrapassa os limites da ferida original, ou seja, invade a pele normal adjacente. Apresenta crescimento ao longo do tempo e não regride espontaneamente. Comumente evolui com recorrência após excisão. Por outro lado, cicatrizes hipertróficas consistem em cicatrizes elevadas, tensas e confinadas às margens da lesão original. Com freqüência tendem à regressão espontânea, vários meses após o trauma inicial. O tratamento é múltiplo e individualizado.

Brunno Rosique

Cirurgião plástico, Cirurgião geral

Goiânia

Agendar uma visita

Parte reparadora da cirurgia plástica, a correção de cicatrizes visa melhorar o aspecto de cicatrizes resultantes de traumas e/ou cirurgias prévias.

André Luiz Petineli Reda

Cirurgião plástico

São José do Rio Preto


A maioria das cicatrizes pode ter seu aspecto melhorado. É possível baixar as cicatrizes altas, levantar as deprimidas, clarear as escuras e escurecer as claras. Não trato aquelas cicatrizes que comprometem áreas de pele muito grandes, como as causadas por queimaduras extensas. Estas são da competência da cirurgia plástica. Tenho experiência no tratamento de cicatrizes deixadas por cirurgias, ferimentos, lesões de pele (acne, furúnculos, varicela/catapora entre outras). Inclua-se aí os quelóides e cicatrizes hipertróficas. Os métodos que utilizo variam de acordo com a cicatriz e incluem a infiltração com triancinolona, o microagulhamento, o laser e a luz intensa pulsada, entre outros.

André Lauth

Dermatologista

Curitiba

Agendar uma visita

Há diversas situações pelas quais uma pessoa passa e que causam as cicatrizes. Quando são pequenas e quase imperceptíveis, grande parte da população que as tem convive com elas sem grandes problemas. O mesmo não acontece quando são sinais visíveis que se deseja esconder. Isso se resolve, pela cirurgia plástica, com a cirurgia de correção de cicatriz, realizada para restabelecer a aparência da pele de antes de seu surgimento. Diferentes técnicas podem ser empregadas para corrigir uma cicatriz, conforme o tipo de marca existente. Na avaliação do caso o cirurgião plástico analisa qual ou quais será/serão utilizada(s). E o resultado final pode levar vários meses para ser percebido.

Nos dias atuais tudo acontece tão rápido que muitas coisas são esquecidas. Mas as cicatrizes ficam. Ou como a memória da cesariana do nascimento de nossos filhos ou daquele descuido andando de bicicleta no passado. O que causou a cicatriz não é o mais importante e sim, que você saiba que ela pode ter tratamento, com pomadas, infiltrações, laser e até cirurgia. A cirurgia não deixa o paciente sem cicatrizes, ela remove a cicatriz inestética para que no local permaneça outra cicatriz, com melhor aspecto estético. Para um melhor resultado é feito o fechamento em camas e utilizado uma cola especial. É importante lembrar que a cicatriz final também depende do cuidado que o paciente terá.

Mário Rocha

Cirurgião plástico

Sinop

Agendar uma visita

O microagulhamento é o nome “genérico” para um procedimento realizado sem padrão específico. Na minha prática, é utilizado para o tratamento da queda capilar (nas alopecias) e na face quando se objetiva o rejuvenescimento ou a atenuação de cicatrizes e do melasma. A técnica IPCA ® (Indução Percutânea de Colágeno por Agulhas) é a minha escolha. Nela, após aplicação de anestésico tópico, é utilizado um dispositivo contendo pequenas agulhas que provocam múltiplas microperfurações na pele, responsáveis por estimular a produção de novas fibras de colágeno e também pela uniformização do tom. Tanto no face quanto no couro cabeludo, pode favorecer a penetração de ativos ("drug delivery").

Cicatriz é o resultado da cicatrização de uma ferida. Quando a cicatriz apresenta mau aspecto, podemos retirar a cicatriz e procurar deixar uma nova com cuidados mais específicos: sutura mais delicada com fios apropriados, alongar e disfarçar a cicatriz em dobras naturais, utilização de aplicações e cremes, orientação e cuidados gerais e locais. No entanto, há casos em que os pacientes não cicatrizam bem e/ou as cicatrizes se localizam em áreas de mau resultado estético.

Cicatrizes são alterações cutâneas devido a ferimentos, acne, cirurgias e outras atividades que lesionam a pele. Algumas cicatrizes são estéticamente aceitáveis e pouco perceptiveis, porém outras podem ocasionar dor, coceira e grande alteração estética. Cicatriz hipertrófica e quelóides são as mais comuns. Felizmente há tratamentos e opções terapêuticas para amenizar os sintomas e melhorar a aparências das cicatrizes

Bruno De Paula E Silva Felici De Souza

Cirurgião plástico, Cirurgião geral

São José Do Rio Pardo

Agendar uma visita

Cicatriz ou fibrose são áreas de tecido fibroso e são resultado de uma lesão da derme, geralmente em consequência de um trauma ou de um corte cirúrgico. Causam impacto estético e existem diversos tratamentos para melhorar seu aspecto, desde geis ou fitas de silicone até laser e radiofrequência.

Laís De Abreu Mutti

Dermatologista

São Paulo


Descoloração, irregularidades da superfície e demais cicatrizes mais sutis podem ser esteticamente melhoradas por cirurgia. Cicatrizes hipertróficas são altas, vermelhas e/ou desconfortáveis, e podem se tornar maiores ao longo do tempo. Podem ser hiper ou hipopigmentadas Quelóides são maiores que as cicatrizes hipertróficas. Podem ser dolorosas ou com prurido e, também, podem enrugar. Elas se estendem para além das bordas de uma ferida ou incisão inicial, podendo ocorrer em qualquer parte do corpo. Desenvolvem-se mais comumente na face, no pescoço, nas orelhas, no peito e nos ombros.

Danilo Chammas

Cirurgião cranio-maxilo-facial, Cirurgião plástico

São José do Rio Preto


As cicatrizes da pele surgem após traumas, sejam cirúrgicos ou não. O ideal é adotar medidas preventivas logo após a pele ser ferida como evitar infecções, não expor a área ao sol, não remover a "casca" que por ventura se forme. Entretanto, se surgirem cicatrizes, tratamentos como microagulhamento, Laser ou Luz pulsada podem minimizar sua aparência.

Paula Corrêa

Dermatologista

Recife


A cirurgia de correção de cicatriz reduz a cicatriz de modo que fique mais uniforme com o seu tom de pele e a textura circundante.As cicatrizes são sinais visíveis que permanecem após uma ferida ser cicatrizada, sendo resultado inevitável de lesão ou cirurgia, e seu desenvolvimento pode ser imprevisível. Mesmo uma ferida que cicatriza bem pode resultar em cicatriz precária em sua aparência. Suas opções de tratamento variam de acordo com o tipo e o grau de cicatrização e podem incluir: • Tratamentos tópicos simples; • Procedimentos minimamente invasivos; • Revisão cirúrgica com técnicas avançadas de fechamento da ferida. Cada paciente apresenta um tratamento individualizado.

Carlos Augusto Ferreira Moreira

Cirurgião plástico

Dourados


A cicatriz hipertrófica é aquela que não ultrapassa os limites de uma excisão primária, enquanto os quelóides superam esse limite e podem crescer exageradamente. Há muitos recursos para melhorar ou corrigir essas cicatrizes, tais como utilização de silicone tópico, corticoides tópicos e intralesionais, 5-fluoruracil, bleomicina, laser fracionado, microagulhamento e incisão cirúrgica.

Paula Amorim

Dermatologista

Rio de Janeiro


As cicatrizes de acne são lesões que geram grande grau de incômodo e são queixas frequentes no consultório dermatológico. As cicatrizes são resultado da recuperação da pele que sofreu uma agressão. Elas podem se formar de forma mais discreta, deixando um leve sombreado na pele do paciente, ou de forma desorganizada, com alterações de relevo, textura e cor. É possível minimizar as áreas afetadas com tratamentos específicos, que deixam a face com um aspecto mais nivelado e harmonioso. O médico dermatologista realiza exames detalhados das características das cicatrizes de cada paciente e propõe um programa individualizado de acordo com as necessidades de cada um.

Fábio Gontijo

Dermatologista

Belo Horizonte

Agendar uma visita

As cicatrizes são uma resposta do organismo a uma lesão direta na pele. Toda vez que a pele sofre um trauma, ocorre uma reparação do tecido e forma-se uma cicatriz. O modo como uma cicatriz se forma depende da idade, do local e do agente que causou a lesão. Os métodos de tratamento dependem do tipo de cicatrização, temos laser CO2, peeling químico, luz pulsada, microdermoabrasão. Uma das cicatrizes mais conhecidas é a quelóide, que é uma cicatriz que não sabe parar de crescer, tornando-se maior do que própria lesão.

Giselle Sanches

Dermatologista, Especialista em medicina estética

São Paulo


Cicatrizes: como tratar? As cicatrizes se apresentam de diversas formas. Algumas podem regredir parcialmente, outras não. Diferentes tratamentos são propostos conforme o tipo de cicatriz. A cirurgia para retirada parcial e remodelamento da cicatriz é um deles. O fato é que cicatrizes podem ser mais estéticas ou melhor colocadas a depender do caso. Procure um cirurgião plástico e tire suas dúvidas.

Daniel Sakaki

Cirurgião plástico, Especialista em medicina estética

Rio de Janeiro

Agendar uma visita

Cicatrizes surgem no processo de recuperação da pele após traumas, como cirurgias, acidentes, ou mesmo após doenças. Podem ser atróficas (deprimidas), ou hipertróficas (fibróticas), também finas ou alargadas. O tratamento dependerá do tipo de cicatriz. Diversas técnicas podem ser empregadas para minimizar seu aspecto, a maioria delas realizada no próprio consultório dermatológico. Chamo à atenção a técnica de microagulhamento robótico, em que os "microfuros" estimulam a formação de colágeno e suavizam as cicatrizes, de forma menos dolorosa e mais eficaz que os "dermarrolers" comuns. Muito utilizada no tratamento de cicatrizes de acne, em todos os tons de pele.

Renata Figueira

Dermatologista

Brasília


A formação cicatricial nem sempre acontece como previsto. Ela pode ser influenciada por fatores externos, como contaminação, tensão, hematomas, técnica utilizada na sutura, e fatores internos, relacionado ao organismo do paciente (estado nutricional, doenças crônicas, medicamentos, genética). Além das cicatrizes puramente inestéticas (alargadas, escuras, irregulares), existem alterações como hipetrofia e quelóide. A avaliação destas cicatrizes deve ser feita pelo cirurgião plástico e o tratamento pode ser clínico (medicamentos, laser) ou cirúrgico. Para maiores informações, agende sua consulta.

Laura Aita

Cirurgião plástico

Rio de Janeiro

Quais profissionais tratam Cicatriz?


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.