Doenças dos genitais femininos - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Especialistas em doenças dos genitais femininos

Encontre um especialista em Doenças Dos Genitais Femininos na sua cidade:
Eduardo Guerra

Eduardo Guerra

Ginecologista

Xanxerê

Júlia Beatriz Coelho

Júlia Beatriz Coelho

Médico clínico geral, Ginecologista

Botucatu

Gilka Paiva

Gilka Paiva

Ginecologista

João Pessoa

Isadora Calafate

Isadora Calafate

Ginecologista

Rio de Janeiro

FERNANDA ERCI BAUER

FERNANDA ERCI BAUER

Ginecologista

Cotia

Flávio Garcia de Oliveira

Flávio Garcia de Oliveira

Ginecologista

São Paulo

Perguntas sobre Doenças dos genitais femininos

Nossos especialistas responderam a 9 perguntas sobre Doenças dos genitais femininos

A resposta a diferentes estímulos é individual. O clitoris permanece recoberto pelo seu capuz, que é a continuação da pele, e quando esta é retraída, pode-se perceber a glande do clítoris ou…
1 respostas

sim... 'e.... transmitido via contato intimo...
2 respostas

Dr. Paulo Gustavo Tenorio do Amaral
Dr. Paulo Gustavo Tenorio do Amaral
Ginecologista, Mastologista
São Paulo
Olá! Nem sempre esses sintomas indicam infecção. Porém pode ser algo simples ou mais importante. Procure seu médico e faça uma avaliação detalhada os órgãos genitais!
3 respostas

Especialistas falam sobre Doenças Dos Genitais Femininos

Nome genérico para todas as doenças que afetam os órgãos reprodutores da mulher, ou seja, vulva, vagina, útero (inclusive o colo do útero), trompas, ovários e mamas. O estudo e o tratamento destas moléstias é feito pelo ginecologista, requerendo um treinamento. Por serem muito frequentes, há muita pesquisa científica sobre estas doenças, graças ao que têm surgido recentemente técnicas revolucionárias para diagnóstico, como ultra-sonografia, ressonância nuclear magnética e urodinâmica, bem como tratamentos inovadores com o Laser e videolaparoscopia.

Quais profissionais tratam Doenças dos genitais femininos?


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.