Embolia - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Especialistas em embolia

Encontre um especialista em Embolia na sua cidade:
Rodrigo Silveira Santos

Rodrigo Silveira Santos

Médico clínico geral, Intensivista

Belo Horizonte

Gustavo Bomfim Dos Santos

Gustavo Bomfim Dos Santos

Cirurgião vascular

Campinas

Talitta Souza

Talitta Souza

Cirurgião vascular

Rio de Janeiro

Vinicius Oliveira Gomes

Vinicius Oliveira Gomes

Cirurgião vascular

Goianésia

Marcos Valias de Resende Toledo

Marcos Valias de Resende Toledo

Cirurgião vascular

São Paulo

Juliana Puggina

Juliana Puggina

Cirurgião vascular

São Paulo

Perguntas sobre Embolia

Nossos especialistas responderam a 12 perguntas sobre Embolia

Dr. Ricardo Aun
Dr. Ricardo Aun
Cirurgião vascular
São Paulo
Assim que não houverem mais sintomas e seu médico liberar
2 respostas

Com tratamento adequado, levará de 3 a 6 meses para o coágulo dissolver, dependendo do tamanho da embolia e como seu corpo se cura. Pelo próprio efeito da medicação, o sangramento é o maio fator…
2 respostas

 Ana Luiza Dantas
Ana Luiza Dantas
Cirurgião vascular
Recife
A embolia aconteceu naquela ocasião por causa do acidente e dos fatores de risco associados. Sem esses fatores de risco e seguindo o tratamento, as chances de apresentar uma nova embolia são…
2 respostas

Especialistas falam sobre Embolia

Embolia ocorre quando um trombo se desprende e vai parar em outro lugar. A emboia pode ocorrer tanto na circulação venosa quanto na arterial. Na circulação arterial, pode provocar infarto do coração, AVC ou entupimento da circulação nas pernas. É sempre um quadro grave que exige tratamento imediato em unidade hospitalar devido ao risco de morte associado. Já a embolia da circulação venosa pode provocar entupimento da circulação pulmonar e o sintomas podem variar desde de uma falta de ar sem repercussão até a necessidade de aparelhos para auxiliar a respiração e internação na UTI. Ambos os casos de emboia precisam ser acompanhados por médicos experientes.

Ludmila Bertti Coelho

Angiologista, Cirurgião vascular

Brasília


As embolias vasculares mais comuns podem ser venosas ou arteriais. As venosas são causadas por coágulos desprendidos provenientes de tromboses venosas localizadas em 90% das vezes em veias ilíacas e de membros inferiores. Os êmbolos arteriais em 80% das vezes são de origem cardíaca, decorrentes de fibrilação atrial. Em pacientes hospitalizados, embolias sépticas por endocardite infecciosa também podem acontecer, bem como embolia por fragmentos de placa de gordura por aterosclerose e de trombos murais de dentro dos aneurismas. Existem as embolia de gordura e de ar, normalmente consideradas como complicações médicas, além das atípicas, de corpos estranhos que entram na circulação.

Alexandre De Arruda Martins

Angiologista, Cirurgião vascular

São Paulo

Agendar uma visita

Quais profissionais tratam Embolia?


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.