Puberdade precoce - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Especialistas em puberdade precoce

Encontre um especialista em Puberdade Precoce na sua cidade:
Rafaela Norbim Barcelos

Rafaela Norbim Barcelos

Endocrinologista

Linhares

Paulo Roberto Fortunato do Nascimento

Paulo Roberto Fortunato do Nascimento

Pediatra

Balneário Camboriú

Eduardo Coelho Machado

Eduardo Coelho Machado

Endocrinologista

Pelotas

Jenner Chrystian Verissimo de Azevedo

Jenner Chrystian Verissimo de Azevedo

Endocrinologista, Pediatra

Natal

Nathalia Liberatoscioli Menezes de Andrade

Nathalia Liberatoscioli Menezes de Andrade

Endocrinologista

São Paulo

Ana Paula Bordallo

Ana Paula Bordallo

Endocrinologista pediátrico

Rio de Janeiro

Perguntas sobre Puberdade precoce

Nossos especialistas responderam a 123 perguntas sobre Puberdade precoce

Pode ser normal sim, porém a avaliação deve ser feita pelo médico especialista através do exame físico e caso julgue necessário solicitará exames laboratoriais e de imagem.
1 respostas

Dra. Michele Pochettini Martins Menezes
Dra. Michele Pochettini Martins Menezes
Endocrinologista, Médico clínico geral
Niterói
Bom dia! Comece a contar no dia seguinte.Se a primeira dose foi dia 18/2/19, a próxima seria 19/3/19 ( prescrição de 28/28 dias).
1 respostas

Dra. Michele Pochettini Martins Menezes
Dra. Michele Pochettini Martins Menezes
Endocrinologista, Médico clínico geral
Niterói
Boa tarde. Se a sua filha foi diagnosticada com puberdade precoce, as vezes, precisa realmente fazer o tratamento para bloquear puberdade. Deve ser avaliado, por exemplo, a idade em que foi iniciada…
1 respostas

Especialistas falam sobre Puberdade Precoce

Puberdade precoce é o desenvolvimento de certos aspectos típicos da puberdade, porém, antes da idade considerada como normal, numa criança com menos de 8 anos (numa menina) ou 9 anos (no caso dos meninos). Pode ser ocasionada por diversas condições, inclusive tumores do sistema nervoso central, mas sua principal causa é a idiopática(desconhecida). O tratamento adequado dessa condição evita maior perda de estatura final e problemas psicológicos oriundos do desenvolvimento prematuro das características sexuais.

Antonio Glauber Teofilo Rocha

Médico clínico geral, Endocrinologista

Fortaleza


O início da puberdade é evidenciado por um maior crescimento, assim como pelo aumento do volume testicular nos meninos e surgimento do broto mamário nas meninas. Considera-se Puberdade Precoce quando o aparecimento de caracteres puberais dá-se antes dos 8 anos de idade no sexo feminino e antes dos 9 anos no sexo masculino. O tratamento da Puberdade Precoce é realizado com medicamentos que diminuem a produção de esteroides sexuais. Esse tratamento segue rigoroso critério e acompanhamento, traz benefícios psicossociais e evita perda em relação à altura final. É importante ressaltar que a Puberdade precoce, além do comprometimento da altura final, pode gerar consequências psicossociais.

Roberta Borges De Castro

Endocrinologista pediátrico

Uberlândia


Classicamente, o Puberdades que se iniciem, em meninas menores de 6 anos ou em meninos menores do que 7 ou 8 anos, são consideradas muito precoces, requerendo investigação e, freqüentemente, tratamento. Na idade compreendida entre 6 e 8 anos (meninas) e 7 e 9 anos (meninos), considera-se um período limítrofe, no qual a avaliação clínica do ritmo de desenvolvimento puberal irá definir a necessidade de investigação laboratorial ou eventual tratamento.início da puberdade deve ocorrer entre 8 e 13 anos, nas meninas, e no período que vai dos 9 aos 14 anos, nos meninos. Quando a puberdade for realmente precoce ,a investigação da causa do processo é necessária para definir o tratamento adequado.

Renata Atihe

Endocrinologista, Endocrinologista pediátrico

São Paulo


Sinais como aparecimento de pêlos pubianos e/ou aumento de mamas antes dos 8 anos nas meninas assim como aparecimento de pêlos pubianos e/ou aumento dos testiculos antes dos 9 anos nos meninos pode ser sinal de puberdade precoce. A puberdade precoce tem tratamento mas a criança deve ser avaliada o quanto antes por um endocrinologista pediatra para evitar uma menstruaçao precoce ou a baixa estatura na vida adulta.

Marcia Cristina Bastos Viana

Endocrinologista pediátrico, Pediatra

Santo André

Agendar uma visita

Puberdade precoce é o aparecimento dos caracteres sexuais secundários: mamas e pêlos púbicos em meninas, antes dos 8 anos de idade. Deve-se sempre investigar a causa e avaliar a possibilidade e vantagens do tratamento. Um tratamento ou acompanhamento realizados no momento certo, podem impedir as consequências da puberdade precoce como a baixa estatura. É importante agendar uma consulta com o ginecologista e/ou o endocrinologista para avaliação e conduta adequada. A avaliação do peso, estatura e o exame físico ginecológico para avaliar o grau de desenvolvimento puberal são fundamentais para o diagnóstico e conduta adequadas. Além disto podem ser necessários exames de laboratório e imagem.

Ivana Fernandes Souza

Ginecologista

Florianópolis


O desenvolvimento precoce ou tardio de pelos pubianos, mamas, aumento peniano ou dos testículos e, ainda, a ocorrência da primeira menstruação podem estar relacionados com alterações hormonais e precisam ser investigados. É considerado normal o início da puberdade nas meninas entre 8 e 13 anos e nos meninos entre 9 e 14 anos. O início precoce da puberdade pode levar a baixa estatura na vida adulta, um dos motivos que justifica o diagnóstico e tratamento no tempo correto.

Flávia Corrêa Christensen Adad

Endocrinologista pediátrico, Pediatra

Campinas


Período de transição entre a infância e a vida adulta, com mudanças no corpo do menino ou da menina, devido ao aumento da produção dos hormônios sexuais pelas gônadas (ovários nas meninas e testículos nos meninos).As alterações são físicas e psicológicas, com grandes oscilações emocionais e inicio do interesse sexual. Principais modificações nas meninas: aparecimento dos seios, pelos pubianos e axilares, odor axilar, crescimento acelerado, aumento da oleosidade da pele, com acnes, e início do ciclo menstrual. Nos meninos, há aumento do volume dos testículos, aparecimento de pelos pubianos e axilares, barba, aumento da oleosidade da pele, com acne, crescimento acelerado e alteração da voz.

Thiago Santos Hirose

Endocrinologista, Endocrinologista pediátrico

Ribeirão Preto


O primeiro sinal da puberdade nas meninas é o aparecimento das mamas, e nos meninos o aumento do volume testicular, seguindo uma evolução progressiva e previsível em ambos os sexos. Considera-se normal o início da puberdade a partir dos 8 anos nas meninas e 9 anos nos meninos. Antes disso, denominamos de puberdade precoce, podendo ser uma variante da normalidade, porém deve sempre ser investigada para afastar causa patológicas, como por exemplo tumores produtores de hormônios. Necessita muitas vezes de bloqueio famarcológico da puberdade até a idade adequada e em alguns casos hormônio de crescimento a fim de potencializar o crescimento e evitar a perda de estatura.

Dalva Castro De Oliveira

Endocrinologista pediátrico, Pediatra

São Paulo

Agendar uma visita

Puberdade é o conjunto de mudanças de caráter biológico que acontece no início da adolescência. Seu primeiro sinal no sexo feminino é o aparecimento do broto mamário e posteriormente o aparecimento de pelos pubianos e axilares e, finalmente a primeira menstruação. Já no sexo masculino, o primeiro sinal é o aumento do volume testicular seguido do maior desenvolvimento peniano, aparição dos pelos pubianos, axilares e, por último, faciais. È nesse periodo que observa-se o estirão de crescimento. É considerada precoce quando se inicia antes do 8 anos (meninas) e 9 anos (meninos) e por serem inumeras as causas, se faz importante a avaliação clínica com exames laboratoriais e de imagem específicos

Quais profissionais tratam Puberdade precoce?


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.