Abortamento incompleto - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Todas as mulheres que engravidam possuem uma chance de 20% de a gestação não evoluir, que é um aborto.

O mulher pode sangrar e eliminar totalmente o aborto, chamamos de aborto completo, e no caso do sangramento não eliminar tudo, chamamos de aborto incompleto, sendo necessário um tratamento cirúrgico, com curetagem ou aspiração manual intrauterina.

Caso a mulher não sangre, e após duas semanas o aborto persistir, chamamos de aborto retido, e pode ser necessário um tratamento cirúrgico.

Especialistas em abortamento incompleto

Encontre um especialista em Abortamento Incompleto na sua cidade:
Annelise Ferreira de Araújo Ruiz

Annelise Ferreira de Araújo Ruiz

Ginecologista

Ribeirão Preto

Daniela Barros

Daniela Barros

Ginecologista

Caçapava

Dinamelia Ribeiro de Oliveira Rabelo

Dinamelia Ribeiro de Oliveira Rabelo

Ginecologista

Anápolis

Carina Soler Camargo de Carvalho

Carina Soler Camargo de Carvalho

Ginecologista

Guarulhos

Marilia Martins Lopes

Marilia Martins Lopes

Ginecologista

Rio de Janeiro

Karla Filgueiras Rezende

Karla Filgueiras Rezende

Ginecologista

Niterói

Perguntas sobre Abortamento incompleto

Nossos especialistas responderam a 2 perguntas sobre Abortamento incompleto

Sinceramente , desconheço o uso de transamin em grávida. Atenciosamente !!
3 respostas

Dr. Roberto Buenfil de Faria
Dr. Roberto Buenfil de Faria
Ginecologista
São Paulo
O abortamento espontâneo pode ser completo quando todo conteúdo intrauterino é eliminado para fora do útero, ou INCOMPLETO quando ainda fica material dentro do útero durante o processo de abortamento.
2 respostas

Quais profissionais tratam Abortamento incompleto?


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.