Adenoma de células hepáticas - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Não descuide da sua saúde

Escolha a consulta online para iniciar ou continuar o seu tratamento sem sair de casa. Se precisar, você também pode marcar uma consulta no consultório.

Mostrar especialistas Como funciona?

Especialistas - adenoma de células hepáticas

Encontre um especialista na sua cidade:
Giselle F. Mendes Rodrigues

Giselle F. Mendes Rodrigues

Oncologista, Cirurgião geral

Rio de Janeiro

Mauricio Fernando de Almeida Barros

Mauricio Fernando de Almeida Barros

Cirurgião do aparelho digestivo, Gastroenterologista

São Paulo

Gilton Marques Fonseca

Gilton Marques Fonseca

Cirurgião do aparelho digestivo

São Paulo

Reinaldo Fernandes

Reinaldo Fernandes

Cirurgião do aparelho digestivo

Niterói

Lucas Souto Nacif

Lucas Souto Nacif

Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral

São Paulo

Agendar uma visita
Vitor Oliveira Botelho de Carvalho

Vitor Oliveira Botelho de Carvalho

Hepatologista, Gastroenterologista

Divinópolis

Perguntas sobre Adenoma de células hepáticas

Nossos especialistas responderam a 7 perguntas sobre Adenoma de células hepáticas

Olá. Sempre siga as orientações do seu médico. Agende a sua consulta de reavaliação e esclareça suas dúvidas.
A sua avaliação clínica através da sua história clínica, suas queixas e exame…
1 respostas


Boa noite
Adenoma hepático é um tumor benigno mas que apresenta possibilidade de sangrar ou de malignizar. A cirurgia para sua retirada normalmente é indicada em adenomas em homens ou…
1 respostas


Adenoma hepatico em homem tem mais frequentemente mutacao da proteina beta catenina que esta associada a cancer. Muitos estudos sugerem que a melhor conduta em adenomas no sexo masculino e a…
2 respostas

Especialistas falam sobre Adenoma De Células Hepáticas

O adenoma hepático é um tumor benigno do fígado, mais comum em mulheres que utilizam hormônios (como anticoncepcionais orais). Seu diagnóstico tem sido mais frequente, e os exames de imagem atuais (em especial a ressonância magnética) podem fazer o diagnóstico, sem a necessidade de biópsia. Apesar de benigno, este tipo de neoplasia tem potencial de complicações (sangramento em até 30% e malignização em 10% dos casos), em especial quando > 5cm ou no sexo masculino. Nestas situações, o tratamento cirúrgico é indicado, sendo a cirurgia (convencional ou laparoscópica) realizada para ressecção do tumor.

Fabricio Ferreira Coelho

Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral

São Paulo

Agendar uma visita

Quais profissionais tratam Adenoma de células hepáticas?

Pesquisas relacionadas


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.