Fraturas do colo femoral - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Não descuide da sua saúde

Escolha a consulta online para iniciar ou continuar o seu tratamento sem sair de casa. Se precisar, você também pode marcar uma consulta no consultório.

Mostrar especialistas Como funciona?

Especialistas - fraturas do colo femoral

Sergio Agulham

Sergio Agulham

Ortopedista - traumatologista

Irati

Rafael Rodrigues Lipai

Rafael Rodrigues Lipai

Ortopedista - traumatologista

São Paulo

Jose Venancio de Oliveira Junior

Jose Venancio de Oliveira Junior

Ortopedista - traumatologista

Recife

Rodrigo Pereira Guimarães

Rodrigo Pereira Guimarães

Ortopedista - traumatologista

São Paulo

Lauro Cardozo Magalhães Filho

Lauro Cardozo Magalhães Filho

Ortopedista - traumatologista

Salvador

Nayguel Campos Almeida

Nayguel Campos Almeida

Cirurgião geral

Aracaju

Perguntas sobre Fraturas do colo femoral

Nossos especialistas responderam a 5 perguntas sobre Fraturas do colo femoral

Não existe rejeição,pois é metal inerte,não material orgânico.A sintese é retirada devido à complicações,sendo a mais frequente,a infecção.
2 respostas


Infelizmente,deve tratar cirurgicamente por outros métodos de fixação e enxertia,pois devido à inserções de músculos do quadril que fazem movimentos
2 respostas


Ola!
Pode sim, sem problemas.
3 respostas

Especialistas falam sobre Fraturas Do Colo Femoral

A fratura do colo femoral vem crescendo muito ultimamente no Brasil devido ao envelhecimento da população. O tratamento da fratura do colo do fêmur depende de vários fatores, entre eles a idade do paciente e a característica da fratura. São fraturas mais comumente encontradas em idosos devido à quedas, porém traumas de grande energia como acidentes automobilísticos, tornaram a frequência em jovens não tão raras.

Murilo Oliveira De Almeida

Ortopedista - traumatologista

Goiânia

Agendar uma visita

Quais profissionais tratam Fraturas do colo femoral?

Pesquisas relacionadas


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.