Halitose - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Especialistas em halitose

Encontre um especialista em Halitose na sua cidade:
Rowilson Cleber de Melo

Rowilson Cleber de Melo

Otorrino

Curitiba

Marina Ferraz Gontijo

Marina Ferraz Gontijo

Otorrino

Brasília

Merielle Rezende

Merielle Rezende

Dentista

Uberlândia

Alexandre da Cunha Diniz

Alexandre da Cunha Diniz

Dentista

João Pessoa

Flávia Wolf Torikachvili

Flávia Wolf Torikachvili

Otorrino

Cachoeirinha

Perguntas sobre Halitose

Nossos especialistas responderam a 22 perguntas sobre Halitose

Olá. Pelo que você comenta, já sabe possuir caseum, que é um motivo importante para halitose, visto que é um material residual de alimento e células mortas. Claro que deve ser investigado causas…
1 respostas

A halitose e multifatorial pode ser causada por problemas na gengiva , presença de tártaros dentários , lesões cariosas e deficiência na higienização,isso tudo pode ser avaliado por um dentista…
3 respostas

 Sylvia Lessa Bini
Sylvia Lessa Bini
Dentista
Belo Horizonte
olá tudo bem? Sou capacitada a realizar tratamento em halitologia. Pode ser diversos motivos essa sensação de podre inclusive deficiência de alguns componentes séricos. Para o correto diagnóstico…
3 respostas

Especialistas falam sobre Halitose

As causas bucais correspondem de 92,7% a 96,2% dos casos de mau hálito, segundo o profissional. A saburra lingual lidera como o principal motivo da halitose. Em segundo lugar entram as doenças periodontais. “A saburra ou biofilme lingual é uma placa bacteriana esbranquiçada ou amarelada que se forma no fundo da língua e doença periodontal são as que acometem a gengiva, osso de suporte dos dentes e as fibras do ligamento (que unem gengiva, dente e osso)”. O mau hálito também pode ser decorrente de fatores externos à boca, apesar da incidência ser bem menor, de 3,8% a 7,3% dos casos. "As causas da halitose extrabucal mais comuns são pela ingestão de alimentos que alteram o odor do hálito

Daniel De Barros Itikawa

Dentista, Terapeuta complementar

Goiânia


5 orientações para tratamento da halitose (mau hálito): Escovar a língua e remover a sabura com limpador de língua diariamente; Realizar gagarejos com água. Evitar uso de anti-sépticos bucais com álcool; Escovar os dentes e usar fio dental após as refeições; Tomar bastante água; Evitar tabagismo, etilismo e ingestão de alimentos condimentados com muito alho e cebola.

A Halitose, ou mau hálito, geralmente é causado por problemas bucais. Dentre estes problemas, estão a cárie, a doença periodontal (periodontite), a xerostomia (boca seca) e o acúmulo de resíduos e bactérias sobre a língua. Um profissional capacitado poderá diagnosticar o real motivo da halitose para cada paciente.

Dr. Rowan Vilar

Dentista

Rio de Janeiro

Agendar uma visita

Halitose é sinal de um desequilíbrio e não é uma doença. Para o correto diagnóstico é necessário uma avaliação detalhada e exames específicos como: sialometria (exame da saliva), avaliação organoléptica (considerado o teste padrão ouro-avaliação do ar exalado) e halitometria (aparelho halimeter ou o oral chroma).

Sylvia Lessa Bini

Dentista

Belo Horizonte

Quais profissionais tratam Halitose?


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.