Pinta - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Especialistas em pinta

Encontre um especialista em Pinta na sua cidade:
Leticia Peres de Barros

Leticia Peres de Barros

Generalista

Belo Horizonte

Isabella Martins

Isabella Martins

Dermatologista

Salvador

Daniela Ferro Farias

Daniela Ferro Farias

Dermatologista

Americana

Marília Gabriela Ribeiro Rafael

Marília Gabriela Ribeiro Rafael

Dermatologista

Unaí

Marina Lucato Féres

Marina Lucato Féres

Dermatologista

Santo André, SP

Fernanda Aguiar

Fernanda Aguiar

Dermatologista

Curitiba

Perguntas sobre Pinta

Nossos especialistas responderam a 3 perguntas sobre Pinta

Não dá para dizer sem avaliar. Agende uma consulta com o médico especialista (dermatologista) que irá dizer do que se trata e se é ou não necessário remover a lesão.
1 respostas

Dra. Carolina Garcia Feijó
Dra. Carolina Garcia Feijó
Dermatologista
Curitiba
É possível que cresça novamente, sim.
Abraço,
Carolina
2 respostas

Olá! Toda cirugia de pele resulta em uma cicatriz. A cicatriz pode ficar bem discreta dependendo das características genéticas do paciente, técnica cirúrgica utilizada e cuidados pós operatórios.…
3 respostas

Especialistas falam sobre Pinta

É muito comum o paciente em consulta falar: Dra. quero tirar essa pinta ou Dra. quero tirar essa verruga. O nome certo dessas lesões que variam muito de cor, tamanho, espessura e localização se chama Nevo. Os Nevos devem ser removidos por vários motivos sendo o principal a estética (o paciente não gosta da lesão), localização em áreas de dobras ou áreas de difícil acompanhamento como nos pés e couro cabeludo, nevos que machucam com frequência( área de barba), nevos maiores de 0.6mm, formato irregular e com mais de uma coloração e ainda a lesão que muda de cor e tamanho . Se a sua pinta ou verruga se encaixa em um desses exemplos seria bom examina-las e se necessário retira-las.

Bianca De Castro

Dermatologista

Goiânia

Quais profissionais tratam Pinta?


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.