Prostatite aguda e crônica - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Não descuide da sua saúde

Escolha a consulta online para iniciar ou continuar o seu tratamento sem sair de casa. Se precisar, você também pode marcar uma consulta no consultório.

Mostrar especialistas Como funciona?

Especialistas - prostatite aguda e crônica

Encontre um especialista na sua cidade:
Andre Alvarez Guzzardi

Andre Alvarez Guzzardi

Urologista

Marília

Marcos Dall'Oglio

Marcos Dall'Oglio

Urologista

São Paulo

Paulo de Almeida Rocha

Paulo de Almeida Rocha

Urologista

São Paulo

Perguntas sobre Prostatite aguda e crônica

Nossos especialistas responderam a 4 perguntas sobre Prostatite aguda e crônica

Olá
O atrito da relação não causa prostatite crônica
Att
Dr Alexandre
1 respostas


Necessário avaliar o seu caso para orientar a melhor conduta. abraço
3 respostas


A prostatite e ou epididimite não costumar causar disfunção erétil. A disfunção erétil pode ter várias causas como problemas vasculares, doenças que afetam a inervação do pênis como o diabetes,…
1 respostas

Especialistas falam sobre Prostatite aguda e crônica

A Prostatite é uma causa de dor pélvica crônica. Além do processo inflamatório e infeccioso, observo espasmo assoalho pélvico e pontos gatilhos miofasciais. A persistência da dor e do desconforto leva a sensibilização do sistema nervoso central e uma amplificação do sofrimento. Há estudiosos que observam contaminação de bactérias bem específicas, que só são achadas em investigações mais detalhadas. Além disso, pode ocorrer o comprometimento do nervo pudendo, com um tipo de dor neuropática associada. O programa de tratamento sempre deve ser baseado numa abordagem biopsicossocial. O corpo como um todo.

Maike Heerdt

Especialista em dor, Terapeuta complementar

São Paulo

Quais profissionais tratam Prostatite aguda e crônica?

Pesquisas relacionadas


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.