Herpes labial - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Especialistas em herpes labial

Encontre um especialista em Herpes Labial na sua cidade:
Albano Teixeira Freitas

Albano Teixeira Freitas

Dentista

Belo Horizonte

Carla Moreira

Carla Moreira

Dentista

Volta Redonda

Aparecida Rosangela Gimenez Sona

Aparecida Rosangela Gimenez Sona

Dentista

Campo Grande

Itana Amaral Souza

Itana Amaral Souza

Dentista

Anápolis

Letícia Plens Bicudo

Letícia Plens Bicudo

Dentista

Itu

Perguntas sobre Herpes labial

Nossos especialistas responderam a 70 perguntas sobre Herpes labial

Olá, herpes labial pode ser recorrente mesmo. É preciso uma avaliação minusiosa para descobrir as causas. E o mais importante, existe tratamento. Agende uma avaliação!
2 respostas

Sim, pode tanto ser contaminada novamente como também o vírus que se encontra alojado no organismo se manifestar com uma queda na imunidade.
1 respostas

Dra. Luciane Pesqueira
Dra. Luciane Pesqueira
Generalista, Especialista em medicina estética
São Paulo
Sim, idosos devemos considerar que pela idade e imunocomprometimento senil poderá desencadear a doença independente de sua vida afetiva sexual
1 respostas

Especialistas falam sobre Herpes Labial

LASERTERAPIA - TRATAMENTO RÁPIDO DA HERPES (2 A 3 DIAS) -A aplicação de Laser diminui o período das lesões para até dois dias, reduz a carga viral, acelera a cicatrização, alivia a dor e o desconforto e repara o tecido promovendo melhor cicatrização. Além disso, evita o uso de medicamentos e diminui a frequência das crises. As aplicações são rápidas e totalmente sem dor.

Ricardo Abreu De Queiroz

Dentista

Belo Horizonte


Herpes labial se manifesta em forma de feridas em formato de vesículas (pequenas bolhas) afetando os lábios. É provocada pelo vírus Herpes simples que se aloja nas terminações nervosas da face, e se manifesta quando a imunidade (defesas do organismo) está baixa. O melhor tratamento para a herpes é a aplicação de laserterapia, pois o laser pode tanto tratar as lesões existentes, como também prevenir o surgimento de novas lesões, além de melhorar o sistema inunológico. Não existe remédios que funcionem tão bem para esse tratamento, visto que o vírus herpes simples fica alojado nos nervos durante a vida toda da pessoa, e qualquer diminuição da imunidade pode facilitar o surgimento das feridas.

A herpes labial é transmitida por meio de contato pessoal direto, como o beijo. A herpes labial provoca pequenas lesões cheias de líquido, ou seja, feridas ou bolhas próximo aos lábios e elas são recorrentes. A laserterpia pode acelerar a cicatrização e reduzir a reincidência.

Causada por um vírus, é uma doença que em muitas pessoas apresenta caráter recorrente (vai e vem de tempos em tempos). Via de regra não deixa sequelas e de fato só incomoda enquanto está em atividade. As melhores formas para se tratar crises e prevenir novos episódios devem ser determinadas com o Dermatologista, pois são muitas variáveis a serem analisadas.

Quais profissionais tratam Herpes labial?


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.