Hipomastia - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Especialistas em hipomastia

Encontre um especialista em Hipomastia na sua cidade:
Márcia Brandão

Márcia Brandão

Cirurgião plástico

Rio de Janeiro

Daniel Pinheiro Machado

Daniel Pinheiro Machado

Cirurgião plástico

Porto Alegre

Naida Maria Benaglia Moura

Naida Maria Benaglia Moura

Cirurgião plástico

São Bernardo do Campo

Paulo Henrique Laia

Paulo Henrique Laia

Cirurgião plástico

Belo Horizonte

Marianna Meirelles

Marianna Meirelles

Cirurgião plástico

Belo Horizonte

Danilo Sugita

Danilo Sugita

Cirurgião plástico

Goiânia

Especialistas falam sobre Hipomastia

A hipomastia se caracteriza pelo pouco desenvolvimento das mamas femininas , originando pouco volume mamário, que pode ser unilateral ou bilateral. O tratamento consiste em colocar um par de próteses de silicone. As proteses variam em volume, forma, projeção, diâmetro e superficie externa. A superficie das proteses pode ser texturizada, lisas ou poliuretânica. Cada uma tem sua indicação precisa. O local de colocação das próteses pode ser subglandular ou submuscular, ou seja , abaixo da glândula ou abaixo do músculo. A indicação do plano é feita pelo cirurgião após análise física da paciente. o local da incisão , por onde entrará a prótese , pode variar de periareolar , inframamário e axilar.

Marco Antonio Vaz

Cirurgião plástico

Florianópolis


Hipomastia nada mais é do que mamas pequenas. Quando a paciente se sente incomodada com essa situação, o ideal é a colocação de implantes de silicone, pois dão às mamas o volume que estava faltando, deixando-as proporcionais e dando mais harmonia ao contorno corporal. Há vários modelos, formatos e tamanhos de próteses, que são escolhidas com base na necessidade, no biotipo e na anatomia das mamas da paciente. Durante a consulta a paciente é examinada, havendo indicação, as possibilidades sao expostas e a escolha é feita em conjunto.

Monica Gresenberg Okamoto

Cirurgião plástico

São Paulo

Agendar uma visita

A colocação de próteses de silicone é o tratamento ideal para quem quer preencher ou aumentar seus seios. Se você já pensou em melhorar seus seios, mas tem medo que eles fiquem com aparência artificial, não precisa se preocupar. Hoje a tendência é de se procurar resultados naturais, mantendo a harmonia entre as suas características corporais e o resultado final, para ter o aspecto de mamas jovens e saudáveis. Para isso é essencial a avaliação com um cirurgião plástico que leve em conta essas características, o tipo de resultado que você quer e com experiência neste tipo de cirurgia. Nem grande demais, nem muito pequeno: o proporcional e o harmônico são as regras de beleza na natureza.

Matheus Manica

Cirurgião plástico, Especialista em medicina estética

São Paulo


Hipomastia é o nao ou pequeno desenvolvimento das mamas. Neste caso há indicação de proteses de mamas para aumentar o volume e dar formas as mamas. Agende sua consulta e traga sua auto estima de volta.

Sergio Ricardo Pita Pessoa De Melo

Cirurgião plástico

Recife


A hipomastia afeta várias mulheres e tem como tratamento principal o implante de silicone mamário. Trata-se de um procedimento rápido e no geral simples, com baixo número de complicações. Realizado em ambiente hospitalar o paciente geralmente recebe alta no mesmo dia ou no dia seguinte.

Rafael Werneck

Cirurgião plástico

São Paulo


A hipomastia é quando a mulher possui mamas de pequeno volume. Podem ocorrer em mamas que se desenvolveram pouco ou que involuíram após a gravidez ou perda de peso. Esta condição não causa nenhum transtorno físico mas pode influenciar na autoestima de algumas mulheres e geralmente é tratada com mamoplastia de aumento com prótese de silicone. Existem vários graus de hipomastia e vários tipos de procedimentos para a sua correção, sendo a prótese de mama o procedimento de escolha, podendo ser colocada em cima ou abaixo do músculo dependendo de cada caso.

O procedimento para correção desse problema visa o aumento das mamas, por meio de implantes (próteses) ou em casos selecionados através da lipoenxertia. Também é recomendado para casos específicos de mulheres que, após a gravidez e o aumento significativo da mama devido à amamentação, ficam com os seios flácidos e querem recuperar a forma e consistência anterior a gestação.

Daniel Carli

Cirurgião plástico

Guarulhos


Tamanho reduzido, aquém do tamanho normal da mama. É possível corrigi-lo com mamoplastia.

Edmilson Lucio Da Silva

Cirurgião plástico

Brasília

Agendar uma visita

A Dra Geovana oferece um atendimento diferenciado e cuidadoso com assistência durante os primeiros 6 meses após a cirurgia. Ela explica todo o processo desde a preparação até o pós operatório com muita tranquilidade e domínio. Tem a preocupação de preparar bem o paciente para cada cirurgia minimizando assim possíveis complicações.

Mamoplastia de aumento, também conhecido como aumento de mamas, envolve um implante cirúrgico atrás de cada mama para aumentar o volume e aperfeiçoar a aparência. Geralmente, a perda de peso, gravidez ou envelhecimento podem alterar o volume e a forma da mama. O aumento das mamas pode melhorar a forma e o tamanho do seu colo e lhe dar uma aparência mais proporcional.

Paulo Piccolo

Cirurgião plástico

Goiânia

Agendar uma visita

Existem diversos tipos de implantes de mama. Basicamente eles podem variar em relação ao formato ou perfil (redondo, anatômico, cônico, mais largo em sua base, mais comprido em sua altura…); à sua superfície (lisa, texturizada, texturizada com poliuretano); à sua projeção (baixa, média, alta ou extra-alta) ou ainda ao seu volume (diretamente proporcional ao seu tamanho). Na escolha do implante ideal para você, temos que levar em consideração suas expectativas, a largura do seu tórax e mama, o formato da sua mama atual, a presença ou não de excesso de pele etc. Importante é salientar que a escolha é individualizada e você não deve comparar seu tamanho com o de outras pacientes.

Ana Luiza Luna

Cirurgião plástico

São Paulo

Agendar uma visita

Hipomastia é o nome técnico para mamas pequenas. O tratamento dessa condição é feito através da cirurgia de aumento mamário, normalmente realizada através da colocação de implantes (próteses) de silicone. Os implantes podem sem colocados pelo sulco inframamário, abaixo das aréolas ou pelas axilas. Eles podem ficar abaixo da glândula mamária (retroglandular), abaixo da fáscia muscular (retrofascial) ou abaixo do músculo peitoral maior (retromuscular). A recuperação completa após a cirurgia se dá em aproximadamente 30 dias.

Fernando Bezerra

Cirurgião plástico

Campo Grande

Quais profissionais tratam Hipomastia?


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.