Infecções bacterianas e micoses - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Especialistas em infecções bacterianas e micoses

Encontre um especialista em Infecções Bacterianas E Micoses na sua cidade:
Kassiana Paula de Almeida

Kassiana Paula de Almeida

Dermatologista

Goiânia

Mayra De Souza Santos

Mayra De Souza Santos

Dermatologista

Divinópolis

Lia Natália Diehl Dallazem

Lia Natália Diehl Dallazem

Dermatologista

Toledo

Tiago Peres

Tiago Peres

Dermatologista, Médico de família

Monte Carmelo

AMANDA RODRIGUES MIRANDA

AMANDA RODRIGUES MIRANDA

Dermatologista

Goiânia

MICHELLE RIBEIRO

MICHELLE RIBEIRO

Dermatologista

Tangará Da Serra

Perguntas sobre Infecções bacterianas e micoses

Nossos especialistas responderam a 8 perguntas sobre Infecções bacterianas e micoses

 Natiara Grava Magolbo
Natiara Grava Magolbo
Dermatologista
Botucatu
Os cremes para pentear devem se aplicados apenas nas pontas dos cabelos para desembaraça-los. Evite prender os cabelos úmidos após uso de cremes, tente secá-los suavemente com secador (evitar…
4 respostas

Dra. Tais Bonilha Alves
Dra. Tais Bonilha Alves
Dermatologista
São Paulo
Olá, pelo que vc descreveu, o tratamento proposto foi para uma micose. Se vc realizou o tratamento corretamente e não melhorou , devemos pensar em outros diagnósticos diferenciais como por exemplo…
3 respostas

Dr. Carlos Eduardo Baptista de Aguiar
Dr. Carlos Eduardo Baptista de Aguiar
Generalista
Rio de Janeiro
O principal sintoma é a coceira. Dependendo da localização e do tempo de evolução outros sintomas podem surgir, como descamação da epiderme, placas esbranquiçadas e vermelhidão da pele.
1 respostas

Especialistas falam sobre Infecções Bacterianas E Micoses

As infecções bacterianas ocorrem quando as bactérias prejudiciais se multiplicam no corpo. As infecções podem ser leves ou graves. A maioria dos casos pode ser prevenido com imunização, cuidados gerais ou curadas com antibioticos. A maioria das bactérias são inofensivas e podem até ser úteis. Já as micoses são fungos que atingem a pele, unhas e cabelos se alimentando da queratina. Alguns tipos de fungos vivem no nosso corpo sem causar nenhum tipo de dano, mas se eles começarem a se reproduzir rapidamente podem causar doenças. Quando os fungos encontram condições favoráveis como calor, umidade, baixa imunidade ou uso de antibióticos orais por longo prazo, eles podem proliferar.

Renata Rodrigues Orofino

Dermatologista, Especialista em medicina estética

Rio de Janeiro


Por ser um órgão externo, diretamente em contato com o meio ambiente, a pele está particularmente sujeita a infecções causadas por microorganismos como os vírus, fungos e bactérias. As infecções virais mais comuns são o herpes simples, as verrugas e o molusco contagioso. Os fungos causam as micoses, muito comuns nos pés, onde causam descamação crônica, frieiras ou comprometem as unhas. Já as bactérias causam alguns tipos de foliculite, impetigos (feridas com crostas amareladas) e erisipela, entre outras. A erisipela costuma comprometer uma das pernas e causa inchaço, dor, calor e vermelhidão local. Nos casos mais graves pode haver febre e sintomas gerais, sendo uma urgência dermatológica.

André Lauth

Dermatologista

Curitiba

Agendar uma visita

As infecções bacterianas ocorrem quando as bactérias prejudiciais se multiplicam no corpo. As infecções podem ser leves ou graves. A maioria dos casos pode ser prevenido com imunização, cuidados gerais ou curadas com antibióticos. A maioria das bactérias são inofensivas e podem até ser úteis. Já as micoses são fungos que atingem a pele, unhas e cabelos se alimentando da queratina. Alguns tipos de fungos vivem no nosso corpo sem causar nenhum tipo de dano, mas se eles começarem a se reproduzir rapidamente podem causar doenças. Quando os fungos encontram condições favoráveis como calor, umidade, baixa imunidade ou uso de antibióticos orais por longo prazo, eles podem proliferar.

Ana Carulina Moreno

Dermatologista

Rio de Janeiro


As infecções bacterianas da pele são muito prevalentes na prática clínica e têm grande variabilidade de apresentações, etiologia e gravidade; podem ocorrer casos usualmente brandos, como o impetigo ou pioderma, até outros muito graves, com risco de morte, como a fasciíte necrotizante. Elas se caracterizam habitualmente pela presença de sinais de inflamação – eritema, edema, calor e dor ou hipersensibilidade local – associados ou não a outras manifestações, como febre, ulceração, exulceração ou bolhas.

Luiz Alberto Pôrto

Dermatologista

Belo Horizonte

Agendar uma visita

Quais profissionais tratam Infecções bacterianas e micoses?

Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.