Leiomioma - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Não descuide da sua saúde

Escolha a consulta online para iniciar ou continuar o seu tratamento sem sair de casa. Se precisar, você também pode marcar uma consulta no consultório.

Mostrar especialistas Como funciona?

Especialistas - leiomioma

Encontre um especialista na sua cidade:
Mileide Sousa

Mileide Sousa

Ginecologista

Uberlândia

Mayara Cabral

Mayara Cabral

Ginecologista

Palmas

Caroline Batista Pinheiro

Caroline Batista Pinheiro

Ginecologista

São Paulo

Bianca Ruschel Hillmann

Bianca Ruschel Hillmann

Ginecologista

Florianópolis

Elen Cristiane Augusto de Souza

Elen Cristiane Augusto de Souza

Ginecologista

Sorocaba

Luiz Felipe Lessa Ortiz

Luiz Felipe Lessa Ortiz

Ginecologista

São Paulo

Perguntas sobre Leiomioma

Nossos especialistas responderam a 30 perguntas sobre Leiomioma

Olá
Devido todas essas alterações que você teve no pós operatório é difícil dizer quanto tempo irá voltar ao normal, terá que aguardar e ir acompanhando
Att
Dr. Alexandre
2 respostas


A ultrassonografia transvaginal é exame simples e eficaz para diagnóstico de miomas.
Quanto à laqueadura, se não falhou em 15 anos não tenha dúvidas sobre ela. Além disso quanto mais idade…
2 respostas


Normalmente sim mas apenas seu cirurgião sabe o que foi realizado então contacte ele
1 respostas

Especialistas falam sobre Leiomioma

Leiomiomas ou miomas uterinos são tumores benignos que acometem o útero e podem variar em relação à sua localização e tamanho... Alguns desses tumores dependendo da localização e tamanho podem ser apenas acompanhados atraves de USG e outros devem ser retirados. Na nossa clínica o procedimento quando necessário é realizado através de Laparoscopia ou Histeroscopia promovendo uma rápida recuperação ao paciente.

Leiomiomas, ou miomas uterinos, são nódulos que crescem no útero de muitas mulheres. Estima-se que aproximadamente 50% das mulheres com idade próxima aos 50 anos tenham pelo menos um mioma. São a principal causa de cólicas e sangramento, e principal indicação da retirada do útero (histerectomia). Seu tratamento depende dos sintomas que está causando, e do desejo da paciente de engravidar. Pode ser feito através de medicamentos para aliviar as cólicas, sangramento ou controlar seu crescimento. Em alguns casos é necessário realizar tratamento cirúrgico, que geralmente pode ser feito através de técnicas minimamente invasivas, como por histeroscopia e laparoscopia.

Sidney Tomyo Nishida Arazawa

Ginecologista

São Paulo


Miomas uterinos são tumores não cancerosos do útero, que muitas vezes aparecem durante a idade fértil. Os miomas uterinos não estão associados a um risco aumentado de câncer de útero e quase nunca se transformam em câncer. Esse tumor benigno atinge cerca de 50% das mulheres na faixa etária dos 30 aos 50 anos.

Marcelo Ponte

Ginecologista

São Paulo

Agendar uma visita

Tumor genital benigno mais comum da mulher. A paciente pode apresentar sangramento uterino anormal, dor pélvica, infertilidade,dependendo da localização dos miomas. O diagnóstico se baseia na história, exame físico e exames complementares( ultrassom, ressonância magnética nuclear, histeroscopia, principalmente). O tratamento pode ser expectante,medicamentoso ou cirúrgico, dependendo de vários fatores.

Quais profissionais tratam Leiomioma?


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.