Mau hálito - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Por que o mau hálito?

Mau hálito (halitose) afeta, de acordo com várias fontes, de 25 a 50% da população adulta cronicamente. A causa raiz do mau hálito está na boca em aproximadamente 90% dos casos. Geralmente devido à quebra de proteínas encontradas na cavidade bucal por bactérias que vivem na boca.

Entre as causas que podem causar mau hálito são:

Origem na cavidade oral (mais comum)

  • Cárie dentária, acúmulo de bactérias com os restos orgânicos em decomposição e substâncias formadoras de placa malcheirosa.
  • Infecções gengivais (da gengiva), por um motivo semelhante ao citado acima.
  • Acúmulo de restos alimentares entre os dentes, - podemos evitar após as refeições usando fio dental ou escova para removê-los.
  • Restos na superfície da língua. É aconselhável escovar a parte superior da língua após a escovação para evitar o resíduos de alimentos que podem permanecer na superfície para se decompor e produzir halitose.
  • Faringite e amigdalite. Quando a garganta está inflamada ou há uma infecção, há um crescimento de microrganismos e maior produção de muco que pode ter um mau cheiro.
  • Tumores. Às vezes, tumores de crescimento (especialmente se o fizerem rapidamente) passam por um processo de decadência ou necrose de uma porção deles. Esta decomposição provoca odor e facilita a superinfecção da área.

Origem nas vias aéreas

  • Rinite, infecções catarro nasal que afetam a cavidade nasal, com aumento de secreção (muco).
  • Sinusite: infecções que ocorrem em cavidades naturais dos ossos da face, ao redor da cavidade nasal (seio maxilar, frontal, etc) ..
  • Secura pode promover o crescimento de microorganismos que produzem odor.
  • Corpos estranhos: É importante considerar esta causa, especialmente em crianças com retardo mental, porque elas podem colocar qualquer pequeno objeto no nariz, e pode passar despercebida pelos pais ou cuidadores, e causar uma infecção local com a produção de secreções malcheirosas .
  • Pneumonia e bronquite, devido ao acúmulo de material purulento (pus) ou a produção de secreções malcheirosas.
  • Bronquiectasia: dilatação anormal dos brônquios, o acúmulo de secreções que a superinfecção por microorganismos.

Origem no trato digestivo

  • Refluxo gástrico: há uma para cima (esôfago), parte do conteúdo do estômago durante a digestão.
  • Divertículos Faringo-esofágicos: cavidades anormais formados nas paredes da garganta e esôfago causam halitose pelo acúmulo de comida nele, ele se decompõe.

Origem psicogênica

Esta não é uma causa do mau hálito, mas a sensação dele. Ela ocorre em pessoas que pensam que têm mau hálito, mas na realidade não é. Neste caso, o paciente necessita de tratamento com um psicólogo ou psiquiatra.

Outras Fontes

Às vezes, o mau hálito é devido a doenças graves como diabéticos ou descompensação de insuficiência renal crônica, por isso não devemos ignorar a necessidade de consultar uma fonte especialista em halitose.

O que você deve fazer se você tem mau hálito?

A causa mais comum do mau hálito está localizada na maioria dos casos na boca, assim que começar, faça uma visita ao dentista e será mais bem sucedido.

Um conselho muito útil antes de visitar o dentista não é tentar disfarçar o odor característico da boca para ir à consulta

Como é halitose?

  • Se a causa é a má higiene bucal, escovar os dentes após cada refeição, além de fio dental para remover restos de alimentos que possam permanecer entre os dentes.
  • Vamos limpar a superfície superior da língua, - pode usar limpador de língua (pode ser comprado em qualquer farmácia) ou uma escova de dentes.
  • Lavagens, se o dentista vai fazer-nos tão recomendado.
  • Fazer limpeza de tártaro periodicamente no consultório do dentista para evitar o acúmulo de tártaro.
  • Mascar chicletes sem açúcar, que é especialmente interessante para pessoas que têm uma tendência a ter a boca seca.
  • Evite o consumo excessivo de café.
  • Se você fuma, você deve tentar limitar ou eliminar o uso do cigarro.
  • Se o seu dentista não encontrar na boca as causas da halitose, você deve consultar o seu médico para descobrir sua origem e para descartar doenças graves.

Especialistas em mau hálito

Encontre um especialista em Mau hálito na sua cidade:
Thiago Arruda

Thiago Arruda

Dentista

Maringá

Raíssa Ananda Paim Strapasson

Raíssa Ananda Paim Strapasson

Dentista

Porto Alegre

fabricio mota vilela

fabricio mota vilela

Dentista

Atibaia

Alana Colares

Alana Colares

Dentista

Salvador

Gleyciane Santos

Gleyciane Santos

Dentista

Leandro Morioka

Leandro Morioka

Otorrino

Jataí

Perguntas sobre Mau hálito

Nossos especialistas responderam a 25 perguntas sobre Mau hálito

O ideal seria fazer uma nova avaliação para podermos detectar o problema, pode ser desde uma xerostomia, refluxo, bolsas periodontais , ou seja são várias as possibilidades, porém somente após…
3 respostas

Olá! É um prazer receber sua dúvida. Exitem diversas causas para o mau hálito (halitose). Para cada causa, existe um tratamento adequado. Apenas com um exame detalhado podemos entender seu caso…
3 respostas

Olá,
Oriento para você fazer uma consulta com um periodontista para avaliar as possíveis causas desse odor ruim que você relata. Talvez tenha uma bolsa periodontal ou mesmo fragmentos…
4 respostas

Especialistas falam sobre Mau hálito

As causas bucais correspondem de 92,7% a 96,2% dos casos de mau hálito, segundo o profissional. A saburra lingual lidera como o principal motivo da halitose. Em segundo lugar entram as doenças periodontais. “A saburra ou biofilme lingual é uma placa bacteriana esbranquiçada ou amarelada que se forma no fundo da língua e doença periodontal são as que acometem a gengiva, osso de suporte dos dentes e as fibras do ligamento (que unem gengiva, dente e osso)”. O mau hálito também pode ser decorrente de fatores externos à boca, apesar da incidência ser bem menor, de 3,8% a 7,3% dos casos. "As causas da halitose extrabucal mais comuns são pela ingestão de alimentos que alteram o odor do hálito

Daniel De Barros Itikawa

Dentista, Terapeuta complementar

Goiânia

Agendar uma visita

A halitose ou mau hálito é uma condição anormal do hálito que se altera de forma desagradável. É, portanto, o odor expirado pelos pulmões, boca e narinas. No Brasil, pesquisas realizadas revelam que aproximadamente 30% da população sofre com este problema, cerca de 50 milhões de pessoas. A halitose não é uma doença, mas pode denunciar a ocorrência de alguma patologia ou problema de saúde. Entretanto, pode também sinalizar alguma alteração fisiológica. Sendo assim, é um sinal de que algo no organismo está em desequilíbrio, devendo ser identificado através de um correto diagnóstico e tratado adequadamente quando o problema torna-se crônico.

André Luis Linhares

Dentista

Goiânia


O mau hálito ou halitose é um odor desagradáv­­­­­el da cavidade bucal e, na maioria dos casos, é resultado da degradação das bactérias que “moram” na boca. Ao acordar, é normal que muitos indivíduos apresentem algum grau de mau hálito que desaparece logo após escovarmos corretamente os dentes. Mas atenção. Mau hálito persistente pode indicar doenças, tanto nos dentes, gengiva e língua, como frequentemente o acumulo de alimentos nas amigdalas causem o “caseum” (aquelas bolinhas amarelas ou esbranquiçadas que se formam nas amígdalas), ou doenças gastrointestinais como úlceras e tantos outros. Este assunto não deve ser um tabu, converse com seu dentista e seu otorrino sobre isso.

A halitose, ou o mau hálito, acomete grande parte da população: Pesquisas realizadas no Brasil apontam que 30% da população apresenta halitose. O mau halito pode estar relacionado a problemas gastrointestinais ou respiratórios, mas na maior parte dos casos está relacionada com problemas de origem bucal. O tratamento multidisciplinar muitas vezes é necessário para trazer ao paciente melhora no seu estado de saúde clínica e psicosocial.

Luise Seibel

Dentista

Porto Alegre

Agendar uma visita

O mau hálito ou halitose é um problema bastante comum, e, em 90% dos casos, a origem está na boca. Sendo assim, o Dentista é o profissional que trata, mais comumente o Periodontista.

Em torno de 90% das vezes o mau hálito está relacionado com a cavidade oral, assim como seu tratamento. Problemas bucais que estão relacionados com a decomposição de matéria orgânica por bactérias produzem gases mal cheirosos. Entre eles estão: cárie, doenças gengivais, feridas, acúmulo de alimentos entre os dentes, próteses porosas, mal-adaptadas e mal higienizadas, saburra lingual, entre outros. Outras patologias também produzem gases que podem causar mau hálito como doenças na faringe, sinusites, bronquites, doenças no fígado, rins, estômago e diabetes. Hábitos como beber pouca água, fumar, jejum prolongado e alcoolismo podem piorar o quadro.

Paloma Nunes

Dentista

Nova Iguaçu


O Mau Hálito é um problema que constrange muito a pessoa que é acometido e causam grandes restrições sociais. 80% do mal hálito tem origem bucal e o mesmo deve ser avaliado para que se conheça a causa e que possa ser controlar afinal este problema tão desagradável. O Mau Hálito pode ser um sinal que algo não vai bem no organismo, portanto, deve ser investigado o funcionamento de vários órgãos do corpo, para podermos regula-los, controlando, assim, o Mau Hálito.

Quais profissionais tratam Mau hálito?


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.