Neoplasias colorretais - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Não descuide da sua saúde

Escolha a consulta online para iniciar ou continuar o seu tratamento sem sair de casa. Se precisar, você também pode marcar uma consulta no consultório.

Mostrar especialistas Como funciona?

Especialistas - neoplasias colorretais

Marcelo Araújo Vieira Angelo

Marcelo Araújo Vieira Angelo

Oncologista, Cirurgião geral

Florianópolis

Emerson Prisco

Emerson Prisco

Oncologista, Cirurgião oncológico, Cirurgião geral

Salvador

Agendar uma visita
Rodrigo Otavio de Castro Araujo

Rodrigo Otavio de Castro Araujo

Oncologista, Cirurgião geral

Rio de Janeiro

Phillipe Abreu

Phillipe Abreu

Cirurgião oncológico, Oncologista, Cirurgião geral

São Paulo

Anne Rafaella Carneiro Roza

Anne Rafaella Carneiro Roza

Oncologista

Recife

Perguntas sobre Neoplasias colorretais

Nossos especialistas responderam a 1 perguntas sobre Neoplasias colorretais

A recuperação depende de vários fatores, como a técnica usada e a sensibilidade de cada pessoa.
Retorne o médico que fez a cirurgia. Ele é a melhor pessoa para lhe orientar.
Att.
1 respostas

Especialistas falam sobre Neoplasias Colorretais

As neoplasias colorretais ou câncer colorretal (câncer intestino e reto) está em crescimento progressivo, devido principalmente às mudanças de hábito alimentar e também o aumento do número de idosos na população. Pode acometer homens e mulheres, alguns deles tem caráter genético. Os sintomas mais frequentes são sangramentos nas evacuaçõs, dor abdominal, perda de peso. Atualmente, o maior objetivo é diagnosticar o mais inicial possível a fim de tratar da melhor maneira , na sua grande maioria com intenção de cura. A colonoscopia é o melhor exame para confirmar e tem na cirurgia a melhor forma de remoção da doença e objetivo de cura.

João Bergamasco

Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral

Manaus

Quais profissionais tratam Neoplasias colorretais?


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.