Transtorno da personalidade histriônica - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Especialistas em transtorno da personalidade histriônica

Encontre um especialista em Transtorno Da Personalidade Histriônica na sua cidade:
Amanda Gontijo

Amanda Gontijo

Psicólogo

Fortaleza

Carina Velozo

Carina Velozo

Psicólogo

São Paulo

Luciana Midori Samezima

Luciana Midori Samezima

Psicólogo

Curitiba

Rafael Oliveira Gomes da Silva

Rafael Oliveira Gomes da Silva

Psicólogo

Rio de Janeiro

Adriana Mesquita Ozi

Adriana Mesquita Ozi

Psicólogo

Porto Alegre

Renata Camargo

Renata Camargo

Psicólogo

Camaquã

Perguntas sobre Transtorno da personalidade histriônica

Nossos especialistas responderam a 3 perguntas sobre Transtorno da personalidade histriônica

Me chama a atenção você ter dito que a referida pessoa "potencialmente" apresenta transtorno de personalidade histriônica, o que me leva a crer que estamos falando de uma suposição,…
7 respostas

 Alessandro Adami
Alessandro Adami
Psicanalista, Psicólogo
Marau
Transtorno da personalidade narcisista diz respeito a um tipo de problemas e histriônico a outro. O primeiro está relacionado a problemas do valor de si mesmo, estabilidade emocional. O transtorno…
6 respostas

Olá! Não necessariamente, é importante entende bem o caso para poder dar um diagnostico preciso. Fica a disposição!
7 respostas

Especialistas falam sobre Transtorno Da Personalidade Histriônica

Como identificar um transtorno de personalidade histriônica: O transtorno de personalidade histriônica caracteriza-se por uma emotividade excessiva e por a necessidade de chamar continuamente a atenção através de comportamentos impróprios para a situação. As pessoas com este transtorno precisam de se sentir o centro de atenção para se sentirem cômodas, costumam aborrecer-se rapidamente da rotina e têm um comportamento que se caracteriza pela sedução e provocação.

Quais profissionais tratam Transtorno da personalidade histriônica?


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.