Anemia - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Quando há uma diminuição de eritrócitos sanguíneos, representada na análise como uma diminuição da hemoglobina, falamos da anemia. O paciente apresenta fadiga, palidez da pele e das mucosas e taquicardia (aumento da frequência cardíaca). O tratamento deve ser direcionado para o tipo de anemia diagnosticada e pode até mesmo exigir transfusões de sangue. Em caso de uma anemia grave, a ausência de células portadoras de oxigênio podem levar a episódios de isquemia do tecido.

Especialistas em anemia

Encontre um especialista em Anemia na sua cidade:
Iuri Jivago Leite Guterres

Iuri Jivago Leite Guterres

Médico clínico geral

Canguçu

Thiago Xavier Carneiro

Thiago Xavier Carneiro

Hematologista

Belém

Daniele Margarita Marani Pra

Daniele Margarita Marani Pra

Pediatra

Curitiba

Adalberto Machado Coelho

Adalberto Machado Coelho

Médico clínico geral, Intensivista

Ariquemes

Priscila Pozetti

Priscila Pozetti

Pediatra

Osasco

Lucila Macedo Goncalves Duarte

Lucila Macedo Goncalves Duarte

Hematologista

Itabuna

Perguntas sobre Anemia

Nossos especialistas responderam a 202 perguntas sobre Anemia

Dr. Lucas Motta Fernandes
Dr. Lucas Motta Fernandes
Médico clínico geral, Geriatra
São José do Rio Preto
Olá, tudo bem? O primeiro passo é saber qual tipo de anemia: Carencial (por falta de nutrientes), Por sangramento crônico, Hereditária (genética) , Anemia por doença crônica. Depois de descobrir…
2 respostas

Este valor demonstra que o seu filho não tem carência de ferro. Este valor não acarretarará nada a ele. Fique tranquila.
1 respostas

Não.O traço falcêmico não pode ser causa de nenhum sintoma ou anemia.Deve ser investigada outras causa.Procure um hematologista.
1 respostas

Especialistas falam sobre Anemia

O principal tópico sobre anemia é que ela não é uma doença mas sim o sinal de uma doença. O ponto básico é: o que está causando esta anemia? Assim como uma febre pode ter como causa algo tão simples como um resfriado comum que vai curar sozinho ou uma meningite iniciando e que vai matar o paciente em 36 horas assim é a anemia: pode ser algo simples e fácil de resolver ou pode ser algo complexo e as vezes grave. Deve ser sempre investigada por um médico. Não fique tomando vitaminas nem ferro que a tua amiga ou o teu vizinho ou o balconista da farmácia sugeriu. Vá a um médico. Tem que achar a causa.

Irineu Umberto Librenza

Médico clínico geral

Paranavaí


Anemia não é uma doença, mas sim uma manifestação de doença. O que define o estado anêmico é a queda dos níveis de hemoglobina abaixo dos valores normais. O exame indicado para o diagnóstico da anemia é o hemograma; nele, há também os índices hematimétricos (VCM, HCM, CHCM, RDW), que dão pistas sobre o tipo e a causa da anemia. Com base no hemograma, o Hematologista pode solicitar exames complementares para confirmar a causa da anemia, e assim escolher o tratamento adequado. As causas e os mecanismos são muito variados e complexos, e o Hematologista é o profissional mais indicado. Os sintomas mais comuns são a palidez, o cansaço, a sonolência.

Alexandre Mello De Azevedo

Hematologista

São Paulo


A Síndrome anêmica é um conjunto de sinais e sintomas caracterizados pela baixa nos níveis de hemoglobina e hematócrito, que podem ter Inúmeras causas. Tal síndrome deve ser encarada da mesma forma que a febre, ou Síndrome febril (que pode ter sua origem desde uma simples amigdalite até um quadro neoplásico).Toda anemia deve ser investigada antes de se instituir o tratamento, pois sua origem pode vir de transtornos variados: hipotireoidismo, doenças renais, doenças auto-imunes, hepáticas, intestinais, deficiências nutricionais, distúrbios do esôfago e estômago, neoplasias, intoxicações, etc.Tratar a anemia sem firmar o diagnóstico pode atrapalhar na sua correta investigação.

Gina Goulart

Hematologista, Homeopata

Brasília


Investigação e tratamento de anemias e outras alterações do sangue.

Anemia é muito frequente na população brasileira. Entre as causas, a deficiência de ferro é a mais comum. Ela cursa com alteração do padrão de sono, da memória e da aprendizagem. Os sintomas são palidez, dor de cabeça, tontura, desânimo, cansaço fácil, sopro cardíaco, palpitações, falta de ar, perda de apetite, tristeza, falta de sono e de concentração, perverções alimentares (comer gelo, terra, sabão), entre outros. Mas lembre-se, nenhum desses sintomas é específico da anemia. Muitas vezes, algumas adequações nos hábitos alimentares são responsáveis pela melhora do quadro. Eventualmente, precisamos utilizar medicamentos.

A anemia é um dos principais achados que levam uma pessoa a procurar um hematologista. Ela é caracterizada pela diminuição do número de glóbulos vermelhos, as hemácias, no sangue periférico. A anemia tem inúmeras causas, contudo a causa mais comum é por deficiência de ferro. E nestes casos, o tratamento também é bem simples, a maioria das vezes com medicação oral. Para definir a causa da anemia, são feitos alguns exames laboratoriais e, as vezes, pode ser necessário a realização de exames de imagem específicos.

Ticiane Marques Da Costa Carvalho

Hematologista

São Paulo


A anemia na verdade não é uma doença hematológica. Trata-se de uma manifestação laboratorial que indica a presença de uma doença subjacente a ser identificada. Há um sem número de causas de anemia, sendo aquelas de origem ginecológica, carencial e gastroenterológica as mais comuns. O hematologista pode contribuir na investigação inicial da anemia, porém mais como um clínico, encaminhando ao especialista ou tratando ele mesmo da doença de base, se for de natureza hematológica. O tratamento da anemia dependerá totalmente da abordagem à doença que a causou.

Mendel Suchmacher Neto

Internista, Hematologista

Rio de Janeiro

Agendar uma visita

A anemia não é causa e sim consequência de alguma doença e, portanto, precisa ser investigada adequadamente. A anemia por deficiência de ferro é a principal causa de anemia e, no adulto, a principal forma de perdemos ferro é perdendo sangue, seja de forma aguda em um acidente/cirurgia, ou de forma crônica, como menstruação excessiva nas mulheres em idade fértil ou por alguma lesão no trato intestinal. Existe diversas outras causas que levam à anemia e, para seu diagnóstico, leva-se em consideração a história clínica, o exame físico e os exames laboratoriais, principalmente o hemograma completo. Não se auto-medique com ferro, pois em excesso também faz mal! Procure seu Hematologista.

Melina Veiga Rodrigues

Hematologista

Campinas


Anemia significa diminuição dos glóbulos vermelhos na corrente sanguínea, e existem diversos tipos de anemia - por falta de substratos ( ferro, B12, ácido fólico); por aumento da destruição dos glóbulos; hereditárias...Os sintomas podem ser fraqueza, cansaço, adinamia, sonolência, dor nas pernas, na maioria da vezes interpretadas como resultado de uma rotina corrida e “stress”. Faça uma avaliação com hematologista

É importante avaliar qual o tipo de anemia estamos tratando. Existem anemias por deficiência de ferro, b12, ácido fólico… E muitas vezes é necessário equilibrar no organismo, outros nutrientes diferentes, além desses mais avaliados.Um dos parâmetros para avaliar uma anemia é verificar o hemograma e quando há alterações podemos suspeitar também de carências de zinco, vitamina C, cobre e proteínas, e esses nutrientes devem ser mantidos em níveis ideais para normalizar o quadro.É comum ver pacientes que consomem uma boa quantidade destes nutrientes mas ainda tem quadros repetidos de anemia e deficiências nutricionais. Assim, é importante avaliar como está a integridade do estomago e intestino também

Quais profissionais tratam Anemia?


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.