Pedras (cálculos) na bexiga - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Onde há pedras na bexiga?

Embora as pedras (cálculos) possam ter origem a partir da bexiga para os rins, na maioria dos casos desenvolvem-se na bexiga. Ocorrem frequentemente após a dificuldade em expelir a urina, geralmente devido à obstrução por aumento da próstata, estreitamento da uretra, problemas funcionais de esvaziamento da urina, etc.

Eles também podem ser causadas por infecções ou corpos estranhos introduzidos na bexiga (sondas, etc). Não admira que a maioria destes cálculos ocorrem em homens, geralmente mais de 50 anos.

Quais são os sintomas de cálculos biliares?

Muitas pessoas vivem anos com pedras na bexiga sem consultar um médico, atribuindo seus sintomas, tais como problemas de próstata. As pedras podem causar dor durante a micção, irritação da mucosa (revestimento interno) da bexiga. Por esta razão, o desconforto pode ser maior em relação ao exercício. Além disso, as pedras também podem causar o aparecimento de vestígios de sangue na urina e normalmente é visto no final da micção.

As pedras produzem uma interrupção do fluxo de urina da bexiga para a uretra, o tubo através do qual a urina é eliminada. Se uma pedra fica presa na uretra, o fluxo urinário de repente desaparece. A resolução do problema, é a condição sine qua non, é claro, a persistência dos sintomas e até mesmo a aparência de novas, tais como infecções do trato urinário.

Como detectar pedras na bexiga?

Os cálculos biliares são detectados por ultra-som ou radiografia. Neste último caso, devemos ter em mente que existem algumas pedras (ácido úrico) que não podem ser vistas em radiografias simples e exigem um exame de contraste (urografia chamada) para serem detectadas. Elas também podem ser vistas quando se realiza uma cistoscopia, que envolve a inserção na bexiga através da uretra, de um instrumento de tubo, que permite ver imagens ampliadas do interior.

Como são as pedras na bexiga?

Não existe um tratamento com medicamentos que resolva o problema na maioria dos casos. As pedras menores podem ser removidas durante a cistoscopia (anestesia local), usando uma pinça especial. Quando estão há mais tempo no corpo, a extração de pedras exige uma intervenção mais complexa. Pode-se fazer uma fragmentação da pedra através do escopo (usando pinças de controle remoto que esmagam as pedras, mas também pode ser usado para esta finalidade o ultra-som, laser, etc.), Ou através de cirurgia aberta (abertura da bexiga através de uma pequena incisão no abdômen).

Não se esqueça que além de extrair as pedras, temos de agir sobre a causa que levou (obstrução urinária, infecção etc).

Especialistas em pedras (cálculos) na bexiga

Encontre um especialista em Pedras (cálculos) na bexiga na sua cidade:
Luiz Augusto Costa Esteves

Luiz Augusto Costa Esteves

Cirurgião geral, Urologista

Cuiabá

Vinicius Rubin

Vinicius Rubin

Urologista

Chapecó

Gracielle Nogueira

Gracielle Nogueira

Nefrologista

Ricardo Araujo Brandina

Ricardo Araujo Brandina

Urologista

Londrina

Silio Coronatto Neto

Silio Coronatto Neto

Cirurgião geral, Urologista

Ribeirão Preto

Christian Arantes

Christian Arantes

Urologista

Contagem

Perguntas sobre Pedras (cálculos) na bexiga

Nossos especialistas responderam a 64 perguntas sobre Pedras (cálculos) na bexiga

Bom dia.
Não é esperado mais sintomas depois da retirada do catéter duplo-J. Retorne ao seu urologista o quanto antes.
1 respostas

Olá, podem ser retirados por via endoscópica sim, porém é importante que a causa deste problema seja esclarecida e tratada. Pode-se tratar de aumento da próstata ou estreitamebto da uretra. Marque…
2 respostas

olá, sintoma primordial de cálculos na bexiga é dificuldade para urinar e infecção urinária repetitiva. Essa condição também está associada a obstrução urinária quer seja por próstata aumentada…
1 respostas

Especialistas falam sobre Pedras (cálculos) na bexiga

As pedras na bexiga em geral são formadas na presença de alguma dificuldade para esvaziamento adequado da bexiga. A urina parada no interior da bexiga favorece infecção que também pode auxiliar no crecimento das pedras. Não adianta apenas remover as pedras. A causa da retenção de urina também deve ser tratada para evitar nova formação de pedras. Pedras muito grandes podem ser removidas por uma abertura na bexiga através da pele. Pedras um pouco menores podem ser quebradas com auxílio de litotriptores ultrassônicos, balísticos ou laser. Essa fragmentação pode ser realizada através do canal da urina ou por via percutânea (pequeno furo na pele).

Quais profissionais tratam Pedras (cálculos) na bexiga?


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.