Retocele - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Não descuide da sua saúde

Escolha a consulta online para iniciar ou continuar o seu tratamento sem sair de casa. Se precisar, você também pode marcar uma consulta no consultório.

Mostrar especialistas Como funciona?

Especialistas - retocele

Diogo Ribeiro

Diogo Ribeiro

Coloproctologista, Cirurgião geral

São José Dos Pinhais

Rodrigo Padilla

Rodrigo Padilla

Coloproctologista, Cirurgião geral, Endoscopista

Votuporanga

Fernanda Barbosa Baraúna

Fernanda Barbosa Baraúna

Coloproctologista, Cirurgião geral

Joinville

Sillas Mourão

Sillas Mourão

Coloproctologista

Governador Valadares

Juliana Mamede Miranda

Juliana Mamede Miranda

Cirurgião geral

Dourados

Roberta Lais dos Santos Mendonça

Roberta Lais dos Santos Mendonça

Coloproctologista, Cirurgião geral

São Paulo

Perguntas sobre Retocele

Nossos especialistas responderam a 22 perguntas sobre Retocele

Olá. Sim, A retocele pode ser diagnosticada após o exame físico ginecológico.
Existem alguns graus de retocele, quanto maior o grau maior pode ser a dificuldade da realização do preventivo…
1 respostas


A cirurgia da retocele geralmente exige 1 a 2 dias de internação hospitalar se não houver nenhuma intercorrência. O tempo para retornar ao trabalho vai depender do seu médico. Geralmente uma…
1 respostas


Olá! O tratamento depende dos seus sintomas.Cirurgia está indicada nos casos com muita dificuldade para evacuar e incontinência urinária. Mas você pode fazer exercícios leves como caminhar…
1 respostas

Especialistas falam sobre Retocele

A retocele é uma outra forma de prolapso genital em que há a saída do reto de sua posição anatômica habitual com insinuação para dentro da vagina. Pode provocar sintomas como dificuldade para evacuar, necessidade de manobras para evacuar, constipação intestinal, dor nas relações, além de sensação de bola em vagina, peso em vagina. Assim como a cistocele é uma doença benigna, mas nos casos em que atrapalha o bem estar da paciente e a sua qualidade de vida o tratamento pode ser necessário. Na maior parte dos casos esse tratamento é cirúrgico através do uso do próprio tecido da paciente para correção do prolapso.

Retocele é uma das causas de constipação crônica em mulheres. Seus sintomas mais comuns são esforço evacuatório, abaulamento para vagina, sensação de evacuação incompleta e até mesmo dor durante a relação sexual. As vezes é necessário apenas a reeducação alimentar e regularização do padrão das fezes. Mas em casos refratários ao tratamento clínico, a cirurgia está indicada. Existem três tipos de técnicas: via vaginal, via perineal e via retal. Cada uma tem alguma especificação para cada tipo de doente. Realizo também uma técnica por grampeamento retal, com melhor recuperação no pós-operatório. É preciso sempre uma avaliação de cada caso.

A retocele é uma protrusão do reto na parede vaginal posterior que ocorre pela perda da sustentação do septo retovaginal. São divididas em graus, progressivamente de acordo com o abaulamento que causam na vagina. Retoceles pequenas são, em sua maioria, assintomáticas. As maiores e de 3-4 graus são uma importante causa de constipação crônica, por obstrução de saída, já que alteram o vetor de força no processo evacuatório. O resultado é a impactação fecal, esforço na defecação, exigindo manobras digitais para auxílio. Importante notar que não causam dor. O diagnóstico é clínico, confirmado por exame de imagem e o tratamento baseia-se nos sintomas e tamanho, podendo ser clínico ou crúrgico.

Thais Yuka Takahashi

Coloproctologista

São Paulo

Agendar uma visita

Quais profissionais tratam Retocele?


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.