Zumbido - Informações, especialistas e perguntas frequentes

O que é o zumbido?

É a percepção de um som não real e, portanto, ninguém mais ouve. Cada pessoa pode perceber sons diferentes, como uma cigarra zumbindo ou sons mais complexos.

O zumbido pode variar de intensidade e ser constante ou intermitente. Em alguns casos, pode ser descrito como um som pulsante (como batimentos cardíacos). O zumbido geralmente tende a ser associada com perda auditiva.

O que causa zumbido?

Qualquer doença do ouvido pode causar zumbido. Os casos mais frequentes em que o zumbido ocorre são:

  • Doença do ouvido interno, quando uma lesão causada por ruídos altos ou quando a pessoa tem impactos no ouvido por muito tempo. Também para a perda auditiva devido ao envelhecimento ou doença de Ménière.
  • Obstrução no canal do ouvido quando se acumula muita cera ou permanece no mesmo corpo estranho.
  • Tímpano perfurado
  • Doença do ouvido médio quando há uma infecção ou inflamação de outras causas no ouvido médio. Esta condição é chamada otite média.

Outras causas possíveis:

  • Hipertensão (condição na qual valores de pressão arterial aumentam mais do que o recomendado).
  • Certos medicamentos podem causar o zumbido como um efeito colateral, especialmente quando a dose é excedida.
  • Um tumor benigno do nervo auditivo

Zumbido pode ser tratado?

Não há cura para o zumbido, mas o tratamento pode ser prescrito para, pelo menos, atenuá-los.

  • Quando uma perda auditiva, esses sons podem ser reduzidos usando um aparelho auditivo (AASI).
  • Também pode ser útil aparelho de mascaramento do zumbido. Sua eficácia é devido à emissão de um "ruído branco" (um som constante, repetitivo, o que pode atenuar o zumbido).
  • Outros tratamentos não farmacológicos, como terapia de retreinamento do zumbido também podem ajudar.
  • Em alguns casos, o zumbido pode desaparecer por si só, sem tratamento.

O que você pode fazer com zumbido?

Um otorrinolaringologista é um especialista que descobre a causa do zumbido, através de um exame adequado do canal auditivo e tímpano. O otorrinolaringologista também deve verificar o nível de audição da pessoa que sofre de zumbido.

Outros profissionais como psicólogos podem ser úteis. O objetivo do tratamento psicológico é diminuir a consciência que temos de zumbido.

Há especialistas com experiência no uso da terapia de reabilitação, cujo principal objetivo é fazer com que o zumbido seja menos irritante. Você também pode ajudar muito com música de fundo suave quando você quer dormir.

Especialistas em zumbido

Encontre um especialista em Zumbido na sua cidade:
Ítalo Roberto Torres de Medeiros

Ítalo Roberto Torres de Medeiros

Otorrino

São Paulo

Daniela Boeira da Silva

Daniela Boeira da Silva

Otorrino

Joinville

André Yamamoto

André Yamamoto

Otorrino

São Paulo

Denise de Toledo e Cardoso

Denise de Toledo e Cardoso

Otorrino

Curitiba

Fernando Ramires

Fernando Ramires

Otorrino

Porto Alegre

Leandro Morioka

Leandro Morioka

Otorrino

Jataí

Perguntas sobre Zumbido

Nossos especialistas responderam a 214 perguntas sobre Zumbido

Bom dia.
Não tem ligação!
2 respostas

Olá, bom dia, este app assim como outros pode ser utilizado para terapia sonora em casos de zumbido, mas não o deve ser feito de forma indiscriminada, pois para utiliza-lo primeiro precisa-se…
1 respostas

Olá! São muitas as causas de chiado (zumbido), sendo uma delas a hipertensão, caso esteja descontrolada ou no início do tratamento. Vc precisa ser avaliada por otorrino e realizar exames investigatórios.
2 respostas

Especialistas falam sobre Zumbido

O zumbido é um sintoma que pode alterar vários aspectos da vida do indivíduo: sono, concentração no trabalho, irritabilidade... Deve ser investigado e tratado de acordo com suas causas. Existe SIM tratamento. Procure seu otoneurologista.

A Dra. Carina Bezerra Rocha é a fisioterapeuta pioneira nos estudos da relação entre zumbido e sistema musculoesquelético no Brasil. Com experiência de mais de 15 anos, a profissional realiza avaliação minuciosa com orientações de exercícios e tratamento personalizado desenvolvido por ela.

Carina Bezerra Rocha

Fisioterapeuta

São Paulo


Quem costuma sofrer com zumbidos frequentes no ouvido sabe como isso é desagradável. Atrapalha muito a concentração e consequentemente dificulta a execução de tarefas do dia a dia. Mas você sabe quais são as principais causas desses desagradáveis zumbidos? Conheça algumas: • Perda auditiva; • Exposição a ruídos; • Otite; • Diabete; • Hipoglicemia; • Hiper ou Hipotireoidismo; • Aumento do colesterol e/ou triglicérides; • Hipertensão; • Tabagismo; • Etilismo; • Uso de alguns medicamentos; • Doenças neurológicas. Como vocês podem ver, as causas de zumbido no ouvido podem ser muitas, por isso é muito importante uma avaliação de um otorrinolaringologista caso apresente esse sintoma.

Zumbido no ouvido tem cura?! Essa é a pergunta que mais escuto nos consultórios com meus pacientes. Ficam me olhando com a maior expectativa! E quando respondo que todos os casos tem tratamento, desabam em lágrimas que, sempre me motivam a ajudá-los. Respondendo: Zumbido tem tratamento. Esse tratamento na maioria dos casos resulta na cura do zumbido. No entanto, isso exige um ponto importante que devemos ressaltar.Paciência: Nem sempre é uma tarefa fácil diagnosticar as possíveis causas do zumbido, então é necessário (em alguns casos) exames específicos, para um diagnóstico conclusivo.Após, os exames o melhor tratamento será buscado.

Bruno Dutra

Fonoaudiólogo

Rio de Janeiro


É um sintoma caracterizado pela percepção de ruído sonoro, sem de fato existir uma fonte externa geradora desse som. Ele pode ter diversas causas, e de acordo com sua origem a conduta será específica para aquela determinada etiologia. Na grande maioria dos casos, a causa tem origem coclear. Deve-se se avaliado por otorrinolaringologista para manejo e conduta adequada.

Lucia Joffily

Medico do sono, Otorrino

Rio de Janeiro

Agendar uma visita

Pacientes que apresentam zumbido deve ser avaliado por um profissional otorrino e investigado com exames de audiometria e imitanciometria, exames de sangue, etc.

Vertigem / Tontura / Zumbido são queixas frequentes na prática do consultório e muito pacientes praticam auto-medicação sem entender que pode estar perante um problema grave. Várias são as causas de vertigem, desde doenças arteriais cerebrais (presságio de um AVC ou derrame), como doenças de impacto da articulação temporo-mandibular (ATM) além de doenças degenerativas osteo-musculares da coluna cervical. Dessa forma, uma avaliação especializada é crucial para elucidar a etiologia do sintoma e o tratamento adequado para o mesmo.

Daniel Callegari Pereira

Neurocirurgião, Neurologista

Vila Velha


PROTEJA A SUA AUDICÃO (Evite ruídos acima de 85dB) Fique longe de alto-falantes, pois quanto mais próximo você estiver da fonte do som, mais alto será. Se for inevitável, use protetor auricular. Use aplicativos no seu celular que apresentam função de medidor de som (decibelímetro) Evite infecções de ouvido (não colocando objetos nos seus ouvidos) Dê um descanso aos seus ouvidos (seus ouvidos podem lidar melhor com sons altos se você der intervalos regulares longe do som alto, então se você estiver em um ambiente barulhento, tire um tempo e deixe os ouvidos descansarem. Se exponha a níveis seguros de audição pessoal (use fones de ouvido de forma segura, ou seja apenas você ouve)

Quais profissionais tratam Zumbido?


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.